Mercado Público comemora 150 anos nesta quinta-feira, 03/10

Mercado Pœblico de Porto Alegre

Tradicional espaço terá programação especial para comemorar a data  Foto: Jefferson Bernardes/ PMPA

Com uma série de atrações ao longo do dia, o Mercado Público de Porto Alegre comemora, nesta quinta-feira, 3, seu aniversário de 150 anos. Para marcar a data, estão previstos o clássico canto de parabéns com bolo, eventos religiosos, apresentações de dança e música, flash mob e abraço ao mercado com chuva de balões. A cerimônia oficial acontece às 11h. “Percorrer o Mercado Público é vivenciar história e cultura. E é também aguçar os sentidos e memórias afetivas. Por todo o valor que representa esse tradicional espaço da nossa Porto Alegre é que estamos nos preparando para entrar agora em uma nova etapa, que é a de revitalização do Mercado, contando com parcerias da iniciativa privada”, destaca o prefeito Nelson Marchezan Júnior.

O prédio histórico do Mercado Público é um dos símbolos de Porto Alegre. A cada dia, cerca de 100 mil pessoas percorrem seus corredores centenários, por onde se espalham 106 estabelecimentos comerciais que oferecem uma grande amostra da economia popular da Capital: peixes, carnes nobres, frutas, verduras, ervas e especiarias, grãos, alimentos orgânicos, artesanatos, artigos religiosos e decorativos – além de restaurantes, cafés, lancherias e outras opções de gastronomia. Ao mesmo tempo, o prédio em estilo neoclássico é uma referência visual para todos os porto-alegrenses, que apreciam em sua arquitetura um pedaço da história da cidade.

História – Lá está a influência do engenheiro Frederico Heydtmann, autor de projetos na colônia de Santa Cruz do Sul e em Cachoeira do Sul – e que mais tarde assinaria também o prédio da Beneficência Portuguesa, em Porto Alegre. Lá estão as marcas, nem sempre visíveis, dos incêndios de 1912 (que destruiu os chalés internos), de 1976, de 1979 e de 2013 (que atingiu o segundo pavimento), além de histórica enchente de 1941. Mas lá está, também, entalhada no chão, uma mandala com sete chaves, que representa os caminhos e encruzilhadas da vida, além das cores, os cheiros e os sons de uma cidade que sempre soube superar suas adversidades.

“É de a maior importância celebrar um lugar tão significativo, consagrado por sua diversidade e cuja existência é indissociável da  nossa história”, aponta o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Cidade. “Esse espaço da população gaúcha é um balizador de preços da cidade. É também a casa de diversas manifestações culturais e comunitárias. O resultado é mais qualidade de vida à população”, explica.

Concessão do Mercado Público – Para a Prefeitura de Porto Alegre, é fundamental encontrar meios de conservar esse patrimônio e aprimorar sua gestão – de modo que todos os porto-alegrenses possam continuar usufruindo dele. É por isso que, no último dia 18 de setembro, foi lançada uma consulta pública para balizar o edital de concessão da gestão do Mercado Público. O valor estimado para o contrato, que tem validade por 25 anos, é de R$ 85 milhões, com outorga mínima inicial de R$ 28,1 milhões.

O vencedor ficará responsável pela operação e manutenção do Mercado Público. Só nos primeiros três anos, R$ 41,5 milhões deverão ser investidos em reformas para melhoria de drenagem, sanitários e fachada, além de iluminação interna e cênica externa, a troca da rede elétrica e mais acessibilidade. Já outra parte, de R$ 43,5 milhões, deverá ser aplicada na gestão e manutenção do local durante os 25 anos de contrato. A consulta pública está aberta até o dia 18 de outubro – e todos os cidadãos podem opinar. Já no dia 17 de outubro, haverá uma audiência pública para debater o assunto. Será no auditório da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SMPG), localizado na rua Siqueira Campos, 1300 – 14º andar, em Porto Alegre, das 10h às 12h.

mercadopublico14

Mercado Público Central de Porto Alegre. Foto: Gilberto Simon

O secretário municipal de Parcerias Estratégicas, Thiago Ribeiro, tem se reunido com os comerciantes do Mercado Público. Ele reitera as premissas básicas do projeto. “O regramento não permite que o Mercado se transforme em um grande shopping. Nossa proposta é manter as características atuais do local no que diz respeito ao mix de lojas e aos valores oferecidos aos clientes”, destaca.

A coordenação do Mercado Público é realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE). As bancas ficam abertas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19h30, e nos sábados, das 7h30 às 18h30. Os restaurantes funcionam até as 22 horas.

Programação:

9h – Missa em homenagem aos 150 anos do Mercado Público
10h – Benção Ecumênica
11h – Cerimônia Oficial
12h – Parabéns: Bolo de aniversário – Banda Municipal
13h – Apresentação do Coral Municipal Paulo Freire
15h30 – Abraço ao Mercado com chuva de balões
16h30 – Flash Mob da Cia Municipal de Dança
17h – Benção do Pai Paulinho do Xeroquê com apresentação do cantor Lumi
19h – Apresentação do Conjunto de Sopros – Bandinha do Essencial

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Outros assuntos, Patrimônio Histórico

Tags:, , ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: