Estimativa é que Orla do Guaíba seja entregue no primeiro trimestre de 2018

Obra está com 90% de conclusão e estruturas físicas devem ficar prontas no próximo mês

Obra está com 90% de conclusão e estruturas físicas devem ficar prontas no próximo mês | Foto: Guilherme Testa

Há mais de dois anos em obras, a orla do Guaíba está com sua conclusão em 90%. Em fase de acabamentos, a possibilidade é de que o empreendimento possa ter sua estrutura física finalizada no próximo mês. Paralelo a isso, são implementadas a vegetação e as áreas comerciais. Com recursos totalmente garantidos através da Corporação Andina de Fomento (CAF), estima-se que a entrega oficial da orla possa ocorrer no primeiro trimestre de 2018.

Quem afirma é o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Elizandro Sabino. Ele ainda diz que existe a possibilidade de se elaborar um estudo de entrega parcial, mas, por enquanto, a entrega definitiva é mais provável. “O que se tem assegurado é que a obra vai ser entregue, tem dinheiro garantido e ela está em pleno andamento”, afirma o secretário, que também ressalta que todas as previsões feitas podem sofrer alterações devido a imprevisibilidades que possam surgir.

Ainda conforme Sabino, o ancoradouro da orla, as passarelas e o piso de fibra ótica já estão finalizados, assim como os postes estão todos instalados. Diversos outros pontos já estão próximos da conclusão, como o Bar Quase Meia-Noite, restaurante circular fechado com vidros que estão sendo colocados.

Os decks, por sua vez, estão 95% prontos, e as arquibancadas, 85%. Os passeios da parte inferior também estão sendo finalizados e as quadras esportivas ainda estão apenas 50% instaladas. A parte de energia elétrica, água, esgoto e gás, conforme o responsável pela pasta da Infraestrutura, sofreram atraso na implantação da rede de alta voltagem que vem do Parque Harmonia devido à realização do Acampamento Farroupilha. “A obra está avançando normalmente, só que a fase de acabamentos é delicada, requer um trabalho mais refinado e, por isso, mais demorado.”

Com relação às áreas verdes, uma sessão pública para apresentação de propostas de adoção foi prorrogada para o dia 30 de novembro. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smam), o edital de esclarecimentos e retificação permite que sejam contempladas outras áreas em torno do Parque Urbano da Orla do Guaíba, como os canteiros centrais da avenida Edvaldo Pereira Paiva e as rótulas de trânsito.

O adotante das áreas deverá garantir manutenção e sustentabilidade ao investimento feito na revitalização do espaço. Está incluído no projeto o paisagismo local, estruturas como decks, passeios, ancoradouro, passarela metálica, banheiros, recantos infantis, vestiários, equipamentos de mobiliário urbano e quadras esportivas. Em contrapartida, um conjunto de placas de sinalização visual – de natureza institucional, mas não comercial – poderá ser instalado. A previsão do prazo de adoção é de 12 meses com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses.

Correio do Povo / Henrique Massaro



Categorias:Projeto de Revitalização da Orla

Tags:,

5 respostas

  1. POA do futuro = mistura de Detroit com Havana

    Curtir

  2. Essa demora para entregar a obra cheira mau. Eu já havia escrito sobre isso há um mês. Parece que algumas “pontas” ainda não foram aparadas, se é que vocês me entendem. Vamos aguardar o desfecho.

    Curtir

    • Essas “pontas” é uma das razões que não liberama PARTE DE CIMA da trincheira da Ceará, que para ser liberada carece apenas da REMOÇÃO DE CONES DE BORRACHA, o que poderia ter sido feito há meses, mas é propositadamente retardado pela prefeitura (ou por alguma empresa), o que apenas atordoa a vida do porto alegrense. Porto Alegre faliu. Não sei como essa obra ainda anda.

      Curtir

  3. Podiam tentar organizar pro aniversário da cidade né… ia ser um evento legal pra população!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: