Praça da Alfândega: imagens atuais

SEM LEGENDA

20190515_13525420190515_13530720190515_13532420190515_13533520190515_13533820190515_13534320190515_13535320190515_13535620190515_13541320190515_13543420190515_135437

FOTOS: GILBERTO SIMON (15/05/2019)



Categorias:Abandono, Arquitetura | Urbanismo, Centro Histórico, Fotografia, Meio Ambiente, Paisagismo, Parques da Cidade, Revitalização do centro

Tags:, , , ,

7 respostas

  1. Muito triste ver mais um “cartão postal” da cidade virar um “cartão de incompetência” dos gestores (de todas as esferas) ,
    Pobre país, pobre cidade, é de perder a esperança mesmo!

    Curtir

  2. Triste!

    Curtir

  3. Que tal “começarmos do começo”, com o perdão da redundância?
    Primeiramente o óbvio. As fotos mostram uma situação horripilante. Imundície e miséria aos borbotões nos logradouros públicos. Tenho certeza que 110% dos forumistas concordam com essa observação inicial.
    Mas….isso é só a pontinha do iceberg. Não podemos jamais esquecer que essa calamidade pública da mendicância ocupando espaços públicos tem origem no empobrecimento do povo. Não vou nem falar em tolerância com as drogas pra não abrir muito o leque. O que acontece é simples, porém trágico; o desemprego e a queda na renda per capita está cobrando um alto preço à nossa sociedade. A cada dia mais e mais pessoas estão morando nas ruas, e o problema se torna insolúvel devido à enorme quantidade dessas pessoas. Já saiu do controle há muito tempo. Não há mais estrutura governamental/defesa civil/assistência social capaz de resolver esse caos. É muita gente. Eu sempre tive uma postura de intolerância com mendigos e pedintes em praças e ruas, mas me rendi. Não há mais como controlar a situação. Percebo hoje que famílias inteiras estão construindo barracos nas vias públicas por que faliram completamente e não conseguem mais inserção no mercado de trabalho, e a eventual remoção de pessoas de determinados viadutos e praças é como enxugar gelo. Elas continuarão nas ruas; só mudarão de endereço. O somatório continuará igual. O meu prognóstico é que a mendicância continuará crescendo e que não encontraremos solução, visto que temos uma conjuntura econômica totalmente desfavorável, agravada com o nosso status quo de corrupção e má administração do dinheiro público. Tempos difíceis.

    Curtir

    • Concordo com teu comentário. É a leitura do que acontece no país..

      Curtir

    • Eu morei no centro por 25 anos presenciei tudo o que ele tinha de bom e ruim,tivemos os governos da esperança PT,que quase nada ou nada fizeram para modificar esta situação,depois o governo da esperança disse ter tirado milhões da miséria entretanto os bolsões de miséria continuam onde sempre estiveram,isto é muito dificil de solucionar em um pais como o Brasil que esta literalmente falido no que tange a contas publicas,não há dinheiro,esta é a realidade,onde foi parar o dinheiro que veio para as obras da Copa aqui em Porto Alegre e as estruturas temporarias que o inter deveria pagar pagou.

      Curtir

  4. Esculhambação igual a que há em Porto Alegre, não tem igual! É muito esculacho, meu, o que é isso!?

    Curtir

  5. Puta que pariu…..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: