Em Porto Alegre, estátua do Laçador é removida e levada para restauração

Na tarde desta terça-feira (28), foi realizada a remoção da estátua, que passará por um processo de revitalização. Foto: Alex Rocha/PMPA

A estátua do Laçador, um dos maiores símbolos da cultura do Rio Grande do Sul, foi levada para restauração na tarde desta terça-feira (28) em Porto Alegre. A peça, que tem 3,8 toneladas e 4,4 metros, apresentava problemas como fissuras.

Ela foi içada com um guindaste e transportada até um pavilhão próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, onde passará por um processo de restauração nos próximos 90 dias. Tradicionalistas acompanharam o transporte do monumento em cavalgada até local.

A estátua foi definida por lei municipal como símbolo oficial de Porto Alegre em 1992. Sua autoria é do escultor pelotense Antônio Caringi. A obra foi tombada como patrimônio histórico de Porto Alegre em 2001.

Para usar um gaúcho autêntico como modelo para a sua obra, Antônio Caringi contou com o folclorista Paixão Côrtes, então um jovem apreciador dos costumes da cultura campeira sul-rio-grandense, o qual posou para o artista com a sua coleção de indumentária gauchesca. O monumento é feito de bronze e tem um pedestal de granito trapezoidal de 2,10 metros de altura.

Jornal O Sul

______________________

A propósito, o atual pedestal do Laçador não é de granito. É feito do mais simples dos concretos.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo

Tags:, ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: