Faixa exclusiva da Goethe entra em operação quarta-feira

imagem204268

Serão beneficiados cerca de 62 mil usuários das 8 linhas que passam no local  Foto: EPTC/PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que a faixa exclusiva da avenida Goethe entra em funcionamento nesta quarta-feira, 11, das 6h às 9h e das 16h às 20h. O trecho, de 400 metros, deverá ter redução de 67% no tempo de deslocamento e dois minutos e 50 segundos a menos no tempo de viagem. Serão beneficiados cerca de 62 mil usuários das oito linhas que passam no local. Além disso, as qualificações viárias implantadas, com espaços específicos para pedestres, ciclistas, transporte coletivo e automóveis, caracterizam o trecho no conceito de ruas completas.

A faixa da Goethe dá continuidade ao projeto de novos trechos exclusivos, já implementados nas avenidas Independência e Mostardeiro. Foram instaladas no local novas travessias de pedestres (uma delas com semáforo) e qualificadas as que já estavam construídas. Também foi colocada sinalização tática, para moderação do tráfego e mais segurança a pedestres e ciclistas, e ampliada a ciclovia da Goethe.

“O projeto foi elaborado com base no conceito de ruas completas, com espaço para cada modal, o que representa mais segurança e uma convivência harmônica entre as pessoas que circulam pelo local”, explica o secretário extraordinário de Mobilidade Urbana, Rodrigo Tortoriello.

A priorização do transporte coletivo pela prefeitura vai dobrar o número de faixas exclusivas em Porto Alegre. O projeto foi pensado para qualificar o sistema de transporte, reduzir os tempos de viagem, dar mais eficiência ao serviço e diminuir os riscos de acidentes. Serão beneficiados diariamente 450 mil usuários.

Até março de 2020, vão ser implantados 22 quilômetros de faixas exclusivas em 16 trechos, o que representa um aumento de 130% em relação aos 17 quilômetros já existentes. A medida deverá também atrair novos passageiros.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:onibus, Outros assuntos

Tags:, , ,

13 respostas

  1. Porque a ciclovia tem que ser utilizando área de avenida ao invés de ser por dentro do parque (mais seguro e bonito) neste trecho ?

    Curtir

  2. Vai ficar tri bom pros ciclistas pedalar ali do ladinho do corredor

    Curtir

  3. nao esqueçam que esse governo tem como um dos principais patrocinadores um app de de carro… entao, quanto pior transito, melhor pro app

    Curtir

    • Não faz sentido algum. Se é pior para o carro, é pior para o app do carro. Só se fossem as empresas de ônibus que fossem patrocinadoras.

      Curtir

  4. Eu não concordo. Acredito que esse tipo de “exclusividade” deve se ter em locais com grande circulação de linhas e quantidades de ônibus, como onde já se tem na Av. Assis Brasil, Av. Protásio Alves…. Na Mostardeiro e na Goethe passam cerca de 4 a 5 linhas (que eu saiba).
    Concordo quando dizem que onde se tem a maioria deve se investir, mas não acho que se aplique a essa região devido ao grande fluxo de veículos.

    Curtir

    • O resultado disso é corredores sendo apenas radiais e não transversais causando sobreposição de linhas:

      Curtir

      • Mas e o que tem haver? com faixas exclusivas ou não todos continuarão indo para o mesmo lugar. Eu pego ônibus da linha 520 todo dia e até agora não vi diferença nenhuma no meu tempo até chegar ao meu destino final!
        O que tem que mudar é o modal e não vai ser as faixas exclusivas que irão resolver isso.

        Curtir

        • O que tem a ver é que Porto Alegre tem um tamanho que não dá para concentrar tudo no centro. Deve haver opções para contornar o centro para as pessoas que não precisam ir para o centro. Por haver corredores predominantemente radiais, muitas pessoas vão para o centro porque é mais rápido que cruzar a cidade de transversal.

          Curtir

          • Sim, concordo contigo, mas o que tu não está entendendo é que não foi isso que eu disse. Eu disse que as faixas exclusivas devem estar nesses lugares de grande movimentação e não em lugares com pouca circulação de ônibus. Eu não disse que tudo deve ser direcionado ao centro, até porque não são todas as linhas que vão pra lá.

            Curtir

          • Pra mim não faz sentido isso! Parece que a prefeitura faz só para que as pessoas pensem “Ô a prefeitura está fazendo algo para melhorar a circulação do transporte público”, mas convenhamos que pintar uma faixa azul no chão só funcionaria se toda a extensão da avenida suportasse isso e não um pedaço que via da Mostardeiro até o parcão onde tem um baita afunilamento quando o ônibus entra em direção a Eudoro Berlink. Pra mim continua não fazendo sentido. Acho super válido tudo que for melhorar e agilizar o transporte e toda a vida na cidade de forma positiva, mas isso é tapar o sol com a peneira.

            Curtir

  5. Ótima iniciativa! Se transporta mais gente, deve ter maior prioridade. Simples

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: