Obras da Severo Dullius recomeçam na próxima semana

SMIM - Retomada de Obras na Av. Severo Dullius

A ampliação de 1,9 quilômetro da avenida está 49% concluída  Foto: Joel Vargas/Arquivo PMPA

As obras do prolongamento da avenida Severo Dullius, na Zona Norte, estão mais próximas de serem retomadas. O prefeito Nelson Marchezan Júnior assinou a ordem de reinício das obras nessa segunda-feira, 3, no Paço Municipal. A nova contratação permitirá a execução da infraestrutura, pavimentação e obras de arte especial (pontes), dando andamento à ampliação de 1,9 quilômetro de via, que está 49% executada. A obra irá permitir ligação entre o trecho existente e a avenida Sertório.

Com as etapas formais e legais cumpridas, a partir da ordem de reinício, a empresa tem sete dias para começar a obra. “É importante salientar, que na fase inicial haverá serviços como a remobilização do canteiro e a topografia. Esses serviços são fundamentais e indispensáveis no recomeço, e têm estimativa de ocorrer até o início de julho, quando devemos começar a ter maior movimentação no local da obra”, explica o secretário adjunto de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen. Falta ainda ser executada a construção de duas pontes e o trecho que liga a Severo Dullius à rua Dona Alzira.

Para não correr o risco de perder recursos da ordem de R$ 41 milhões, o Município firmou um aditivo (publicado no Diário Oficial de Porto Alegre, em edição extra de quinta-feira, 30, com a empresa Procon, responsável pela obra. Antes, o instrumento jurídico foi autorizado pela Procuradoria-Geral do Município e pela Caixa.  “Essa obra apresentou problemas desde 2016 com rompimento de parte de uma estrutura, paralisação por parte da empresa e a falta de recursos financeiros. Conseguimos equacionar boa parte dos problemas para essa retomada”, destaca o secretário adjunto de Planejamento e Gestão, Daniel Rigon.

O valor inicial da obra era de R$ 71,5 milhões e outros R$ 14,8 milhões foram para as desapropriações. A empresa responsável já recebeu R$ 57,9 milhões, incluindo os reajustes do período em que os trabalhos ficaram paralisados. O saldo de obras a serem executadas são de R$ 27,7 milhões, outros R$ 12 milhões são previstos para aditivos. Também haverá a contratação de serviços como iluminação pública e a colocação de gradis, estimada em R$ 9,9 milhões. O valor final estimado até o término dos trabalhos é de R$ 122,3 milhões. A previsão da prefeitura é que a obra seja entregue em 18 meses.

Histórico – O prolongamento da Severo Dullius é composto de lote único e teve seu contrato assinado em 2012 e início em 2013. Inicialmente foi feita a terraplanagem do trecho entre o Canal da Vila Dique até o encontro com a rua Sérgio Dieterich. Ao mesmo tempo foram iniciadas as obras do canal CTZ 999, que estavam em andamento até junho de 2016, quando houve o rompimento de um talude, e os trabalhos nesse trecho ficaram suspensos. Os demais serviços, inclusive o prolongamento até a Dona Alzira, tiveram continuidade. Com o decorrer da obra e as pendências de pagamento, a empresa solicitou em março de 2017 a paralisação dos serviços.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Andamento de obras, Obras da Copa 2014, Outros assuntos

1 resposta

  1. Me admiro muito que haja empreiteira na aldeia e arredores que tenha coragem de firmar contrato com a PMPA, sabendo que mais cedo ou mais tarde tomará um calote.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: