Vídeo: Trecho 3 da orla (onde tu vais enxergar os maricás e não o Guaíba)

Mais um vídeo excelente mostrando a orla, em especial o trecho 3, em obras.

Uma pena que vão deixar estes maricás na faixa do Guaíba. Quem estará lá usufruindo das facilidades do novo trecho, vai ter sua visão do Guaíba em grande parte bloqueada pela grande cortina de maricás.

Deveriam ter aberto alguns trechos junto da linha d’água para que o contato com o Guaíba fosse maior, talvez até prevendo uma passarela da mesma forma que o trecho 1.

_____________________________
Realizando primeiro voo dia 01/01/2021 na Orla do Guaíba, área ainda em construção, passando pelo parque Marinha do Brasil, Estádio Beira Rio, Gigantinho, seguido de visualização do Parque Gigante, Shopping Praia de Belas, Prédio da Federação Gaúcha de Futebol, Anfiteatro Pôr-do-Sol e ao fundo o lindo prédio da Secretaria da Educação.

Canal: SeuCastigO TV



Categorias:ORLA, trecho 3 da orla, video

Tags:

9 respostas

  1. Eu não consigo ficar muito na orla porque não tem sombra. Muito sol. Eu so consigo ir la de noitinha.

    Curtir

  2. Os maricás servem também como uma barreira para o vento. Esse trecho é para prática de esportes e então deve se fazer tudo para que a prática não seja prejudicada.

    Curtir

  3. Exatamente, manter alguns exemplares preservaria a vegetação e daria outra experiência para quem vai usufruir dos espaços, nos fins de tarde por exemplo, o poente poderia ser apreciado de todos os trechos, pelas janelas naturais, mas da maneira que foi feito impede a público de observar dalí, convidando-o para se deslocar para o trecho 1 que já é tão movimentado.

    Curtir

  4. Pelo projeto já achava que preservavam uma área muito grande à beira do lago, mas é uma questão de regulação legal e ambiental, então não há em tese o que se fazer. Que os espaços sejam bem aproveitados da melhor forma.

    Curtir

  5. Pena ? Você já passeou em qualquer trecho da orla durante o verão ? Qualquer abrigo é bem vindo.

    Curtir

    • A solução pra esse problema não é deixar esse mato, que pode inclusive ser um fator de insegurança para as pessoas que frequentam a orla. Ou é um parque urbano ou é uma reserva ecológica. Locais com frequência de público tem que ser bem abertos, com o objetivo de serem seguros. E o nosso eterno problema é não ter contato com o Guaíba, com a agua, aí deixam no projeto essa faixa de mato (maricás) que dificultam as pessoas a chegarem na linha d’água. Ha que ter uma solução intermediária. Limpar um pouco dos maricás, plantar outras árvores nativas mais bonitas, com aspecto ornamental e não esse mato do jeito que ficou. Pode-se deixar alguns trechos com maricás, outros sem.

      Curtir

      • Discordo. Não faltarão áreas para ver o Guaíba se você juntar os dois trechos.

        Curtir

      • Pois é…. isto que colocas era uma das diretrizes presentes no documento “Relatório Orla” que elaboramos (GT ORLA), ainda em 2006, na extinta SPM/PMPA…. que fundamentava e serviu de base para o trabalho posterior… “Diretrizes de Desenho Urbano para a Orla Central”…. que foi entregue ao Prefeito da época. Dentre outras, estas diretrizes evitariam muitos problemas de utilização que vemos e vivenciamos na pele…. na execução do projeto contratado sem licitação ou concurso – pelo Sr. Prefeito – a título de “Notório Saber”….. Fazer o que, não? São as “belas” práticas urbanísticas de Porto Alegre! Abraços.

        Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: