Bikepoa: escassez de bicicletas será tema de reunião na Câmara Municipal

Porto Alegre, RS – 03/05/2016
Estação Bike Poa
Local: Largo Glênio Peres
Foto: Maia Rubim/PMPA

drástica redução no número de bicicletas disponíveis no aplicativo BikePoa será tema de discussão, nesta terça-feira, 14/11, a partir das 14h30, na Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana na Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre. Das 400 bicicletas que deveriam estar operando, conforme o edital assinado em maio do ano passado, nem a metade esta à disposição dos usuários.

Além do que, os números apresentados também apresentam disparidades. A EPTC diz que 130 bikes estão operando, mas o gerente de projetos da empresa, Antonio Vigna, admitiu que menos de oitenta estão em operação. O aplicativo mostra uma disponibilidade ainda menor de veículos.

O proponente da discussão no Legislativo, o vereador Marcelo Sgarbossa (PT) justificou a reunião: “É um serviço importante para a mobilidade urbana na Capital que vem enfrentando problemas nos últimos meses.”

Conforme o parlamentar, foram convidados para o encontro representantes da EPTC e da empresa que opera o sistema, a Tembici.

Prefeitura promete troca de estações e bikes para novembro 

A prefeitura explica que o baixo número de bicicletas deve-se a troca da empresa prestadora do serviço. Em agosto, a Tembici assumiu a operação do sistema no lugar da Serttel. Com isso, as bikes estragadas não foram repostas.

Também em agosto, a Prefeitura anunciou a troca no sistema do bikepoa até o fim deste ano. A implementação das novas estações e 410 bicicletas está prevista para começar ainda neste mês de novembro. A promessa é que as estações terão espaço para mais bicicletas.

As estações também terão mudanças físicas. Elas deverão serem mais próximas uma da outra e atenderão um raio menor do que o oferecido hoje. As estações do Cristal e do Bela Vista, na Praça da Encol, não existirão mais. Os postos em frente ao Hospital Mãe de Deus e no estádio Beira-Rio também terão o mesmo destino. Para a zona Sul, a estação mais distante será a do museu Iberê Camargo. Já em direção a Zona Norte, a estação mais afastada será a do Parcão.

“Assim, espera-se qualificar o serviço e aumentar o número de viagens”, explicou Vigna.

Jornal Já



Categorias:Aluguel de biciletas

Tags:, ,

11 respostas

  1. Chegamos ao fim de novembro e mais uma promessa não se cumpriu, pois não há estações novas e o número de bikes disponíveis diariamente se reduziu para a média de 60, ou seja a apenas 15% das 400 que deveriam estar operando.

    Curtir

  2. “…Elas deverão serem mais próximas uma da outra e atenderão um raio menor do que o oferecido hoje.” QUE BELEZA, ao invés de aumentar o raio de atendimento, vão reduzir e os postos que uso, Mae de Deus e Beira Rio, serão extintos, bom o app do meu celular idem, um cliente a menos nessa empresa!

    Curtir

  3. Já saltava aos olhos o número reduzido de bicicletas nas estações.
    Esperança de que se resolva….

    Curtir

  4. Não tem como desburocratizar o sistema de modo que qualquer empresa possa entrar no mercado, bastando ter um número mínimo de bikes é estações?

    Se houvesse várias empresas, ninguém notaria que está acontecendo trocas

    Curtir

    • Que eu saiba nada proíbe isso. Tanto que tem uma empresa que vai entrar nos próximos dias com seu próprio sistema. O nome é Loop Bike Sharing. Estou esperando pra ver se presta.

      Curtir

      • Na época que foi implantado a prefeitura ficou em dúvida entre duas ou três. Me parece que só pode uma de cada vez.

        Curtir

  5. Espero que em novembro se resolva esta questão das bikes.
    Segue panorama das bikes disponíveis de 8/9/17 a 14/10/17.

    Total de Vagas nas estações: 484

    Bikes % Dia Hora
    40 92% 08/09/2017 16:45
    59 88% 14/09/2017 16:30
    55 89% 14/09/2017 11:44
    63 87% 14/09/2017 14:20
    79 84% 15/09/2017 16:09 Com muita chuva
    32 93% 19/09/2017 17:00
    57 88% 20/09/2017 20:13
    54 89% 21/09/2017 20:57
    47 90% 22/09/2017 15:57
    64 87% 22/09/2017 21:16
    5 99% 24/09/2017 17:00
    66 86% 24/09/2017 22:15
    63 87% 27/09/2017 22:08
    52 89% 28/09/2017 21:45
    55 89% 02/10/2017 10:55
    50 90% 03/10/2017 11:29
    71 85% 06/10/2017 14:46 Com chuva fina contínua
    76 84% 06/10/2017 23:45
    74 85% 07/10/2017 22:55
    71 85% 08/10/2017 23:20
    57 88% 09/10/2017 09:14
    37 92% 09/10/2017 18:27
    75 85% 12/10/2017 23:00
    77 84% 14/10/2017 21:25

    Curtir

  6. “As estações também terão mudanças físicas. Elas deverão serem mais próximas uma da outra e atenderão um raio menor do que o oferecido hoje. As estações do Cristal e do Bela Vista, na Praça da Encol, não existirão mais. Os postos em frente ao Hospital Mãe de Deus e no estádio Beira-Rio também terão o mesmo destino. Para a zona Sul, a estação mais distante será a do museu Iberê Camargo. Já em direção a Zona Norte, a estação mais afastada será a do Parcão.”

    Ou seja, uma coisa que já era limitada a poucos bairros, vai ser ainda mais limitada. Essa cidade é um fracasso mesmo. Vamos ver se a tal Loop Bike Sharing, que vai entrar no mercado agora, oferece um serviço melhor e mais abrangente. Tomara que seja como o Uber foi para os taxis.

    Curtir

  7. Lamentável a situação da cidade.. suja, lixo e capoeira, mendigos por todos os lados, ruas cheias de buraco, prefeitura falida, obras paradas e ainda essa das bicicletas..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: