Recuperação do Viaduto dos Açorianos começa na segunda

Viaduto e Parque dos Açorianos – Foto: Gilberto Simon (Setembro/2019)

Em seis meses, a população deverá retomar o acesso ao Viaduto dos Açorianos, no Centro. A ordem de início para a obra de recuperação e reforço estrutural foi dada na manhã desta sexta-feira, 19, pelo prefeito Sebastião Melo, em vistoria com a empresa contratada, DW Engenharia, que instalará o canteiro de obras na próxima segunda-feira, 22. A passagem está interditada desde maio de 2020. Após concluir a licitação, com contrato assinado no último dia 11, a prefeitura investirá R$ 1,33 milhão para garantir segurança na maior intervenção já realizada em 47 anos.

“Investir em infraestrutura é fundamental para melhorar a vida da cidade. Com o contrato viabilizado, vamos fiscalizar e acompanhar, em parceria com a empresa, para que a entrega ocorra no menor tempo possível”- Prefeito Sebastião Melo.

Localizado na avenida Borges de Medeiros sobre a Primeira Perimetral, no Centro Histórico, o viaduto construído em 1973 receberá serviços que envolvem a recuperação estrutural de pilares e vigas dos encontros, tratamento de fissuras e rachaduras, reforço da viga longitudinal central e lajes de transição. Serão substituídos ainda os aparelhos de apoio, as juntas de dilatação e os drenos de escoamento de água, além do tratamento da armadura e do concreto, limpeza e pintura, entre outros reparos.

Conforme o secretário municipal de Obras e Infraestrutura (SMOI), Pablo Mendes Ribeiro, a secretaria está trabalhando em um termo de referência para estabelecer que o contrato permita manutenção e vistorias permanentes em viadutos e obras de arte de infraestrutura. “Um dos principais acessos ao Centro, o viaduto tem a história da cidade e não pode ficar interditado e parado tantos meses”, defendeu Mendes Ribeiro.

Assinatura da ordem de início da obra de recuperação do Viaduto dos Açorianos. Fotos: Cesar Lopes/ PMPA

Histórico – A necessidade da restauração foi detectada após vistorias técnicas realizadas por servidores da SMOI nos viadutos e pontes da Capital. Foi constatado um grave dano estrutural nos elementos do encontro Sul, o que resultou na sua interdição para o trânsito em maio de 2020.

Uma empresa foi contratada para desenvolver  o projeto de recuperação estrutural. O relatório apresentado confirmou os danos previamente apontados, além da necessidade de outras intervenções. Entre os problemas detectados, estão o rompimento de vigas nos apoios dos dois encontros e da junta de dilatação, o esgotamento da vida útil dos aparelhos de apoio e o entupimento dos drenos, entre outros que serão reparados pela obra. Em novembro, foi lançado edital de licitação para contratação dos serviços, mas não houve interessados. Em 2021, já no exercício da gestão do prefeito Sebastião Melo, o edital de licitação foi ajustado, resultando na contratação da empresa vencedora.

Também participaram do ato e da vistoria o representante da DW Engenharia, engenheiro Wolney Moreira da Costa; os secretários de Segurança, Mário Ikeda; de Administração e Patrimônio, André Barbosa; o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento, e vereadores da Capital.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo

Tags:,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: