Duas empresas apresentam propostas para obra de revitalização do Viaduto Otávio Rocha

Imagem: PMPA

Orçado em R$13,7 milhões, o projeto de revitalização do Viaduto Otávio Rocha tem duas empresas interessadas: Concrejato Serviços Técnicos de Engenharia e Marsou Engenharia. A sessão pública para recebimento dos envelopes com as documentações e as propostas ocorreu nesta quinta-feira, 5, na sala de Licitações e Contratos da Secretaria de Administração e Patrimônio.

A licitação, na modalidade concorrência, do tipo menor preço global, agora segue para as etapas de habilitação, recursos e, posteriormente, a abertura dos envelopes com os valores ofertados pelas empresas. “Trabalharemos com celeridade para conhecermos as propostas antes do final deste mês. É um dos projetos prioritários da gestão por se tratar de uma referência para todos os porto-alegrenses”, afirmou o secretário de Administração e Patrimônio, André Barbosa.

“O Viaduto Otávio Rocha é uma das mais belas e impressionantes obras de arte de Porto Alegre e a sua requalificação está inserida no contexto de valorização do Centro Histórico. É uma obra muito importante dentro deste projeto que trará diversas melhorias para a região”, ressaltou o secretário de Obras e Infraestrutura, André Flores.

Revitalização – Além da recuperação de todos os elementos construtivos e decorativos – com a substituição de todo o cirex, revestimento característico do viaduto – também estão previstas soluções para as instalações elétricas, telefônicas, sistemas de segurança e iluminação publica. Serão efetuadas, ainda, adequações na rede hidrossanitária, no sistema de drenagem e um processo de impermeabilização.

A partir da revitalização, a estrutura contará com um novo Plano de Proteção Contra Incêndios (PPCI) e passará a atender aos critérios de acessibilidade. O projeto prevê também investimentos em sinalização viária, turística e comercial. Outra intervenção importante será a que promoverá a reativação das escadarias internas do viaduto, hoje inacessíveis ao público.

União contra o vandalismo – Uma das principais missões a partir da revitalização do viaduto Otávio Rocha será manter a estrutura livre da ação de vândalos. A estrutura é alvo de depredações e pichações há décadas. Em 2021, um levantamento do Gabinete de Gestão Integrada do Centro Histórico (GGI-Centro) apontou que o viaduto possuía 747 pichações, além de dezenas de obras de arte, postes e outros equipamentos fora de uso, devido aos ataques ao patrimônio público. Dessa forma, a prefeitura projeta uma campanha de conscientização com o intuito de mobilizar a comunidade em prol da conservação do espaço. Também está sendo prospectada a ampliação do sistema de videomonitoramento no entorno.

Link: https://prefeitura.poa.br/smap/noticias/duas-empresas-apresentam-propostas-para-obra-de-revitalizacao-do-viaduto-otavio-rocha



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Restaurações | Reformas

Tags:, ,

1 resposta

  1. O reboco cirex já não havia sido refeito na reforma executada há cerca de 15 anos? Li que será substituído. Esse tipo de revestimento normalmente dura décadas.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: