Prefeitura entrega obra de pavimentação da Avenida do Parque

Motoristas têm mais uma alternativa para circulação no bairro Cristal  Foto: Ricardo Giusti/PMPA

A Prefeitura de Porto Alegre, por meio das secretarias de Planejamento e Gestão e Infraestrutura e Mobilidade, entregou nesta terça-feira as obras da chamada Avenida do Parque (margem direita do Arroio Cavalhada), A via fará a ligação entre as avenidas Icaraí e Diário de Notícias, sendo uma alternativa na circulação no bairro Cristal. Situada na margem direita do Arroio Cavalhada tem 670 metros de extensão e três faixas de circulação.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior falou sobre a importância da obra e destacou que o trabalho foi planejado, tendo sua conclusão em um prazo menor e o custo reduzido. Acrescentou que a cidade passa por transformações e reafirmou a necessidade de aprovação de projetos para realização das reformas necessárias. O secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade, Luciano Marcantônio, elogiou o trabalho desenvolvido durante a execução do Programa Integrado Socioambiental (Pisa) e disse que aprovação dos projetos encaminhados pelo Executivo serão determinantes para colocar Porto Alegre no rumo certo.

O secretário municipal de Planejamento e Gestão, José Alfredo Parode, falou que a obra é fruto de uma luta da comunidade, que esteve presente em todas as etapas da execução do Pisa. Na área do Arroio Cavalhada ainda residem 343 famílias. Outras 1,4 mil foram reassentadas.

As obras que integram o Pisa começaram em setembro de 2017 e tinham previsão inicial de serem concluídas em maio. Além da pavimentação, foram instaladas redes coletoras pluviais, iluminação pública e sinalização viária. Os trabalhos foram executados pela Toniollo Busnello S.A.

Foi instalada também a sinalização para a travessia de cavalos do Jockey Club, entre 6h e 9h, horário de treinamento para as corridas.  Após tratativas foi acertado que a prefeitura não fará a demolição da ponte enquanto a construção das baias na área do Jockey não estiverem concluídas. A previsão é que os trabalhos durem pelo menos seis meses.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

10 respostas

  1. O mais importante dessa obra na verdade foi o reassentamento das 1,4 mil pessoas que viviam la e a construçao de via que impossibilita a volta delas.

    Nao vou discutir o mérito se estas pessoas mereciam ganhar casa da prefeitura e se elas vao vender as casas ganhadas.

    Saber que uma favela se desfez, e pessoas passaram a morar em local com agua, luz esgoto regularizado e longe de um valão é algo bom, para estas pessoas e para os outros residentes do bairro

    Curtir

  2. Porque o nome “do Parque”?

    Curtir

  3. nao vai ajudar em nada o transito mas em fim…

    Curtir

  4. Desconfio que estas obras tem efetividade por força dos interesses dos projetos e imóveis da Multiplan na região. É suspeito, mas confesso que torço pelo desenvolvimento das obras previstas ali tanto as publicas quanto as privadas. Esta região tem que se desenvolver pra ligar a z sul à cidade de uma vez por todas.


    https://polldaddy.com/js/rating/rating.js

    Curtir

    • no caso tem que prever obras para que o desenvolvimento desta área não bloqueie a ligação entre centro e zona sul, pois quanto mais transito ali, mais retenção para quem quer só passar. Uma via expressa pra ir direto, nem pensar, nesta terra do atraso jamais…

      Curtir

      • Só vai piorar essa situação. Pois transporte público é visto como “coisa de comunista” por essas bandas. E como a cidade vai se expandir para a periferia (e no caminho da periferia..) sem apoio ao transporte de massas,a regra vai ser cada vez mais engarrafamento, afinal a ideia é desmontar o transporte público “porque é muito caro”. É por essas e por outras que eu penso cada vez mais em ir embora de Porto Alegre, de novo. Tá ruim, e a perspectiva é de piora. Só sai obra que agrada essa ou aquela empresa.

        Curtir

        • É, infelizmente foi-se o tempo em que as obras eram concebidas e executadas visando beneficiar a população.

          Curtir

  5. Mas já não existe uma Avenida do Parque no bairro São Geraldo?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: