Governo do RS evita flexibilização, suspende cogestão e municípios terão quer cumprir bandeiras de sua região

O governador enfatizou que está disposto a ouvir as prefeituras, caso o cenário da Covid-19 se altere no Estado.
Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite anunciou na tarde desta quinta-feira (25), em reunião virtual com a Famurs (Federação da Associação de Municípios do Rio Grande do Sul), a suspensão temporária da cogestão no modelo de distanciamento controlado. As cidades terão que cumprir as restrições previstas no plano estadual.

A norma, que anteriormente trazia restrições rigorosas de circulação de pessoas, se estenderá de sábado (27) a 7 de março.

Leite apelou que a população fique em casa, conclamamando que cada um faça sua parte. “Quanto maior adesão houver ao distanciamento, mais atividades próximas do normal, com menos restrições poderemos ter”, disse. O impedimento de circulação de pessoas – lockdown – não está nos planos por enquanto.

O governador enfatizou que está disposto a ouvir as prefeituras, caso o cenário da Covid-19 se altere no Estado. Atualmente, 11 regiões estão em bandeira preta segundo o mapa do distanciamento controlado.

Jornal O SUL



Categorias:Outros assuntos

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: