Liberação da Farrapos facilita saída da Capital

imagem182362

Essa foi a primeira das obras da Copa, retomada após empréstimo do Banrisul  Foto: Cesar Lopes / PMPA

Com a liberação do trânsito na alça de acesso da avenida Farrapos na trincheira da Ceará, programada para esta sexta-feira, 27, às 8h30, o trânsito da região sofre alterações. O desvio da rua 25 de Fevereiro será desativado. Os motoristas que se deslocam pela av. Farrapos, em direção ao Aeroporto, poderão seguir em frente até a avenida dos Estados. Além disso, dois semáforos serão reativados: um para controlar o fluxo na saída da cidade: no fim da Edu Chaves, no início da av. dos Estados e outra na Farrapos.

Os trabalhos na trincheira da Ceará recomeçaram em 23 de março. Essa foi a primeira das obras da Copa 2014 retomada após a liberação de um empréstimo do Banrisul à prefeitura. A passagem de veículos pela trincheira – a parte de baixo da obra – só deverá ter tráfego em setembro, quando está previsto o fim dos trabalhos.

imagem182359

Motoristas que vão ao Aeroporto podem seguir em frente até a av. dos Estados  Foto: Divulgação/PMPA

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos, Trincheiras e passagens de nível

Tags:,

7 respostas

  1. É a mesma coisa da orla. Está 98% pronto mas ninguém pode entrar porque faltam detalhes que poderiam ser resolvidos ao longo do tempo. Alega-se a falta de piso podotátil. Nunca vi calçada ser totalmente interditada para instalar o referido piso.


    https://polldaddy.com/js/rating/rating.js

    Curtir

  2. Essa obra só seria melhor se nem tivesse sido iniciada

    Curtir

  3. Nao falei que era errado a construtora nao entregar a obra.
    De errado só a prefeitura (do fortunatti e do marquezito) por nao terem priorizado o pagamento de algo pronto para liberar logo.

    Curtir

  4. Não consigo entender como pode uma obra que estava praticamente pronta , levar mais seis meses para ser concluída totalmente. Em alguns países esse tempo de seis meses seria suficiente para fazer toda a obra, desde as fundações.

    Curtir

    • faltava o pagamento ser feito.
      a construtora só liberaria sendo paga.

      Curtir

      • E está correto. Quem trabalha sem receber?

        Curtir

      • Do jeito que fala parece que a obra foi entregue. O buraco ainda não foi entregue. Essa parte de cima poderia ter sido liberada há anos, e podia deixar o buraco para entregar depois. A empresa ia receber o dinheiro na mesma data, mas a cidade poderia ficar menos tempo sem esse bloqueio. Todos perderam esses anos todos.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: