Intervenções sustentáveis qualificam a Cidade Baixa

Foto: Gilberto Simon

O prefeito Sebastião Melo percorreu nesta quinta, 3, um trecho das ruas da República e João Alfredo, uma das regiões mais boêmias da Cidade Baixa. Ao lado do secretário do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus), Germano Bremm, do secretário de Mobilidade Urbana (SMMU), Matheus Ayres e outras lideranças e empresários, o prefeito conheceu algumas iniciativas de transformação da região.

“Temos na Cidade Baixa mais um exemplo de que a união de esforços do poder público com o setor privado eleva a alma da cidade. As parcerias têm sido fundamentais nesse processo de qualificação dos espaços públicos, assim como, é necessário o envolvimento  da comunidade para a manutenção das melhorias realizadas” – Prefeito Sebastião Melo.

Uma das intervenções que mais chama a atenção é a colocação de vasos feitos de sacolas plásticas recicladas com árvores, como palmeiras, jabuticaba, plátanos, cerejeira japonesa, canelas, entre outras, de cerca de cinco anos de idade ao longo da rua João Alfredo. Os vasos de 92 cm x 92 cm e cerca de 115 quilos foram produzidos com plástico reciclado. Cerca de 30 mil sacolas foram transformadas nos vasos que, de longe, parecem madeira, totalizando 1,5 milhão de sacolas que ganham nova vida e formato. A doação foi realizada pela Suzuki Recicladora, de Dois Irmãos, indústria que produz sacos plásticos utilizados no varejo com matérias primas produzidas pela Braskem no Polo de Triunfo e que assumiu o compromisso de combater o desperdício e atuar na retirada de resíduos plásticos no ambiente.

“Essa é uma iniciativa louvável, uma inovação que vai ajudar a melhorar o ambiente da cidade, viabilizada por um empresário com foco na sustentabilidade e na reciclagem correta dos materiais”, ressalta o secretário Germano Bremm.

A colocação dos vasos faz parte de um conjunto de ações da construtora Melnick que está em tratativas com a Smamus para o formatação do Termo de Conversão em Área Pública (TCAP) com a utilização do recurso de R$1.973.000,00 em contrapartida pelo empreendimento lançado no bairro.

Na rua da República e na João Alfredo, também já foram revitalizados canteiros, com o plantio de 3 mil mudas de flores e vegetação, foram pintadas fachadas das edificações que estavam pichadas, pintados 700 metros de meio fio, recuperados 15 postes de luminárias já existentes, com o conserto das cúpulas quebradas, recuperadas lixeiras, revitalizadas calçadas, instalados dois parklets para espaço de uso público. Também foram abertas novas operações gastronômicas na República, incluindo a “Alameda GO Cidade Baixa”. Ainda foi feita a recuperação da rotatória da João Alfredo com a República, que recebeu vegetação no centro e ampliação da sinalização de trânsito para quem anda a pé e de bicicleta.

“Essa etapa é a primeira de um projeto de mobilidade com conceito de ‘Ruas Completas’, coordenado pela Secretaria de Mobilidade Urbana, que será implementado ao longo da João Alfredo, a partir do segundo semestre deste ano”, explica o secretário Matheus Ayres.

Acompanharam a caminhada os secretários de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cezar Schirmer, de Parcerias, Ana Pelini, da Cultura, Gunter Axt e secretário extraordinário dos 250 anos, Rogério Beidacki.

Link: https://prefeitura.poa.br/smamus/noticias/intervencoes-sustentaveis-qualificam-cidade-baixa



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Programa de Reabilitação do Centro Histórico

Tags:, ,

8 respostas

  1. O que realmente ficou muito bonito aí foi a rotatória que eles fizeram, com uma pequena elevação e jardim.

    Não sei por que não postaram foto dela em nenhum lugar.

    Curtir

  2. essa técnica de pintar o asfalto remendado e velho de preto é novidade para mim.
    podem verificar isso no cruzamento da republica com joão alfredo

    Curtir

  3. Válido claro. Apenas nos chama a atenção o quanto o paisagismo é limitado a isso de palmeirinhas e coisas sem graça em geral. Enquanto… bem poderiam plantar pequenas árvores floridas, trabalhar umas heras nos caules, na parte baixa colocar umas plantinhas como umas trapoerabas roxas para trazer cor, até umas lavandas, enfim, há tanta coisa bacana, simples e até barata para se criar a fim de gerar uma experiência mara nesses locais, mas infelizmente ainda falta muito em termos de bom padrão de paisagismo,e sem dúvida faz-se necessário evoluir nisso.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: