Obra no Açorianos tem prazo adiado (de novo)

Mais uma vez. Limite para entrega da revitalização já havia passado para dezembro, mas agora ficará para março. Lista de itens que faltam ser finalizados ainda é extensa

capaDe novo, estourou o prazo para o término da obra de revitalização do Largo dos Açorianos. A entrega do espaço era prevista para julho de 2018, mas passou para dezembro, a pedido da empresa responsável pela obra, a Elmo Eletro Montagens, feito em junho. Agora, a nova data é março deste ano.

O pedido de adiamento feito em junho levou em conta a dificuldade da empresa em cumprir o cronograma. Contribuíram para o atraso a necessidade de interferências nas redes do Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos) e da CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica). A intervenção nas redes levou ao aumento do preço da obra de R$ 4,6 milhões para R$ 5 milhões.

acorianos1

Espelho d’água é um dos setores do largo que ainda precisam ser finalizados | JOÃO MATTOS/ESPECIAL

Ontem, o aspecto visual do local, que engloba a Ponte de Pedra e seus espelhos d’água, era de que ainda falta muito a ser feito. O dia chuvoso não impediu que os trabalhos prosseguissem. No meio da tarde havia nove homens em atividade no largo. O décimo encarregado, que naquele momento estava junto às estruturas que abrigam os operários, disse que “a obra está normal”. A empresa informou que a pessoa que fala sobre o assunto não poderia ser contatada porque está em férias.

Conforme a Smams (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade), ainda falta finalizar piso e bancos do perímetro dos espelhos d’água, arquibancadas, pavimentação, colocação de lixeiras, placa de identificação e fradinhos, plantio de grama e instalações hidráulicas e elétricas, além da iluminação pública. “Lamentamos a demora para conclusão desta obra, a qual revelou-se muito mais técnica do que previsto inicialmente. A cidade vai receber um singular espaço, apto para receber propostas de adoção pela iniciativa privada”, afirmou o titular da Smams, Maurício Fernandes.

Jornal Metro Porto Alegre – 04/01/2019

Publicado sob permissão.

 

 



Categorias:Concessão de Parques, Outros assuntos, Parque dos Açorianos, Parques da Cidade, Reforma Açorianos

6 respostas

  1. Até onde me lembro, isso tudo é resultado de uma retirada indevida de pedras para limpeza necessária do lago sob a ponte. Só que parece ter dado algo de muito errado e ocasionado todo esse problema. Agora é torcer para que tudo de certo e volte a funcionar.

    Curtir

  2. “Largo dos Açorianos: Ao infinito e a além!”

    Curtir

  3. Tipo a ciclovia da Ipiranga né?

    Curtir

  4. Isso é governo do Júnior falava tanto em desburocratização da máquina pública, olha aí nem praça sabem fazer. Só lembrando que as obras da copa até hoje estão paradas. Isso é incompetência em pessoal.

    Curtir

  5. Se tivesem dado ao Zaffari ou a qualquer construtora por contrapartida já estaria pronto e sem custo para o contribuinte.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: