Câmara aprova projeto que permitirá construções na Fazenda do Arado

Por 24 votos favoráveis e 11 contrários, a Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, na tarde desta quinta-feira (17/12), o Projeto de Lei Complementar nº 16/20 que altera limites previstos no Plano Diretor e permitirá construções em área na Zona Sul da capital conhecida como Fazenda do Arado. A proposta trata de uma propriedade particular de 426 hectares, localizada em uma área rural vizinha ao núcleo urbanizado do Bairro Belém Novo. Com a mudança proposta no projeto, a área passará a ser caracterizada como urbana e poderá receber construções. O projeto é de autoria do vereador Professor Wambert (PTB) e visa a recuperação da redação da Lei nº 780/2015.

Pouco antes da votação da matéria foi apresentada emenda do vereador Airto Ferronato (PSB), que resultou rejeitada pelo plenário. O parlamentar pretendia garantir na lei delimitar área de, no mínimo, 60 metros de largura para acesso universal dos cidadãos junto às margens do Guaíba.

Câmara Municipal de Porto Alegre

Para relembrar, leia mais aqui:

Ambientalistas questionam mega-empreendimento em Belém Novo



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, TURISMO, Zona Sul

Tags:,

2 respostas

  1. Melhor notícia.

    Curtir

  2. Foi nessa região que houve um conflito envolvendo uma comunidade indígena a um tempo atrás não foi?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: