Secretários vistoriam andamento da revitalização da Usina do Gasômetro

Os secretários municipais da Cultura, Gunter Axt, e de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro, fizeram uma vistoria nas obras de revitalização da Usina do Gasômetro, nesta segunda-feira, 4, acompanhados um grupo de servidores e técnicos da empresa executora. Com 30% de execução, o obra conta com investimento de mais de R$ 13, 9 milhões e tem prazo de conclusão para o primeiro semestre de 2022.

Obra é a maior intervenção já realizada na construção em toda a sua história Foto: Orlando Moraes/SMOI PMPA

“Na revitalização estão envolvidas uma série de intervenções e frentes de trabalho que avançam em tempos distintos. Após diversas adequações de projeto, e mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, serviços como as demolições, impermeabilizações, revestimentos, instalações de equipamentos para infraestrutura avançaram até mais do que o esperado”, comentou o titular da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Smoi), Pablo Mendes Ribeiro.

A obra é a maior intervenção já realizada na construção, inaugurada em 1928, em toda a sua história. “A Usina é um dos prédios históricos mais importantes da cidade e um equipamento cultural de grande relevância. É preciso acompanhar todos os detalhes da obra de perto com atenção para que o Centro Cultural possa funcionar de forma orgânica, alcançando todas as potencialidades intrínsecas junto à comunidade”, afirmou o titular da Secretaria Municipal da Cultura, Gunter Axt.

Revitalização – A obra da Usina do Gasômetro, executada pelo Consórcio RAC/Arquibrasil, entregará equipamentos modernos, mantendo a essência de exibição de espetáculos experimentais, com diversas áreas de exposição, foyer, e espaços multiusos, sala de dança e áreas técnicas.

Para maior segurança, está prevista a modernização da infraestrutura do prédio, contando com espaços 100% acessíveis. Trará ainda assentos e pergolados para apreciar a vista do Guaíba, duas novas escadas, restaurante com vista panorâmica no quarto andar e café com vista para a Rua da Praia.

No Centro Cultural, haverá ainda dois grandes e importantes espaços, o Teatro Elis Regina, que será no formato de arena, com assentos que poderão abrigar até 300 pessoas, e a sala de cinema P.F. Gastal que será requalificada e mudará do terceiro andar para o térreo.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Cultura, Patrimônio Cultural, Reforma Usina do Gasômetro

Tags:, ,

%d blogueiros gostam disto: