Lebes abre mega loja no 4º Distrito, em Porto Alegre

14-8686831Abre hoje a Lebes Life Store Farrapos, na zona norte da capital. Inspirada no sucesso da Life Store do Centro Histórico, que completou dois anos, a segunda operação desse modelo de negócio fica na avenida Farrapos, 3.852, na esquina com a Sertório.

A megaloja, que funcionará todos os dias das 9h às 21h, tem 5 mil m² de área construída, três andares e estacionamento para 150 veículos. O local tem mix completo de produtos de moda, móveis, eletro e tecnologia.

Jornal Metro Porto Alegre – 17/10/2019

______________________

Mais imagens do site da Lebes

card_interno-1

Imagem: Lebes

lebes

Imagem: Lebes

O que era no local antes de abrir a loja:

mc100419_fachada_lebes_nova_loja__1_-8687275

Foto: Lebes

A outra mega-loja da Lebes em Porto Alegre, no Centro Histórico:

20191010_190044

Foto: Gilberto Simon – 10/10/2019



Categorias:Comércio, Economia da cidade, Outros assuntos

Tags:, ,

29 respostas

  1. Essa loja vai ser sucesso e um divisor de águas! Esse empresário que é ousado e visionário traz para a metrópole o otimismo e a garra de quem vem do interior gaúcho. Quando vou a Porto Alegre e converso com algumas pessoas e mesmo quando vejo esses comentários de uns tantos, me parece que uma multidão de porto-alegrenses padece de um pessimismo crônico masoquista, bem doentio, chega a cansar o exagero na crítica, no desencanto, na aposta no fracasso. Mas independentemente dessa energia pra baixo há toda uma força nova no ar. Essa loja por exemplo (que será bem mais do que uma mera loja) tem de ser celebrada, esse estabelecimento claro vai precisar de um tempo de maturação, adaptação, a região é mais difícil mesmo, mas o que importa de verdade é o OTIMISMO e GARRA que esse empresário que do interior construiu uma rede, ora está a injetar nessa capital, e lhe parabenizamos por tudo isso! Sucesso pleno é o desejo!

    Curtir

  2. Passei hoje à tarde nessa loja. Não tem nada de destaque. Simplesmente uma loja de departamentos pra classe média-baixa, com o acréscimo de uma farmácia no térreo e um restaurante no terceiro andar.

    O estacionamento estava bastante confuso, o guichê de pagamento fica numa casinha escondida e vários clientes estavam esquecendo de pagar o ticker, gerando demoras na saída dos carros.

    Enfim, se depender desse empreendimento, não é ele que vai ajudar a alavancar o quarto distrito…

    Curtir

  3. Daqui a pouco essa Camila vai reabrir a polêmica sobre se o Guaíba é rio, lago ou estuário….. Tem nome pra gente assim: pedante.

    Curtir

  4. Zona Oeste*** Sou catarinense, doutora em geografia e moro em Porto Alegre a 5 anos, mais especificamente no 4• Distrito (4 anos) e literalmente não entendo a dificuldade que os porto-alegrenses e o governo sul-rio-grandense tem de entender que o Centro Histórico e o 4• Distrito formam a Zona Oeste da Capital. Talvez fosse considerado Zona Norte a uns 30 anos atrás, mas com o crescimento da cidade está visível que o Centro e o 4D estão localizados no Oeste. Beijos, família 💋

    Curtir

    • Muito mais que geografia, vale respeitar os costumes e as tradições dos locais. Os acadêmicos que denominem como queiram, mas reservem o direito de que os moradores e frequentadores também o façam.
      Afinal, o bairro Centro não está geograficamente no centro da cidade. Trata-se apenas da reminiscência de uma denominação histórica e consuetudinária do povo.

      Curtir

    • Se digitar “Porto Alegre” no Google, você verá que a área da cidade praticamente forma um retângulo na vertical, e o Centro – e principalmente o 4º distrito – ficam na região norte do retângulo. As regiões mais à oeste são, na verdade, a Vila Assunção/Tristeza/Vila Conceição. Só se você considerar apenas a região mais habitada, norte, aí o Centro realmente está à oeste. E o fato de você ser doutora em geografia é completamente irrelevante, porque todo mundo sabe bem os pontos cardeais desde a pré-escola.

      Curtir

      • Discordo que essas Vila Assunção/Tristeza/Vila Conceição seriam oeste. São Sul da mesma forma que os demais bairros próximos.
        Não existe região Oeste em Porto Alegre. Simples assim. Não é por que a doutora falou que precisamos enteder assim. Nem sempre o centro urbano é o centro geográfico. No caso o centro urbano de Porto Alegre (onde a cidade nasceu e é onde a cidade concentra os seus serviços e centro financeiro) não é e nunca será o centro geográfico. Então existe a necessidade das pessoas se desvencilhar dessa mania de confundir o centro geográfico do centro urbano. A doutora esqueceu este detalhe. O centro geográfico da cidade é o bairro petrópolis. Só que não é o caso de tornar o bairro Petrópolis o CENTRO da cidade. Ele nunca vai ser. Então, concluindo, a cidade de Porto Alegre não possui, historicamente, a região (ou zona) oeste.

        Curtir

        • Exatamente!
          As condições históricas e culturais já se estabeleceram estas nomenclaturas através dos anos de uma maneira menos “ortogonal” e literal e mais humana.
          O Centro é assim chamado por ter sido o núcleo histórico/comercial/administrativo/financeiro da cidade.
          Vila Assunção/Tristeza/Vila Conceição são conhecidas por “zona sul” por que quando se estabeleceram estas denominações eram as aglomerações urbanas mais ao sul do Centro (não ao sul do território do município). Mesma situação pela qual chamarmos o 4³ Distrito de “zona norte”, pois o mesmo se localiza ao norte do que se conhecia como centro e não por estar exatamente no norte geográfico.

          Curtir

          • Que criatura petulante essa Camila. Não tem o mínimo de polimento pra argumentar num blog. Aqui ela não comenta mais.
            Quem ela pensa que é, dizendo que aqui só tem asneira?
            Que absurdo!

            Curtir

        • E tecnicamente, se o 4º distrito fosse alguma zona diferente de norte, seria noroeste, pois ele está na “quina” da cidade. Essa definição oficial de zonas não existe. É só um costume chamar de zona norte, sul e leste. Procurem qualquer definição oficial de onde acaba norte e começa leste, onde acaba leste e começa sul… não tem. É meramente história e tradição, referente ao centro, onde surgiu a cidade.

          Uma vez um conhecido meu que morava na Ilha da Pintada disse de gozação que ele morava na zona oeste. As ilhas fazem parte da área do município de Porto Alegre, embora a maioria não lembre disso.

          Curtir

    • Já tive essa duvida. Facilmente explicada pelo fato que as ilhas são a “zona oeste”. aí tu forma um quadrado e com o centro no centro, leste no leste, sul no sol e norte no norte

      Curtir

      • As ilhas são zona norte. Olha o mapa da cidade.

        Curtir

        • Estes dias uma pessoa estudante de arquitetura aqui no blog comentou de maneira ditatorial que quem não entende de arquitetura não deveria comentar (desconsiderando que muitos que aqui voluntariamente escrevem são arquitetos, urbanistas, técnicos e indivíduos que vivem numa sociedade).
          Agora vem aí a “dotora” Catarina com esse tipo de comentário, na mesma linha ditatorial, de que tudo que é correto é o que ela pensa e o resto é asneira.
          Será esse tipo de pensamento impositivo e desrespeitoso o que realmente ensinam nas universidades hoje em dia ?
          Certamente não. Mas o fato destas anomalias acontecerem num grau tão constante (como vemos diariamente por aí) e num nível de argumentação tão baixo e impositivo, nos dá um claro sinal – diria que é sintomático – do nível educacional de algumas instituições e alguns professores.

          Curtir

    • Desculpe, mas quanta asneira. Imagina se o importante realmente fosse seguir os costumes e tradições e não os fatos e formulas corretas, em que mundo nós viveríamos hoje? Talvez ainda estaríamos presos na idade média. Mais deprimente é ver o proprietario dessa plataforma concordando com tamanha estupidez pelo simples fato de não querer concordar que é gafe (seja gafe do estado ou da população que desconhecem os conceitos atuais da cidade). O que falta são pesquisas e principalmente humildade para essa cidade desatolar dos anos 70. Já morei em 17 cidades espalhadas pelo mundo e nunca havia conhecido uma população que se diz tão bairrista e simultaneamente desconhecem a cidade onde vivem, no mínimo contraditório… puro moralismo barato. Abram a mente enquanto é tempo de se atualizar, pois todos estão indo embora e ninguém tem interesse em se mudar para cá, eu por exemplo só estou aqui a trabalho, em 1 ano e 3 meses estou indo embora, e acham que irei ficar por amor a cidade? Não existe amor à Porto Alegre, amor à cidade é outra coisa, não tem nada haver com tradições, tem haver com pesquisas e principalmente tecnologia, vocês estão muito perdidos… até minha querida, historicamente jovem e pequenina cidade natal Florianópolis está colocando a maior metrópole da região sul no chinelo. A cidade de Porto Alegre têm potencial, mas os conceitos precisam se atualizar. Já pararam para pensar que estamos na Metrópole de POA, a maior cidade da região Sul, 5• maior do país e 10• de toda a América Latina? Não estamos na Província de São Pedro 😉 bjos, índios gauchos! também sou uma admiradora da cultura argentina

      Curtir

      • A “doutora” tem que retornar aos tempos do Mobral, e revisar as aulas de português, pois confundir o “haver” com “a ver” é inaceitável…

        Curtir

      • Este comentário é reflexo triste da petulância acadêmica e de preconceitos pessoais.
        Se queres ser feliz em um lugar diferente, procure entender e adaptar-se à comunidade em que te inseres e não ir contra ela e seus costumes. Mas quem sou eu para falar, afinal uma doutora em geografia sabe disso.
        Bom, este assunto e esta pessoa já renderam demais. Passemos para a próxima etapa.
        Abraço amiga Catarina.

        Curtir

      • mas como explica entao o Sudeste do Brasil estar acima do Sul? e o Norte estar no Noroeste? entao temos que redefinir todo mapa do Brasil… e como o norte geografico do mundo esta no sul magnetico? e porque o mapa mundi esta na posição que esta e nao de cabeça pra baixo? haja paciencia!!

        Curtir

      • Sim, bom mesmo é Florianópolis com seu trânsito infernal e praias poluídas por coliformes fecais no verão….

        Curtir

      • “Imagina se o importante realmente fosse seguir os costumes e tradições e não os fatos e formulas corretas” – sim, pq é muito importante saber se devo chamar determinados bairros de zona norte ou oeste.

        “O que falta são pesquisas e principalmente humildade para essa cidade desatolar dos anos 70.” – ensine-nos sobre humildade… vc parece dominar o assunto.

        “Já morei em 17 cidades espalhadas pelo mundo” – Pelo seu comportamento, vc foi expulsa das outras 16 cidades né?

        “uma população que se diz tão bairrista e simultaneamente desconhecem a cidade onde vivem, no mínimo contraditório… puro moralismo barato” – Hahaha, que me perdoe o moderador, mas essa frase não tem a ver o cu com as calças! Essa pessoa já deve ter uma idade avançada, já não conecta muito bem as ideias.

        “só estou aqui a trabalho, em 1 ano e 3 meses estou indo embora” – Não mande notícias.

        “Não existe amor à Porto Alegre, amor à cidade é outra coisa, não tem nada haver com tradições, tem haver com pesquisas e principalmente tecnologia, vocês estão muito perdidos…” – Bah, se nós estamos perdidos, não quero nem perguntar onde a senhora está. E ali é “tem a ver” não “tem haver”. Português básico.

        Morei quase minha vida toda em Porto Alegre, não vai ser alguém que pipocou pelo mundo que vai me dizer como eu posso ou não falar da minha cidade.

        Curtir

  5. Cara, muito legal isso!
    Do outro lado da rua, onde ficava a concessionaria da Fiat, agora ocupa o espaço a Zallpy, empresa de tecnologia.
    Vai dar uma renovada furiosa naquela região de uma só vez.
    Acredito que o fluxo de pessoas, iluminação e segurança tendem a melhorar nos próximos meses.
    2020 promete no 4º distrito.

    Simon, se possível gostaria que você desse uma atenção para essa região em seu blog.
    Existem diversas empresas de olho no 4º distrito, tem assunto pra render.

    Curtir

  6. Tudo e válido, se render ótimo caso não der que sirva de aprendizado.

    Curtir

  7. Um local um tanto heterodoxo para o comércio de hoje na cidade. Veremos se haverá consumidores suficientes para tornar essa enorme loja um empreendimento economicamente viável.

    Curtir

    • Olha um encarte dessa loja e terá essa informação. Mostram o valor da parcela e se tu somar está pagando quase duas vezes o valor. Infelizmente para uma grande parcela da sociedade é a única forma de adquirir alguns bens.

      Curtir

    • Pois é, fiquei pensando se a loja vai ter o fluxo de pessoas que os empreendedores esperam. O restaurante do terceiro andar é enorme – muito grande mesmo. Haverá público suficiente?

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: