Prefeitura perde mais de R$ 130 milhões que seriam usados nos BRTs

Autorização para utilizar os recursos do FGTS não foi concedida pelo Ministério das Cidades

brt-poa

Prefeitura perde mais de R$ 130 milhões que seriam usados nos BRTs | Foto: André Ávila / CP Memória

A Prefeitura de Porto Alegre perdeu R$ 134,36 milhões em negociação cujo objetivo era remanejar recursos destinados aos BRTs Bus Rapid Transit (BRTs) que não saíram do papel. Apesar de o secretário municipal de Planejamento e Gestão, José Alfredo Parode, ter conseguido a autorização do Ministério das Cidades para que a Caixa Econômica Federal faça a realocação de R$ 115,07 milhões para obras da Copa que ainda não saíram do papel, a negociação não saiu como o esperado.

Após a autorização, Parode encaminhou um pedido junto ao Ministério para que R$ 134,36 milhões do FGTS fossem aplicados nos corredores das avenidas Farrapos, Sertório e Assis Brasil, mas a autorização não foi concedida e a Prefeitura perdeu estes recursos.

“Os R$ 134 milhões referem-se aos recursos do Programa Pró-Transporte (oriundo do FGTS) relativos às metas reduzidas dos empreendimentos “BRT Protásio Alves Manoel Elias”, “BRT Bento Gonçalves e Terminal de Integração Antônio de Carvalho” e “BRT João Pessoa Terminal Azenha” e as regras do programa não permitem a utilização desses recursos em outros contratos”, informou o Ministério das Cidades.

Ainda conforme o Ministério das Cidades, do montante total, R$ 115 milhões seria de contrapartida da própria prefeitura, ou seja, ela pagaria para a Caixa Econômica Federal para a execução do contrato, de qualquer forma. “Como é um dinheiro da prefeitura, a prefeitura pode realocar da maneira que achar mais conveniente. O restante, que é investimento do Ministério das Cidades com recursos do FGTS, não”, ressaltou.

O pedido para redirecionar os recursos havia sido encaminhado em agosto de 2017, após técnicos da prefeitura elaborarem um diagnóstico, no qual foi identificado que os R$ 249,43 milhões do FGTS e do BNDES e que estavam disponíveis representariam apenas 25% dos recursos necessários para contemplar o projeto dos BRTs na sua integralidade.

A Prefeitura disse que não foi informada formalmente pelo Ministério das Cidades.

Correio do Povo / Jessica Hübler



Categorias:BRT, Outros assuntos

Tags:,

16 respostas

  1. Em primeiro lugar FGTS dinheiro que é roubado do trabalhador e que os governos enterram onde quiserem com direito ao cafezinho,pessoal Porto Alegre é uma cidade que possue uma pobreza e miséria que é escondida e tem gente querendo gastar o dinheiro que não é seu para construir estruturas mirabolantes e carissimas que com o passar do tempo vão ser quebradas e jogadas e o dinheiro vai para o ralo,vamos dar uma volta pelo mobiliario publico de transporte em Porto Alegre ,corredores ,terminais é um lixo,sujos e depredados,todo mundo abe quem é que manda no transporte publico aqui e isso não vai mudar,é aquela história uma armação de ferro e um telhadinho de zinco, dez mil reias sem falar no projeto e no desenho.

    Curtir

  2. Bah… derrota atrás de derrota…
    E agora até o trensurb vai dobrar de preço.
    Tá ficando difícil…

    Curtir

  3. Vou dar uma dica para a prefeitura, pintar uma faixa e por taxoes no corredor da borges entre ipiranga e josé de alencar. esse “corredor” é utilizado pelos automoveis corriqueiramente por falta de sinalizaçao. Os proprios agentes da EPTC nao multam quem trafega ali devido a falta de sinalizaçao.

    Curtir

  4. E no fim, como todos imaginavam os BRTs viraram só em pista de concreto nos corredores de onibus da cidade.

    Curtir

  5. Sinceramente muitas das coisas que ocorrem em Porto Alegre são absolutamente incompreensíveis, especialmente se vemos que cidades de igual porte e algumas até menores e mais pobres (ainda) conseguem implantar infraestruturas modernas. Bem Curitiba foi a cidade que criou os BRTs antes que tivessem essa denominação e é o case de sucesso e modelo que foi sendo replicado e adaptado por outras metrópoles como o Rio e BH. A meu ver POA talvez pudesse adotar o modelo de Buenos Aires com seus altamente funcionais e aprovados METROBUS, que são mais baratos para implementar porque as estações são mais simples todavia cumprindo com excelência a função de dar fluidez ao transporte coletivo de massa.

    https://www.youtube.com/watch?v=VTGoxZEqLTA&t=84s – Move o BRT de BH

    https://www.youtube.com/watch?v=gh0kgcjLuVM – Metrobus Baires – simples, eficiente, aprovadíssimo

    Curtir

  6. desculpa a ignorância mas ali diz que precisaria de R$ 1 BILHÃO para implantar o BRT?? 1 bilhão pra pintar faixa de onibus no chão e botar umas telhas(paradas)??

    Curtir

  7. Além do fato de ser um completo absurdo retirar os recursos do BRT para terminar obras de viadutos da copa de 2014 !!!
    Agora podem esquecer pois nem isso será feito, pois em mais uma palhaçada da prefeitura ela perdeu o direito à ter esses recursos financeiros.
    Porto Alegre deveria mudar de nome para Piada Triste…
    Hahahahahah

    Curtir

    • Os recursos das “obras da copa” vem de outra fonte pelo que entendi.

      Curtir

      • Releia bem a matéria Gilberto, está bem escrito duas vezes as palavras resumidas abaixo: “recursos que seriam realizados de obras do BRT não executadas, de R$115 milhões, que seriam remanejados pelas prefeitura da forma que melhor lhe conviesse.” Exatamente o valor do anúncio anterior de recursos do VER que seriam remanejados para a conclusão de obras da copa.

        Curtir

      • Tanto os valores como as data são as mesmas. 115 milhões de reais em agosto do ano passado. Mas a prefeitura perdeu os prazos.

        E desculpe os erros do corretor automático na resposta anterior.

        Curtir

      • Desculpe, Gilberto.
        Bom, eu também reli agora e vi que a prefeitura perdeu os 134 milhões restantes do total de 249 milhões de reais. O que significa finalmente que os BRT não serão mais feitos mesmo, e retiraram do projeto os 115 milhões restantes para completar viadutos que faltaram para a copa de 2014. O que não deixa de ser um absurdo e uma palhaçada. Estão sambando na cara da gente, nós os narizes de palhaços.

        Curtir

  8. Hahahahahah
    Porto Alegre deveria mudar de nome para Piada triste!!!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: