EPTC inicia operação de novas faixas exclusivas nesta segunda

imagem202642

Independência e Mostardeiro terão prioridade para o transporte coletivo  Foto: Joel Vargas / PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que a partir desta segunda-feira, 21, entram em operação as faixas exclusivas da avenida Independência e da rua Mostardeiro, no bairro Independência. Os trechos no sentido Centro-bairro estão devidamente demarcados com sinalização vertical (placas) e por uma sinalização horizontal através de faixa azul contínua, com início após a praça Dom Sebastião, junto ao colégio Rosário, até a rua Florêncio Ygartua. A circulação exclusiva para o transporte coletivo (ônibus e lotação) ocorre de segunda a sexta-feira das 6h às 9h e das 16h às 20h. Nos demais períodos, o trânsito de automóveis será permitido.

A implantação acontece após ampla divulgação na mídia, que envolveu, também, encontros com a comunidade da região. O local vai passar por um período de acompanhamento e orientação aos motoristas em que haverá reforço nas ações educativas e presença de agentes de fiscalização de trânsito para instruir sobre o uso adequado daquele espaço. Também serão instaladas faixas educativas para reforçar a orientação aos condutores nos trechos das duas vias.

Fabio Berwanger Juliano, diretor-presidente da EPTC, reforça a importância da valorização do coletivo sobre o individual “A faixa exclusiva não representa apenas uma obra na via, mas uma verdadeira mudança de cultura. Significa a priorização do coletivo para quem mais precisa. As faixas exclusivas são sinônimo do mais moderno compartilhamento na utilização do espaço da via pública”.

imagem202645

Foto: Joel Vargas

De acordo com estudos técnicos, a faixa exclusiva da avenida Independência, com 1.150 metros, resultará em uma redução de 75% nos deslocamentos do transporte coletivo no trecho, ao diminuir em média sete minutos o tempo para percorrer o trajeto até a rua Ramiro Barcelos. Já o trecho da rua Mostardeiro, com 500 metros, terá uma diminuição de três dos atuais quatro minutos e meio. Com a implantação das duas faixas, serão beneficiados 38 mil passageiros de ônibus por dia, que utilizam nove linhas em circulação naquela área.

Orientação – O embarque e desembarque dos passageiros de táxis e do transporte por aplicativos nas calçadas junto às faixas exclusivas é permitido de acordo com a sinalização existente (onde não houver placa de proibido parar e estacionar), e desde que a parada ocorra no tempo estritamente necessário para a entrada e saída dos passageiros do veículo (conceito de embarque e desembarque no Código de Trânsito Brasileiro). O acesso à área prioritária deve ser devidamente sinalizado com o uso de seta (pisca-pisca), como em toda e qualquer mudança de faixa.

No entanto, a EPTC orienta e incentiva o uso das transversais, quando possível, para a chamadas ou embarque/desembarque dos aplicativos e também de táxis, para evitar atrapalhar o fluxo de veículos na faixa exclusiva e o desrespeito à sinalização.

Após esta fase, será implantada a faixa exclusiva na avenida Goethe, junto ao Parcão, onde os trabalhos já iniciaram. A faixa a ser implantada no sentido Sul-Norte irá beneficiar 62 mil usuários diariamente, em oito linhas de ônibus, com redução de 67% no tempo de viagem do trecho de 400 metros, que passará dos três minutos atuais a ser percorrido em apenas um minuto.

O projeto de priorização do transporte coletivo, em implantação pela prefeitura, que irá dobrar o número de faixas exclusivas em Porto Alegre, qualifica e torna mais eficiente o sistema de ônibus da Capital. Estão sendo implantados, ao todo, 22 quilômetros em 16 trechos, o que representa um aumento de 130% em relação aos 17 quilômetros já existentes. Estes locais também receberão melhorias com atenção à segurança do pedestre, como no trecho da rua Mostardeiro, em frente ao Hospital Fêmina, onde foi implantada outra nova travessia semaforizada, que atende a parada de ônibus. A medida, que vai beneficiar diariamente 450 mil usuários, visa a minimizar os riscos de acidentes, dar mais agilidade nas viagens, diminuir o tempo de deslocamento e atrair novos passageiros.

A Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU) tem atuado em diversas frentes para conservação asfáltica de trechos que receberão as faixas exclusivas. Entre os locais que já receberam intervenções estão as avenidas Ipiranga, Independência, Mostardeiro, Goethe, Mauá, Loureiro da Silva (sentido túnel), Paulo Gama e Luiz Englert.

Locais que receberão faixas exclusivas – Avenida Independência, Mostardeiro, Goethe, Rua da Conceição (dois sentidos), avenida Mauá, avenida João Goulart, Loureiro da Silva (sentido túnel), Paulo Gama / Luiz Englert, avenida Siqueira Campos, avenida Ipiranga trechos 2 e 3, avenida Silva Só, avenida Azenha, avenida 24 de Outubro e avenida Plínio Brasil Milano.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Corredores ônibus, Meios de Transporte / Trânsito, Outros assuntos

Tags:, ,

9 respostas

  1. Se fosse em Londres Paris Roma ou no quinto dos infernos os provincianos daqui iam ficar babando e dizendo lá eles pensam o transporte publico aqui não. Esta na hora dos bacanas largarem seus carrinhos em casa e colaborarem com o futuro do Planeta e da cidade e pegarem o busão,até parece um bando de petebas nutella.

    Curtir

    • Perfeito. A ala comunista-burguês-do-bom-fim adora compartilhar coisas no facebook sobre o meio ambiente, mas são os primeiros a usarem uber, o meio de transporte mais maléfico do ponto de vista da mobilidade urbana que temos, (apesar de ser a favor da livre iniciativa e liberalismo) engarrafando ainda mais o trânsito e consequentemente poluindo o mesmo, enquanto os ônibus estão às moscas. Faça o que digo, mas não faça o que eu faço.

      Curtir

  2. Medida acertada! Se transporta mais passageiros, deve ter prioridade.

    Interessante que são faixas à direita. Melhor que faixas no centro da via, assim reduzindo a necessidade do usuário cruzar a faixa.

    Curtir

  3. Fico pensando apenas que passam pouquíssimas linhas de ônibus ali, se não me engano apenas a 510-Auxiliadora e o T9. Apenas duas linhas justificam trancar os demais usuários?

    Curtir

    • 8 linhas passam por ali, Adriano.

      Conforme o texto: “A faixa a ser implantada no sentido Sul-Norte irá beneficiar 62 mil usuários diariamente, em oito linhas de ônibus, com redução de 67% no tempo de viagem do trecho de 400 metros, que passará dos três minutos atuais a ser percorrido em apenas um minuto”.

      Curtir

  4. tem tudo para… não ajudar em nada…,

    Curtir

  5. Preparem-se para engarrafamentos homéricos na Independência e na Mostardeiro nos horários de pico.

    Curtir

  6. Gente, mas como assim?
    Na Mostardeiro, em frente ao parcão a faixa é no meio das três pistas… imagina isso as 18h???

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: