EPTC testa inversão da Edvaldo Pereira Paiva em dias úteis

imagem205991

Fluxo será único em um trecho, de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h30 (PMPA)

Para melhorar o acesso de quem sai da Zona Sul em direção ao Centro no início da manhã, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que, a partir desta segunda-feira, 2, a avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio) terá inversão de sentido. O fluxo será único em direção ao Centro, de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h30, a partir da Nestor Ludwig até a rótula com a avenida Augusto de Carvalho. Não será permitida a conversão para a avenida Ipiranga. A medida será em caráter de teste, durante as obras do trecho 3 da Orla do Guaíba.

“Desde o início desses serviços, a região apresenta lentidão no início da manhã. Faremos um teste com essa alteração para dar fluidez ao trânsito, mas é uma operação que pode ser desfeita. O monitoramento da avenida Padre Cacique e se ela vai suportar o movimento no sentido oposto é o que vai determinar a continuidade ou não da inversão”, explica o diretor-presidente da EPTC, Fabio Berwanger Juliano.

A Beira-Rio teve estreitamento de pista para garantir a segurança dos usuários da orla após o passeio ser bloqueado para realização das obras.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

6 respostas

  1. Essa gestão da EPTC está de parabéns pelas soluções e tentativas. Acabou a era Cappelari de atraso!!

    Curtir

  2. Totalmente desnecessária, passei no local e o observei enquanto passeava no parque, das 7 as 8h faltavam carros na avenida, tamanha a necessidade disso

    Curtir

    • Você passou lá antes dessa modificação? Eu passo todos os dias, de carro, e a lentidão era grande. Agora não ocorre mais lentidão.
      Aliás, eu sou um que geralmente aplaudo de pé as modificações da EPTC. Aquele X da rodoviária, por exemplo, acabou. O corredor de ônibus duplo foi uma solução de baixíssimo custo e muito eficiente.

      Curtir

      • sim, dava pra ver de longe que o problema nao era por falta de capacidade da via e sim por causa do quebra molas, que esta ali para a travessia de pedestres (que nao ocorre por causa das obras).
        Tirava-se os quebra molas tudo funcionaria, era so ver que na chegada a ipiranga ficavam rarefeito os veiculos.

        Tirava-se o quebra molas para esse periodo e se recolocava pós obras e estava tudo certo.

        Essa inversão é eleitoreira, marketing, nao é uma solução real, principalmente pelo fato de nao ser automatizada e sim feita por agentes de transito, que ao invez de ficarem orientando o transito e fiscalizando onde se precisa estao la desviando o transito diatiamente.

        Curtir

        • O quebra molas tem um motivo pra estar ali, a galera usava a Beira Rio pra fazer racha à noite.
          Mas se você quer pensar que é uma atitude eleitoreira, beleza. Tudo que os prefeitos fazem é eleitoreiro, afinal querem ser reeleitos. E eu espero que continuem fazendo coisas eleitoreiras cada vez mais.
          O dia que aparecer um prefeito que não liga para o eleitor, aí sim eu vou me preocupar.

          Curtir

  3. Cai de madura essa inversão.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: