Laçador: retirada da estátua para restauração pode indicar mudança definitiva do monumento para outro local

Preparativos para remoção do Monumento ao Laçador. Fotos: Cesar Lopes/ PMPA

Monumento Histórico desde 2001, a estátua do Sítio do Laçador será removido na próxima terça feira, dia 29, onde passará por uma restauração por no mínimo quatro meses.

Depois desse período a estátua pode, inclusive, ser instalada em outro lugar. O debate interno entre autoridades já acontece. Publicamente o prefeito Sebastião Melo já defendeu a troca da estátua para outro local.

A preparação para a remoção começou nesta quinta-feira com a preparação do canteiro de obras.

Uma cerimônia no Salão Nobre do Paço Municipal ocorre na segunda-feira, 27, às 14h, com a presença do prefeito Sebastião Melo para marcar o início da revitalização.

O projeto é realizado pelo Sinduscon, pela Associação Sul Riograndense da Construção Civil e conta com a prefeitura como correalizadora. O custo total de realização da obra é de R$ 900 mil, sendo R$ 810 mil captados através da Lei de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado, e R$ 90 mil de aporte da Prefeitura de Porto Alegre. A revitalização conta ainda com o patrocínio da Gerdau e Sulgás e apoio da JOG Andaimes, Elevato e Ministério Público do Rio Grande do Sul.

Jornal Já



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Monumentos

Tags:, , ,

24 respostas

  1. Não é apenas uma estátua, é um símbolo afetivo

    Curtir

  2. Lacador precisa ficar num lugar melhor!!!

    Curtir

  3. Povo reclama que a cidade ta abandonada, aí quando fazem uma restauração reclamam pq é mto caro.
    Vai entender!

    Curtir

  4. E a estátua do Bento Gonçalves na João Pessoa quando será valorizada?
    A localização é péssima, lugar abandonado, mato crescendo no canteiro, sem iluminação, uma barbaridade na província de São Pedro, que tanto se gaba por falar em Revolução Farroupilha. Ao mesmo tempo, abandona a estátua do principal líder do movimento gaúcho.

    Curtir

    • foi pichada no ultimo 20 de setembro,
      se não for realocada e em um lugar protegido e contextualizado, será derrubada, concordem ou não, é a tendencia que está acontecendo no ocidente.
      Só resta prevenir o inadiável.

      Curtir

      • Verdade, há tantas controvérsias sobre exaltar Bento Gonçalves quanto Borba Gato em São Paulo. Se colocar a estatua em um lugar mais exposto e acessível… não vão faltar movimentos planejando algo do tipo.

        Curtir

        • Pois é, mas acontece que não podemos nos balizar por tais possíveis movimentos. Bento Gonçalves foi uma figura de destaque, talvez uma das maiores, na história do RS, ainda que surjam controvérsias. A estátua está abandonada, como vários monumentos e praças na capital. Deveria receber manutenção e estar em local valorizado.

          Curtir

  5. cade os protestos? cade o povo do mimimi pra reinar 900mil na estatua?

    Quanto é fazer uma nova será?

    Curtir

  6. 900 mil pra restaurar uma estátua?
    Caramba.

    Curtir

    • Não será dinheiro público. A iniciativa privada pagará.

      Curtir

      • Indiferente de quem seja o dinheiro, 900 mil pra restaurar uma estátua parece ser grana pra caralho.

        Mais caro q contruir uma casa inteira kkk

        Curtir

        • Incrível ! Parabenizo a todos vocês, especialistas em restauro de monumentos, pela belíssima análise dos custos da restauração do Laçador.
          Estou pasmo com tanta sabedoria.
          Vocês devem conhecer perfeitamente os custos dos produtos a serem utilizados na restauração, os custos de retirada dele do atual local e do transporte, dos custos dos profissionais restauradores, que são formados em fundo de quintal e não tem nenhum curso de especialização.
          Incrível mesmo!
          Que sorte deste blog ter tantos profissionais gabaritados nesta área!
          Parabéns a todos!!

          Curtir

          • Exatamente!! Para restaurar um monumento histórico não se contrata o “Zé da Esquina”, o trabalho é especializado. Muitas vezes os materiais utilizados nesses monumentos são raros de se encontrar atualmente, o que eleva o custo, sem contar os valores para o transporte do monumento. Alguém sabe quanto custa a diária de um guindaste?? Custa dezenas de milhares de reais!!

            Curtir

            • pro azar de vocês, trabalho com transporte e conheço a logística envolvida no processo.

              Essa estatua não pesa nem 5 toneladas.
              MAS DIGAMOS QUE PESASSE 30, a diária do guindaste + 200km de locomoção é R$ 2mil

              Pra voltar restaurada, R$ +2mil

              Digamos que o salário de cada pessoa que restaura a estatua seja R$ 10mil o que é absurdo, mas digamos que seja.. e que tenha 10 pessoas envolvidas durante sei lá, três meses..
              10mil x 10 pessoas x 3 meses = 300mil, digamos que o lucro da empresa que fará isso seja 100%… então 600mil de custo… mais os 4mil do guindaste kk
              mesmo chutando MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO alto, ta longe³³ dos 900mil. E aqui eu não to nem levando em conta o mérito de estado falido, brasil com pib negativo e a gente restaurando estatua… Puramente olhando os custos, ta muito, MAS MUITO acima do plausível

              Curtir

              • e tem o custo de materia prima, não sei do que ela é feita, mas se fosse bronze por ex que ta R$ 30 o kg.. se forem 3 tonelada a estatua são R$ 90mil.. isso se fosse fazer uma estatua nova né, mas essa aí vai ser “restaurada”

                Curtir

                • Parece tão simples… guindaste + salários de restauradores + bronze = estátua renovada.

                  Esse tipo de obra é extremamente complexa. Opine em sua área (transportes) e deixe a análise da obra para os especialistas.

                  Ao menos dois especialistas (uma de SP e um francês) foram contratados para supervisionar o restauro. Além disso, a correção de fissuras é algo muito complexo e detalhista, não é só colocar bronze novo.
                  Restauradores de estátuas de bronze não estão disponíveis facilmente no nosso mercado, provavelmente são pessoas de fora do estado.

                  Soma-se custo de guindaste, transporte, andaimes, locação de espaço para a realização do trabalho, vigilância, mão de obra, consultoria, material específico de restauro, etc. Provavelmente haverá alguma modernização ou adaptação de iluminação do local ou paisagismo.

                  Curtir

              • Leandro, muito acima mesmo.
                Mas no BR é tudo supervalorizado, desvio de verbas, superfaturamento. Incrivel como ainda existe gente que aprova cegamente e não questiona nada.

                Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: