Prefeitura revitaliza chafariz do Largo Glênio Peres

Sem desperdício: água utilizada no chafariz será reaproveitada. Foto: Alex Rocha/PMPA

Junto a um dos cartões postais da Capital, o Mercado Público, um conjunto de 19 pontos de jatos de água vai voltar a embelezar o Largo Glênio Peres. O chafariz instalado em 2012, a partir de uma parceria entre a prefeitura e a Vonpar, está recebendo obras de revitalização pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) e tem previsão de estar novamente em funcionamento até maio desse ano. O investimento orçado é estimado em cerca de R$ 480 mil. 

Os jatos d’água serão abastecidos por um reservatório de 12 mil litros no subsolo do largo e operados por um conjunto de bombas elétricas. A água utilizada na estrutura de 40 metros de extensão é recolhida e conduzida ao reservatório para reaproveitamento. 

O secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cezar Schimer, lembra que o Centro Histórico possui fontes e chafarizes de grande beleza, mas que hoje se encontram desativados e precisam ser recuperados e colocados em condições de operação. “Iniciamos o processo de revitalização da região com a parceria junto à iniciativa privada que nos devolveu a fonte Talavera de la Reina. Passamos, agora, ao chafariz do Largo Glênio Peres, uma obra que se unirá a todas as intervenções que vêm sendo feitas no Mercado Público e no seu entorno. Existem, ainda, outras estruturas que fazem parte do nosso planejamento, como as fontes localizadas na Praça da Alfândega, na Praça Dom Sebastião e na Praça Marquesa de Sevigné”, afirma.

Chafariz em frente ao Mercado, em 2012. Gilberto Simon – Arquivo Porto Imagem

O projeto anterior apresentou falhas para operar. O diagnóstico dos técnicos do Dmae é que isso ocorria por utilizar bombas centrifugas com duto de ventilação, que não funciona adequadamente para essa região central, onde há grande circulação de pessoas, ocasionando o acúmulo de grande quantidade de resíduos. Além disso, a grelha para ventilação foi fechada com tampa de concreto. Agora, a grelha será removida e passará a ser utilizado um sistema de bombas submersas. Com isso, terá que ser modificado o sistema de reservatórios e aprofundar mais a cisterna que recebe água para o bombeamento do chafariz. 

Os serviços de recuperação começaram no dia 14 de fevereiro. “No momento, o Dmae está fazendo a limpeza e a retirada do piso, que será refeito para que tenha o escoamento correto, pois a água saia pelas laterais. Posteriormente, irá reformar todo o painel de automação, localizado no interior do Mercado Público. O chafariz será mais um atrativo que compõe a revitalização do Centro Histórico”, destaca o diretor-geral do Dmae, Alexandre Garcia.

Link: https://prefeitura.poa.br/dmae/noticias/prefeitura-revitaliza-chafariz-do-largo-glenio-peres



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Programa de Reabilitação do Centro Histórico

Tags:,

6 respostas

  1. Tem que fazer um projeto especial de paisagismo ali. Tem que tirar aquele terminal de ônibus dali. Fazer uma nova cobertura para o mercado de frutas. As aguas se forem existir ali tinha que ser um espetáculo, tipo parque das agua de Lima com jogos de luzes no mercado. Isso seria bacana.

    Agora ficar fazendo o mínimo do mínimo virou elogio em Porto Alegre. Marchezan leva esse crédito para a história da cidade, qualquer um depois dele vai parecer um “grande realizador”

    Curtir

  2. A meu ver é válido, sem dúvida. O que aconteceu foi que quem fez essa fonte no mínimo não tinha domínio técnico para tanto. Vejo como amadorismo total, tipo um deixa que eu faço, sem saber de fato. O resultado ainda funcionando era visivelmente medíocre, meio que patético até, e claro não poderia durar muita ante tanta falta de estrutura adequada. Em muitas cidades do mundo todo essas fontes são destaque positivo em espaços assim mais abertos como o desse largo, e representam um atrativo que agrega valor ao espaço público e encanta as pessoas em geral. Na minha opinião deveria ser feito tudo novo e mais grandioso, apenas minha opinião, e para isso trazer gente dos EUA ou da Europa, para criar e executar o projeto por conta de expertise. Mas… queremos acreditar que quem está reparando agora tenha o mínimo de competência para executar esse serviço e por favor consiga entregar uma fonte linear de piso com jatos fortes, constantes e alinhados, com efeitos de luzes de impacto. Queremos acreditar e vá lá, de repente acontece, e claro gostaríamos muito.

    Curtir

  3. esse chafariz é mais um exemplo do péssimo habito que todas gestões da prefeitura tem: Inaugurar, tirar foto, noticiar e deixar apodrecer para depois fazer uma revitalização total, inaugurar, tirar foto, noticiar e deixar apodrecer de novo.

    Nunca vi uma gestão da pref. agir diferente, desde uma praça em um bairro até um monumento importante.
    Remendar calçada de uma praça? NUNCA. Fechar uma praça por um ano pra trocar bancos arrumar calçada e pintar meio fio? SIM isso se faz por aqui.

    Curtir

  4. Sem querer ser negativo.
    Mas as plantas já estão bem feias ali… inclusive uma bem queimada…
    😞

    Curtir

    • Achei desnecessário também, o legal do largo é a imponência do mercado publico sendo visto em destaque. As arvores apesar de bonitas deixou o contexto meio sobrecarregado. Talvez se fossem distribuídas em canteiros vazios em volta ao invés de alinhadas na frente do mercado.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: