Projeto quer fazer do Harmonia lugar permanente do turismo gaúcho

captura-video-harmonia

Captura de vídeo: https://youtu.be/zEqD0xKFDVU

A Prefeitura de Porto Alegre assinou nesta sexta-feira, 8, um acordo de cooperação com o Instituto Semeia para o desenvolvimento de projetos de concessões para parques urbanos de Porto Alegre. O acordo faz parte do plano de práticas que a gestão municipal está buscando, promovendo cada vez mais parcerias para entregar à população serviços melhores e de qualidade, conforme explica o prefeito Nelson Marchezan Junior: “Este momento é muito especial para nós. Queremos que esta parceria sirva de exemplo para outros setores, outros parques e praças da Capital. Mas queremos sobretudo que seja copiado em locais com menos visibilidade comercial, como no Extremo Sul de Porto Alegre ou na zona Norte. Queremos multiplicar estas parcerias para atender toda a população”, afirmou o prefeito.

O trabalho será dividido em três frentes de atuação, com diferentes grupos de parques. No primeiro grupo está o Parque Maurício Sirotsky Sobrinho, também conhecido como Parque Harmonia. O Instituto já está auxiliando a prefeitura no desenvolvimento de um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para obtenção dos estudos necessários para a estruturação do projeto de concessão do local. O nome do projeto é: “Parque Harmonia – Lugar Permanente do Turismo Gaúcho”.

O auxílio do Semeia está voltado para análise de documentos elaborados pelo grupo de trabalho. A partir deste conhecimento técnico, deverão ser elaboradas sugestões que servirão para o desenvolvimento de um edital e termo de referência eficientes e que tenham grande atratividade para a iniciativa privada, com garantia de manutenção das tradições gaúchas e adequação ao contexto de Porto Alegre.

Para o secretário de Parcerias Estratégicas, Bruno Vanuzzi, que está à frente deste projeto de parceria, a concessão vai permitir que o Parque Harmonia, que hoje não é utilizado com toda sua capacidade, possa virar uma referência cultural da cidade e do Estado: “Estamos planejando ter um Acampamento Farroupilha com segurança permanente, conforto, patrocínio e previsibilidade, que vai proporcionar mais visibilidade para o evento e atrair mais turismo para a cidade”, explicou o secretário.

O diretor-executivo do Instituto Semeia, Fernando Pieroni, destacou que a organização escolheu a capital gaúcha para realizar o acordo por acreditar que o projeto será executado da melhor forma: “Nossa parceria se dá pela confiança na equipe e na sua condução para conseguirmos realizar um bom trabalho”, disse Pieroni.

A parceria não gera custos para a gestão municipal, pois o Semeia é uma organização sem fins lucrativos que fomenta parcerias para levar aos brasileiros parques melhores. O prazo total estimado para execução deste plano de trabalho é de 12 meses, podendo ser prorrogado.

O evento contou com a participação do prefeito Nelson Marchezan Junior; do vice-prefeito Gustavo Paim; do diretor-executivo do Instituto Semeia, Fernando Pieroni; e dos secretários Bruno Vanuzzi, das Parcerias Estratégicas; Ramiro Rosário, dos Serviços Urbanos; Maurício Fernandes, do Meio Ambiente e da Sustentabilidade; Leandro de Lemos, do Desenvolvimento Econômico; Luciano Alabarse, da Cultura e também do Procurador-Geral adjunto de Domínio Público, Urbanismo e Meio-Ambiente, Nelson Nemo Franchini Marisco.

Parque Maurício Sirotsky Sobrinho (Harmonia) –  Com 65 hectares, o parque caracteriza-se por reunir diversos aspectos da tradição gaúcha, com churrasqueiras ao ar livre e galpão crioulo. Também há espaço para recreação infantil e quadras de esportes. Durante o mês de setembro é realizado no local o Acampamento Farroupilha, uma manifestação da cultura gaúcha e que reúne um público de mais de um milhão de pessoas.

Todo ano, antes da instalação dos piquetes, são realizadas montagens de uma infraestrutura com instalações hidráulicas e elétricas, além de drenagem do terreno. Todo este trabalho é desfeito com o fim do mês farroupilha.

Com a concessão, a ideia é manter o parque como referência na cultura gaúcha, tornando-o uma atração turística permanente, como os parques Cataratas do Iguaçu (PR), Fernando de Noronha (PE) e o Rota Lund (MG), todos concedidos à iniciativa privada.

parque-harmonia

Imagem: Google Earth

Instituto Semeia – É uma organização sem fins lucrativos que fomenta parcerias para que os brasileiros tenham acesso a parques melhores. Atua junto aos governos federal, estadual ou municipal no apoio ao desenvolvimento de projetos que visem a inovar os modelos de gestão dos parques naturais e urbanos, de maneira que a sociedade tenha como resultado espaços mais bem preparados para o público.

Portal da Prefeitura de Porto Alegre

Anúncios


Categorias:Economia da cidade, Grandes Projetos, Parques da Cidade, Projeto Parque Temático Harmonia

Tags:,

26 respostas

  1. Deveriam colocar a estatua do laçador nesse parque, bem ali na curva.

    Curtir

  2. Sem querer estimular a polarização do debate, mas sabendo que corro esse risco…

    O Harmonia é, muito provavelmente, o mais subutilizado entre todos os parques da cidade. É um parque com localização excelente, com fácil acesso para quem mora no Centro, na Cidade Baixa, Menino Deus, Bom Fim, por exemplo. É fácil de chegar para quem caminha, corre ou pedala pela Beira-Rio, enfim… Mas, fora a Semana Farroupilha, é um parque praticamente morto.

    Os motivos para isso são vários, mas um deles, na minha opinião, é o fato de ser um parque cercado. É claro que há diversos acessos, várias entradas e tal, mas via de regra o cercamento torna o ambiente menos permeável, menos acessível, menos convidativo. O ruim é que essa dificuldade de acesso não espanta apenas a bandidagem, mas o público em geral também. Em outras palavras, quase não se tem notícia de crimes por lá durante o ano, mas tampouco se tem notícia de gente por lá…

    Falo isso para que se leve em consideração esse exemplo quando se discute o eventual cercamento da Redenção (tema que volta e meia retorna à pauta). Imagino que lá o efeito seria similar: menos crimes, é verdade, mas muito menos vida também… Vale a pena?

    Curtir

  3. Conseguiram comparar o parque harmonia com Cataratas do Iguaçu (PR), Fernando de Noronha (PE) hahahah não há o que não haja


    https://polldaddy.com/js/rating/rating.js

    Curtir

  4. será que conseguiriamos transformar o harmonia em alguns desses parques abaixo:

    https://pt-br.insider.pro/photo/2016-08-30/os-30-parques-urbanos-mais-bonitos-do-mundo/

    Curtir

  5. és da turma dos contra tudo?

    Curtir

    • Não. Eu sou da turma dos que sustentam o teu país, o teu estado e a tua cidade, logo não me deixo enganar por propaganda enganosa usando o meu, o teu e o nosso dinheiro. Me sinto na obrigação de alertar as pessoas ingênuas sobre as falcatruas com viés de agendas positivas. Eu sou a favor da qualidade de vida, e uma das condições essenciais para que ela ocorra é o respeito pelo erário e pela verdade.

      Curtir

      • e o que achas da gestao desses parques publicos?

        Curtir

        • Péssima. Não só a gestão dos parques, mas a gestão da cidade toda. E a solução não está na estatização nem privatização nem no meio termo. Está na seriedade com que se administra o erário. Falta seriedade e falta informação e interesse do próprio contribuinte. As administrações ditas de direita e de esquerda tudo o que fazem é aparelhar seus partidos. O nosso sistema democrático é podre e só serve a uma casta de aproveitadores que se perpetuam no poder. Infelizmente o eleitor merece o que aí está.

          Curtir

      • O Zé fez sete postagens aqui mas nenhuma com argumentos objetivos contra essa iniciativa da Prefeitura. Se ele vai entregar espaço público a amigos não me interessa, desde que esses amigos façam aquela área ficar atraente e convidativa.

        Curtir

        • “Ele”, no caso, é o prefeito.

          Curtir

          • Seguindo a tua linha de “raciocínio” então tu não te importarias que a Petrobrás fosse torrada aos amigos, desde que o preço da gasolina diminuísse. Maluf rules. Rouba mas faz…que na verdade, não faz nada além de roubar. E há eleitor que goste. No caso em tela, o prefeito QUER entregar aos amigos, porém o pseudo-plano dele é muito ruim. Não vai conseguir, por que nenhum amigo dele quer. É só conversa fiada pra estar nos holofotes. Como >>objetivamente<< já escrevi antes, o importante é que o dinheiro e patrimônio do contribuinte seja respeitado e não seja pisoteado por propostas inconsistentes e capciosas.

            Curtir

  6. Modéstia à parte, há muito tempo aqui no blog dei essa ideia de transformar o Harmonia num parque temático permanente, só não me ouviram antes. O Marchezan vai dar uma bola dentro.

    Curtir

  7. Esse parque da harmonia é um grande atraso para a evolução de Porto Alegre. Essa região deveria ser urbanizada, arquitetonicamente modernizada. Não tenho nada contra as tradições, muito pelo contrario, mas acho que o local deveria ser afastado do centro.

    Curtir

    • Se vai ser um ponto turístico, ligado às tradições do estado e da cidade, por que deveria ser afastado do centro? Totalmente non sense o que vc falou. A área já existe, é um parque explorado só vinte dias por ano. Porque adquirir outra área se já existe essa? Gastar mais? E urbanizar mais ainda? Quer dizer que não precisamos de parque? Eu sou totalmente favorável a um parque temático, das nossas tradições. Tá aí uma grande forma de trazer divisas pra cidade. Explorar algo que nunca foi explorado. Mas de forma moderna, não dá forma deplorável como funciona o Acampamento Farroupilha hoje em dia.

      Curtir

  8. Acho que tem um erro em relação à área, deve ter umas vinte hectares no máximo.

    Curtir

    • Não está errado. Está corretíssimo.

      Curtir

      • Então mede com qualquer aplicativo, pelo celular mesmo, e depois me diz se está corretíssimo.

        Curtir

        • Em torno de 185.000 m². Vamos ajudar o Giba e arredondar para 200m². Pelos meus cálculos (se a matemática de conversão de áreas ainda não mudou) isso equivale a 20 hectares.

          Curtir

          • O projeto é tão bem feito e divulgado que já começa por um erro COLOSSAL sobre o objeto da “parceria”. E não falta gente aqui pra babar ovo a esse portfólio fake. Mais espírito investigativo, amigos.

            Curtir

          • Calma Zé, vai discutir comigo ? Eu estava repetindo o que o site da Prefeitura diz. Mas dei uma olhada no Google Earth e realmente, me parece que vcs tem razão. Mas cuida como fala comigo, por favor. Sou tão critico como vcs. Não me entendam como inimigo, OK ?

            Curtir

          • Pelo que vi tem no máximo 190 mil metros quadrados.

            Curtir

          • Tá na boa, Giba. A minha intenção principal é chamar a atenção das pessoas que acham que o oposto do comunismo é bom, só porque é parece oposto. Eu sempre fui crítico contumaz da falta de investimentos e de fomento à iniciativa privada, porém é muito bom lembrar que o que o Marchezan está fazendo nada tem a ver com fomento, qualificação e muito menos bom investimento do dinheiro público. O que ele está fazendo (ou quer fazer) é entregar espaço público a amigos e transferir dinheiro público a parcerias obscuras e ao partido. Inclusive, já tramita na CMPA um projeto de lei do executivo, que pretende >>quintuplicar<< dinheiro público às PPP’s. Uma boa amostragem do quão nefasto é isso, ocorreu logo no início desta gestão, quando da contratação da famigerada Comunitas, um empresa que já havia sido defenestrada da Prefeitura de Pelotas através de uma investigação do MP e PF. Não se iludam com as propagandas enganosas desse prefeito. Tenham senso crítico.

            Curtir

  9. BAITA INICIATIVA!! Trocaremos a drogadição, o abandono do parque e o sexo a luz do dia por um parque aprazivel e confiavel para a população!! sem mais

    Curtir

  10. Lá vem mais uma franquia do Dória desembarcar em Porto Alegre. Início de mandato, o nosso antiprefeito tentou emplacar a Comunitas. O MP descobriu a tramóia e interviu. É inacreditável, mas o Marchezito nomeou um advogado do grupo para ser Secretário da Fazenda. Não há o que não haja.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: