Novo trecho da Orla será entregue à população neste sábado

Espaço contará com 29 quadras e estruturas de apoio à prática de esportes, entre outros atrativos Foto: Alex Rocha/PMPA

Na manhã deste sábado, 23, às 9h, a Prefeitura de Porto Alegre vai entregar um novo complexo esportivo e de lazer na Capital. O trecho 3 da Orla do Guaíba, que fica localizado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, com 1,6 quilômetro de extensão, entre a foz do Arroio Dilúvio e o Parque Gigante, será aberto à população com diversos atrativos.

O espaço público contará com 29 quadras e estruturas de apoio à prática de esportes, arquibancadas, pista de caminhada, vestiário, ambiente arborizado e 100% acessível, ciclovia, iluminação em LED, câmeras de monitoramento, estacionamento para 150 veículos, três opções de bares e a maior pista de skate da América Latina.

“A entrega do trecho 3 à população simboliza algumas crenças da gestão: continuidade de bons projetos, revitalização de espaços públicos para convivência e parcerias para preservação. Mais uma bela criação assinada pelo Jaime Lerner para que moradores e visitantes aproveitem às margens do Guaíba, com infraestrutura de alta qualidade” – Prefeito Sebastião Melo

Foram investidos R$ 53,4 milhões na execução da revitalização do complexo. O parque faz parte do projeto de embelezamento da Orla do Guaíba, projetado pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner. “Obra boa é obra entregue. Com a conclusão do novo trecho, damos mais um passo em direção da reconexão de Porto Alegre com a Orla do Guaíba”, afirmou o secretário municipal de Obras e Infraestrutura, Pablo Mendes Ribeiro.


Conheça os detalhes e atrativos do novo trecho da Orla

Quadras Esportivas – Das 29 quadras, duas são poliesportivas, cinco de futebol de grama sintética, uma de futebol de areia, 12 de vôlei de areia, três de beach tênis e duas de tênis. Há, também, quatro quadras infantis, sendo duas de concreto e duas de grama sintética.

As de grama sintética receberam gramado pela Limonta Sport, material desenvolvido na Itália, com 65 milimetros de altura e densidade extra para assegurar grande intensidade de uso com baixo índice de manutenções. Estádios de times como o Real Madrid possuem gramado do mesmo fornecedor. No total, cada quadra de society recebeu 1.344 metros quadrados de gramado sintético, dos quais 93 metros quadrados para cada quadra infantil. Para a instalação do gramado, foram investidos R$ 524.919,40.

Maior pista de skate da América Latina – A pista já foi certificada pela Confederação Brasileira do Skate, tornando-se assim apta a receber competições oficiais nacionais e internacionais. O investimento foi de mais de R$ 2,4 milhões na construção do complexo de skate. A obra teve consultoria, acompanhamento técnico e execução da Confluência, uma parceria entre a Spot Skateparks e a Rio Ramp Design, duas organizações do ramo, formadas por skatistas do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro.

Conforme o projeto executivo, a área total da pista abrange 6.268 metros quadrados. A construção recebeu 940,20 m³ de concreto e 19,50 toneladas de aço. O Complexo de Skate conta com cinco formatos: três verticais (Bowl, Flow Park e Snake Run) e dois da modalidade street (plaza e flow). No espaço existem ainda elementos que fazem referência a pontos da cidade, conhecidos pela prática de manobras do skate: o corrimão da Câmara Municipal, a ponte ondulada da Praça Itália e os bancos do calçadão de Ipanema, na Zona Sul. Também foram utilizados equipamentos como hidrantes e tampas de bueiro elevadas, além de elementos como uma âncora, atracadouro e correntes de ferro, em alusão à atividade portuária da Capital.

Paisagismo – O paisagismo dá o toque final para este que é um dos maiores espaços públicos da nossa cidade. Para estes serviços, foram investidos mais de R$ 1,5 milhão. Além do gramado, que soma uma extensão de 28 mil metros quadrados, o trecho conta com uma seleção de espécies arbóreas, arbustivas e ornamentais. Para a execução do paisagismo da obra, foram adotados conceitos que consistem na valorização dos atributos do cenário natural, na criação de melhores condições para a contemplação do rio e do pôr-do-sol e na preservação e introdução de vegetação nativa no Parque, o que proporciona melhores condições de adaptação e manutenção das espécies vegetais.

Acessibilidade – Para ser um espaço realmente para todos, o trecho 3 da Orla será 100% acessível. Para a execução dos serviços, foi contratada uma equipe especializada composta por 12 funcionários. Para isso, foram investidos cerca R$ 550 mil, exclusivamente em intervenções em acessibilidade. Os passeios executados na obra foram feitos em blocos, medidos separadamente. Em relação à acessibilidade, além das inúmeras rampas de acesso, dos corrimãos próximos a arquibancadas e das vagas reservadas no estacionamento, foi criada a rota tátil.

A rota é composta por piso podotátil de dois tipos, o direcional e o de alerta, utilizado para sinalizar obstáculos. Para a instalação do piso, foram executados 100 mil furos em toda a extensão do trecho. As adaptações no projeto garantiram que a revitalização esteja de acordo com o Plano Diretor de Acessibilidade (LC678/11), com o Decreto Municipal 17.302/11, além de cumprir as normativas técnicas exigidas pela NBR 9050, que regulamenta a acessibilidade em edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos no Brasil.

Veja o vídeo:

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, ORLA, trecho 3 da orla

Tags:, , , ,

4 respostas

  1. Parabéns Porto Alegre!! Lugar ficou sensacional!! A cidade, aos poucos, vai voltando a ter o charme de outros tempos, para ser voltar a ser orgulho de seus cidadãos e gaúchos como um todo!!

    Curtir

  2. Caraca, 29 quadras…

    Curtir

  3. Espero que cuidem melhor que o Trecho 1, que já está bastante degradado.
    Em breve iremos precisar de uma revitalização da revitalização.

    Curtir

  4. Trecho 3, com Bancos ideais para um lugar público, durável, em outro trecho existem bancos de madeira…
    A cor laranja é a preferida para aeromodelos se destacarem nos céus, aviões de treinamento, mísseis, objetos voadores em geral, é a mais “gritante”. Um amigo havia comentado aqui nos comentários alguns meses atrás sobre a feiura dos ladrilhos laranjas…eu concordei, mas olhando para a imagem acima, pode ser que tenha alguma razão relacionada a segurança, destaca bem…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: