Prefeito anuncia etapa final de obra da Trincheira da Cristóvão

SMIM - Liberado o trânsito na alça de acesso Norte/bairro da T

Investimento é de R$ 2,4 milhões, com previsão de entrega em oito meses  Foto: Luciano Lanes/PMPA

O prefeito Nelson Marchezan Júnior assina, nesta quarta-feira, 4, a ordem de início da etapa final da Trincheira da Cristóvão Colombo. Após a licitação, foi definido o consórcio DDS (Dobil e DW Engenharia) para executar os cerca de 10% que faltam para a conclusão da obra. O investimento para finalizá-la é de R$ 2.480.554,99, e a estimativa de entrega é de oito meses.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen, depois da assinatura, a empresa tem prazo de cinco dias para começar os serviços. “Entre os trabalhos iniciais, estão a locação de obra, a topografia e a apresentação de um plano de trabalho com desvios de trânsito para aprovação da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC)”, explica.

Marchezan lembra que a obra, iniciada em 2013, passou por entraves e dificuldades, como suspensões e até abandono da empresa responsável pelos trabalhos. “Estamos dando mais um passo para acabar com a novela chamada obras da Copa. Existe um esforço da gestão para finalizar a Trincheira da Cristóvão, não no prazo que a cidade e a prefeitura gostariam”, ressalta.

Já foram executados o esgoto cloacal e pluvial, a pavimentação dos desvios, as intervenções na vegetação, as alças de acesso no lado Centro, a passagem inferior e superior, a implantação de redes de água, a iluminação pública e a sinalização viária parcial. Com 90% da obra pronta, o que restam são a conclusão da alça de acesso Sul-bairro, os muros de arrimo, o alargamento entre as ruas Honório Silveira Dias e Luzitana, a rede de drenagem, as calçadas no lado bairro, a implantação do piso tátil, a recuperação de placas de concreto no interior da passagem, conclusão das barreiras New Jersey, implantação de sinalização definitiva e reparos finais.

Histórico – O primeiro contrato para os serviços foi assinado em 2012. As obras começaram em 2013, mas foram paralisadas em 2017 por problemas no consórcio. As empresas classificadas em segundo e terceiro lugares não tiveram interesse em continuar. A partir de então, foi iniciado levantamento de serviços necessários para conclusão, para que fosse elaborado orçamento para nova licitação. Essa seria a segunda tentativa de contratação nesta gestão. Em junho de 2019, foi lançado o primeiro edital, porém não houve interessados. Com isso, se iniciou novo trabalho de revisão de todos os preços e, em novembro de 2019, foi feita nova licitação.

Com a mobilização da prefeitura, que colaborou com maquinário, equipamentos e mão de obra, e de moradores e empresários da região, que fizeram doação de materiais, foi concluída no dia 16 de maio de 2019 a alça de acesso Norte/bairro. A estrutura recebeu aplicação de nova camada asfáltica, e o trânsito no local foi liberado após finalizações e ajustes na sinalização viária.
 
Também foram feitas terraplenagem das calçadas e meios-fios, drenagem e preparação da base do pavimento. Os trabalhos foram executados pela empresa terceirizada contratada pela Divisão de Conservação de Vias Urbanas (DCVU). A liberação do trânsito no interior da trincheira, no trecho que permite o fluxo pela avenida Cristóvão Colombo, entre a Plínio Brasil Milano e a Benjamin Constant, ocorreu em 19 de março de 2019, trazendo mais fluidez no entorno. Para isso, foram feitos um muro de contenção, pintura e instalação de sinalização pela EPTC.

Prefeitura de Porto Alegre

________________

Acho que vamos ter que criar um nova seção no Blog: ANO ELEITORAL – AS OBRAS



Categorias:Outros assuntos, Trincheiras e passagens de nível

Tags:

6 respostas

  1. Olha é melhor inaugurar obra pronta do que pedra fundamental,no ultimo ano do governo do Collares em Porto Alegre ele inaugurou uma serie de escolas infantis fantasmas e algumas foram feitas sem planejamento algum tanto é que nas cozinhas não cabia o fogão e a geladeira.Porto Alegre tem problemas estruturais de anos e muitos dificilmente serão resolvidos em 100 anos. è uma cidade tipica de pais de terceiro mundo que possui uma minoria muito bem colocada com serviços,lazer estrutura urbana muito boa,ao lado de uma massa que rala para sobreviver.Nenhum prefeito vai resolver isto.o remedio para melhorar a infraestrutura na cidade seria muito amargo para quem tem como arcar com impostos elevados.A economia geral do pais tem de estar com um crescimento alto e boa gestão publica e sinceramente eu não enxergo grandes mudanças nos proximos anos.O grande risco é sempre a população cair na cantilena populista que pega uma estrutura saneada e tora o que tem ou não tem para se manter no poder.Tirando empregos de alta qualificação na iniciativa privada o resto paga mal,agora ser CC de orgão publico sem ter qualificação para babr ovo de autoridade ou enrolar o povo é um baita negócio.

    Curtir

  2. Obrigado pelas obras e inaugurações mas não vou esquecer dos buracos em todas as vias e greves por falta de pagamento, alem do mato e lixo nas ruas por dois anos inteiros.

    Curtir

  3. Sim, concordo, mas também desde que me conheço por gente isso acontece…

    Curtir

  4. Exato, Gilberto. Há tempos tenho falado das “coincidências” da prefeitura de inaugurar as obras em ano de eleição…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: