Centro Histórico: Prefeitura investirá R$ 12 milhões na revitalização do Quadrilátero Central

Calçadão da Rua dos Andradas será revitalizado Foto: Alex Rocha/PMPA

A Prefeitura de Porto Alegre publicou no Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) desta terça-feira, 8, o edital de licitação para contratação de empresas para a revitalização do calçadão das ruas dos Andradas e Uruguai e a urbanização do Quadrilátero Central. As obras integram o Programa Orla POA, coordenado pela Secretaria de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Smpae) e operacionalizado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura (Smoi).

“A revitalização do Centro Histórico é fundamental para entregarmos uma nova Porto Alegre, incluindo este importante passo que é a renovação do Quadrilátero Central, que dará nova cara para alma da cidade” – Prefeito Sebastião Melo.

Os trabalhos serão financiados com recursos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). O investimento previsto é de R$ 12,7 milhões, com prazo de 12 meses para conclusão dos serviços após a data de início das obras. “Pretendemos trazer uma nova ambiência e qualificar para as vias do Centro Histórico. O Quadrilátero Central, a Andradas e a rua Uruguai são um grande acréscimo ao projeto de recuperação do bairro”, afirma o secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cezar Schirmer.

O secretário de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro, destaca a relevância do projeto.“Trata-se de uma obra de extrema importância para Porto Alegre, tanto pelo porte e investimento, mas principalmente pela transformação que fará no Centro. Cuidaremos de cada detalhe desta obra para tornar o ambiente mais agradável e seguro, assim, atrairemos frequentadores, turistas e um comércio variado”, assegura.

A concorrência possui âmbito internacional. Para o secretário da Administração e Patrimônio, André Barbosa, abrir um processo licitatório nesta modalidade permite ampliar as opções e prospectar novas visões de urbanismo. “A possibilidade de empresas altamente especializadas participarem aumenta quando temos concorrentes de outros países, muitas vezes com tecnologias que ainda não chegaram por aqui. Possuímos, obviamente, excelentes serviços nacionais, mas nem sempre com todas as necessidades para a prestação daquele tipo específico. Tenho convicção de que o resultado será dentro do padrão de qualidade que se almeja para o Centro Histórico”, salienta.

A sessão pública da licitação – onde serão recebidos e abertos os envelopes das empresas interessadas – ocorrerá no dia 13 de julho, às 14h , na sala de licitações , na situada rua Siqueira Campos, 1.300, 3º andar, sala 301.

Mudanças na região – O projeto executivo foi elaborado pela ENCOP Engenharia, com o acompanhamento das diversas secretarias municipais. As obras pretendem renovar aquela que é uma das primeiras áreas de ocupação da cidade, valorizando o patrimônio cultural existente. A proposta privilegia a circulação de pedestres, ampliando as calçadas, qualificando as travessias, reduzindo barreiras de acessibilidade e melhorando a pavimentação em geral. Haverá, também, a implantação de novo mobiliário urbano, melhorias na iluminação pública e a ampliação do sistema de videomonitoramento.

As obras ocorrerão nas seguintes vias:

Revitalização
(trecho marcado no mapa em laranja)

Rua dos Andradas – trecho entre a rua General Câmara e a rua Marechal Floriano Peixoto – reforma completa do calçadão de pedestres;

Rua dos Andradas – trecho entre a rua Marechal Floriano Peixoto e a rua Dr. Flores – recuperação do pavimento histórico da via e reforma completa dos passeios;

Rua Uruguai – trecho entre a rua dos Andradas e a rua Sete de Setembro – reforma completa do calçadão de pedestres;

Urbanização
(trecho marcado no mapa em verde)

Rua Voluntários da Pátria – trecho entre a rua Marechal Floriano Peixoto e a rua Dr. Flores – recuperação do pavimento do corredor de ônibus, reforma completa dos passeios;

Rua Otávio Rocha – trecho entre a rua Marechal Floriano Peixoto e a rua Dr. Flores – recuperação do pavimento da via, reforma completa dos passeios e qualificação do canteiro central;

Rua General Vitorino – trecho entre a rua Marechal Floriano Peixoto e a rua Dr. Flores – substituição do pavimento da via e reforma completa dos passeios;

Rua Doutor Flores – trecho entre a rua General Vitorino e a rua Voluntários da Pátria – substituição do pavimento da via e reforma completa dos passeios;

Rua Vigário José Inácio – trecho entre a rua General Vitorino e a rua Voluntários da Pátria – substituição do pavimento da via, reforma completa dos passeios e do calçadão de pedestres;

Rua Marechal Floriano Peixoto – trecho entre a rua General Vitorino e a rua Otávio Rocha – substituição do pavimento da via e reforma completa dos passeios;

Avenida Borges de Medeiros – trecho entre a avenida Salgado Filho e a rua Sete de Setembro – substituição do pavimento da via, reforma completa dos passeios, qualificação do canteiro central e da Esquina Democrática.  

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Revitalização do centro

Tags:, ,

4 respostas

  1. vai ficar top

    Curtir

  2. Maravilha !
    Fico muito feliz com esta iniciativa, uma vez que todos sabemos da degradação urbana que vive o centro da capital.
    A única observação que faço é que, embora pareça um montante alto, em se tratando de obras urbanas (e públicas), no meu ponto de vista, nem de perto é suficiente para fazerem-se as melhorias urbanas necessárias e nestas vias, com a qualidade devida.
    Mas, é melhor que nada.

    Curtir

    • Faz sentido, Novo Hamburgo requalificou o seu centro ao custo de mais de R$ 40 milhões, esse valor do projeto de Porto Alegre parece comparativamente baixo. Espero que não seja porque vão poupar no mobiliário urbano, nos renders divulgados pela prefeitura os equipamentos me pareceram um pouco simples.

      Curtir

  3. Ótima notícia! Finalmente! Gostamos especialmente de saber que é uma licitação com processo de concorrência internacional e que bom! Para essa área que é o coração dessa cidade e que hoje se vê em pleno infarto urbanístico, precisamos de profissionais arquiteto/urbanistas hiper competentes (chega de amadores chumbregas), gabaritados para fazer projetos maravilhosos que realmente transformem o espaço público, devolvam o brilho e façam esse “coração” voltar a pulsar forte, bem como o dos moradores da cidade que merecem ter o resgate do seu centro histórico, mais lindo e convidativo para usufruir.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: