Prefeitura dá ordem de início às obras do Quadrilátero Central nesta quinta-feira

PMPA/Divulgação

Nesta quinta-feira, 28, o prefeito Sebastião Melo assinará a ordem de início das obras do projeto de revitalização da rua dos Andradas e do Quadrilátero Central. O ato será realizado em uma reunião que contará com a participação de representantes do poder público, sociedade civil organizada, empresariado e comunidade, onde o projeto será apresentado de forma detalhada.

A intenção da prefeitura é reiterar a necessidade de investimentos em qualificação urbana na região e a relevância destas obras para o programa Centro+, que centraliza os esforços de revitalização do Centro Histórico de Porto Alegre. Os trabalhos começarão nesta sexta-feira, 29 , com o início da montagem do canteiro de obras na avenida Borges de Medeiros. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (SMOI), que fiscaliza o contrato, esse processo deve levar em torno de 30 dias. Após, os trabalhos começarão com as intervenções previstas para a rua Otávio Rocha.

SERVIÇO:
Pauta: Apresentação do projeto de revitalização da rua dos Andradas e do Quadrilátero Central e assinatura de início das obras
Data: 28 de abril
Horário: 11h
Local: Salão Nobre do Paço Municipal

Link: https://prefeitura.poa.br/gp/noticias/prefeitura-da-ordem-de-inicio-obras-do-quadrilatero-central-nesta-quinta-feira



Categorias:Programa de Reabilitação do Centro Histórico, Revitalização do centro

Tags:,

19 respostas

  1. Penso que de nada adianta colocar piso que não resistam ao peso dos veículos que por lá irão transitar, tais como Brigada Militar, SAMU, Corpo de Bombeiros, Transporte de Valores, etc. Hoje vemos o patrulhamento sendo realizado por policiais em camionetes da BM e até mesmo veículos da Guarda Municipal em constante deslocamentos quando deverias se deslocar em Monociclos Elétricos nesses pisos a exemplo do que é feito em outras localidades.

    Curtir

    • Porto Alegre virando Frankstein…Porto Alegre sem basalto não é Porto Alegre

      Curtir

      • O que me parece é que a prefeitura atual quer fazer tudo que pode mas não se importando com a preservação de nada… prédios altos, concreto por tudo…qual a dificuldade de pelo menos no centro histórico fazer um piso com pedra? É o coração da cidade…

        Curtir

  2. Alguém sabe qual material será usado para pavimentar a Rua da Praia? Espero que não usem paver, especialmente se for de péssima qualidade, pois logo estará feio novamente. Penso que pelo menos esta rua receba algo mais sofisticado.

    Curtir

  3. Sinceramente, qualquer coisa é melhor do que a tenebrosa situação que está. Posso não simpatizar nem um pouco com o Melo, mas ele tem feito uma gestão mil vezes melhor para o Centro do que o Marchezan.
    Do pouco que vi no projeto, que me parece bem simples, falta somente algo na esquina democrática. Pelo projeto vi uma árvore, mas poderiam colocar alguma escultura legal ou mesmo um Obelisco. Tenho certeza de que um concurso internacional traria muitas ideias e uma atração ao nosso maltratado centro.

    E tem outro ponto, não adianta gastar milhões, fazer parcerias, se não houver manutenção e limpeza. No largo Glênio Peres, por exemplo, especialmente ali ao lado da Lebes, foi feito toda uma obra mantendo a rua sem meio-fio, com escoadouro e tudo mais. Mas em decorrência da falta de manutenção, já tem buraco, poste torto e grades quebradas. Manutenção parece ser tabu ainda para nossos administradores, que preferem deixar cair aos pedaços para fazer uma nova licitação com todas as artimanhas possíveis…

    Curtir

    • Exatamente isso! Não existe manutenção de nada em Porto Alegre. Se faz, deixa apodrecer, 20 anos depois “revitaliza”, e deixa apodrecer de novo. Nada precisaria ser “revitalizado” se fosse conservado em primeiro lugar. O viaduto Otávio Rocha é um exemplo. Foi “revitalizado” há uns 20 anos, lembro de ter sido entregue em perfeito estado. Em 1 ou 2 anos já estava tal como antes, e faz uns 10 que falam em “revitalizar” de novo.

      Curtir

      • Penso que não é só em Porto Alegre que falta manutenção. Isso é um grande defeito das administrações públicas sejam elas municipais, estaduais ou federais. Trata-se a meu pensar de falta de orçamento para os anos seguintes a entrega das obras. Surge a verba para as obras advindas de empréstimos, emendas, etc, mas no orçamento seguinte não são lançados valores para as devidas manutenções dessas obras, gerando com isso o desgaste ao longo dos anos. E se há orçamento, com certeza são contingenciados para outras finalidades que vão surgindo ao longo das administrações.

        Curtir

  4. Que notícia maravilhosa! Nosso Centro Histórico está tristonho, sem atrativos, para um passeio, como em décadas passadas. Acredito que com essa revitalização a cidade ficará mais alegre e convidativa para os moradores e visitantes apreciarem as belezas do nosso Centro. Parabéns ao Prefeito Melo e sua equipe, por tamanha iniciativa. Porto Alegre está em boas mãos!!

    Curtir

  5. Se depender dos prospectos apresentados e se realmente fizerem as melhorias em especial do pavimento com essa estética e qualidade, vai ficar lindo e vai valorizar horrores o centro histórico da capital gaúcha, dando margem para que empresários se animem a melhorar seus comércios e condomínios a se cotizar para reformar fachadas e tal. Estamos contentes com isso e torcendo muito para que não haja entraves para que finalmente seja superada a atmosfera de abandono e decrepitude atual e que se recupere o brilho e se dê um outro status de importância ao centro histórico de Porto Alegre, que bem merece.

    Curtir

  6. Poderiam ter mantido o piso de basalto…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: