Projeto na João Alfredo terá mobiliário em 2ª fase

Ruas Completas. Etapa de projeto que busca nova utilização da rua João Alfredo, na Cidade Baixa, vai instalar itens nas áreas verdes.

Bancos de pallets feitos por jovens da Fundação Pão dos Pobres estão entre as novidades

joao-alfredo1

Rótula pintada em março tem o objetivo de diminuir a velocidade dos carros que transitam pela via | DANIEL KENER NETO/ARQUIVO/WRI BRASIL

Quem passa pela rua João Alfredo, na Cidade Baixa, já deve ter observado as mudanças na via. Desde o mês passado, o local tem recebido intervenções que visam a uma maior ocupação da rua. A segunda fase da implementação do conceito de Ruas Completas, que inicia em novembro, terá novidades: as áreas verdes, que ampliam as calçadas, receberão a instalação de mobiliários.

Entre os itens previstos estão estruturas de pallets, como bancos e suportes de plantas, desenvolvidos por jovens aprendizes da Fundação O Pão dos Pobres de Santo Antônio. Participantes da oficina de marcenaria da entidade têm produzido o mobiliário com madeira doada pela Gerdau.

joao-alfredo2

Estruturas são de material reciclado | GUSTAVO ROTH/EPTC

“Percebemos que os jovens aprendizes estão se sentindo pertencentes ao projeto, dá para ver os olhos deles brilhando com as atividades. A rua faz parte da nossa comunidade, e participar do projeto é um reconhecimento muito importante”, destaca João Rocha, gerente socioeducativo do Pão dos Pobres.

A prefeitura pretende instalar as estruturas em 9 de novembro. O mobiliário conversa com a ideia do projeto – otimizar a rua para pedestres e ciclistas. A fundação Criado em 1895, o Pão dos Pobres atende, atualmente, 1,4 mil jovens, com o foco na realização de práticas socioassistenciais.

A fundação

Criado em 1895, o Pão dos Pobres atende, atualmente, 1,4 mil jovens, com o foco na realização de práticas socioassistenciais. A fundação volta suas ações a crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social.

As oficinas de marcenaria, serralheria, desenvolvimento web e gastronomia são algumas das atividades oferecidas aos jovens. Localizada na Cidade Baixa, a entidade recebe o auxílio do Funcriança e também aceita doações de alimentos, materiais ou dinheiro. Para mais informações, ligue para 3433-6902.

EPTC destaca redução de acidentes

joao-alfredo3

Primeiras intervenções foram feitas no final de agosto | DANIEL HUNTER/WRI BRASIL

O conceito de Ruas Completas é promovido pelo instituto WRI Brasil, que iniciou o movimento no país ao lado da Frente Nacional dos Prefeitos. Um dos propósitos do projeto, que é beneficiar os pedestres, já tem sido observado pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) em Porto Alegre.

“As primeiras intervenções, que chamamos de sinalização tática, foram feitas há pouco mais de um mês. É um período bem curto para se fazer uma estatística. Ainda assim, tivemos um aumento do volume de pessoas passando pelo local e, ao mesmo tempo, não foram registrados atropelamentos, o que é muito positivo e contraria a lógica”, celebra Alessandra Both, coordenadora de projetos de mobilidade sustentável da EPTC.

A profissional também destaca que há outras ruas na capital recebendo ideias do Ruas Completas, como a avenida Goethe e a rua José de Alencar. Nelas, as intervenções são mais pontuais, relacionadas a pontos como faixas de segurança.

Pontos do Quarto Distrito devem receber, em breve, o conceito. Como o Metro Jornal adiantou em setembro, a prefeitura estuda implementar o conceito na avenida Presidente Franklin Roosevelt, no bairro São Geraldo, na zona norte.

Jornal Metro Porto Alegre – 28/10/2019



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Outros assuntos

Tags:, ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: