Estado lança edital para concessão do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul

07120928_1637743_GDO

No período de concessão de 30 anos, empreendedor privado deverá investir R$ 59 milhões – Foto: Arquivo

O governo do Estado lança uma concorrência internacional para definir a concessão de uso do Parque Zoológico em Sapucaia do Sul.

Com o objetivo de assegurar investimento mínimo de R$ 59 milhões por parte do empreendedor, com melhorias no espaço físico e serviços mais qualificados para a população que frequenta o zoo, a concessão será pelo período de 30 anos.

Elaborado pela Subsecretaria Central de Licitações (Celic), órgão vinculado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), o edital 012/2019 deverá ter publicação simultânea, nesta segunda-feira (8), nos diários oficiais da União (DOU) e do Estado (DOE), assim como em jornal de grande circulação.

O conteúdo também estará disponível no site da Celic e no Sistema de Compras Eletrônicas do Estado. Pelo projeto definido a partir da consulta pública realizada ainda em 2018, a empresa vencedora terá a obrigação de realizar uma completa modernização do parque, desde a reconstrução dos ambientes para permitir maior proximidade dos usuários com os animais e o bem-estar de todo o plantel, que deverá ser ampliado e ter novas espécies.

Além disso, o empreendedor poderá oferecer novas alternativas de lazer aos visitantes, como trenzinho, fazendinha, safari, aquário e arvorismo. Não será permitida a construção de shopping, edifícios residenciais ou hotéis.

A concorrência tem como critério de julgamento o maior valor de outorga fixa. A abertura das propostas está prevista para o dia 28 de maio, às 10h, na sala de licitações da Celic, na avenida Borges de Medeiros, 1.501 (2º andar do Centro Administrativo do Estado), em Porto Alegre.

A concessão do zoológico faz parte do RS Parcerias, lançado pelo governo dia 25 de março. Também integram o programa nesta primeira fase trechos das rodovias RSC-287 (Tabaí-Santa Maria) e ERS-324 (Passo Fundo-Nova Prata) e a rodoviária de Porto Alegre. É projetado investimento de R$ 3,4 bilhões nos próximos 30 anos pelos empreendedores privados.

Portal do Governo do Estado



Categorias:Outros assuntos

3 respostas

  1. Zoologico é algo caro de se manter em qualquer parte do mundo e nossa população não dá muita bola para isto,na minha opinião para viabilizar o negocio deveria se dividir o parque em dois uma boa area de lazer paga para quem quer e uma are destinada aos animais paga e com incentivo de apadrinhamento,senão vai ficar como está.

    Curtir

  2. “Não será permitida a construção de shopping, edifícios residenciais ou hotéis.”
    E pelo que lembre não poderá aumentar o valor ridículo do ingresso.
    Dessa forma resta torcer para que exista um milionário interessado em custear isso apenas por hobbie

    Curtir

    • Pode-se faturar muito com praça de alimentação e lojas de souvenirs. Mas concordo que é arriscado investir sem poder alterar o valor do ingresso, caso isso seja verdade.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: