Porto Alegre participa de projeto para receber seguro contra desastres climáticos

Foto: Giulian Serafim/PMPA

O prefeito Sebastião Melo assinou, nesta quinta-feira, 7, carta de intenção para participar do projeto-piloto chamado ProUrbano. O objetivo é desenvolver um seguro para gestão de risco de desastres.

Trata-se de um instrumento financeiro de infraestrutura urbana apoiado pelo Banco Alemão de Desenvolvimento e implementado pelo ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade). A assinatura ocorreu com a presença do secretário executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo, e do secretário do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus), Germano Bremm.

“Estamos extremamente comprometidos com o desenvolvimento sustentável e questões climáticas. Ter a oportunidade de aderir a um projeto como este nos traz a possibilidade de auxiliar principalmente as populações vulneráveis que são as mais afetadas em desastres naturais”, explicou Melo.

A iniciativa pretende fornecer proteção, por meio de um seguro, para ações de melhoria da infraestrutura crítica e de defesa à população em situação de vulnerabilidade para enfrentar desastres naturais causados por eventos climáticos extremos.

“Com a assinatura, Porto Alegre poderá receber apoio técnico e financeiro contra riscos crescentes de fenômenos cada vez mais frequentes associados à crise climática, que causam impactos como inundações e deslizamentos, por exemplo”, esclareceu Bremm.

O projeto ainda está em fase inicial. Será desenvolvida uma avaliação dos riscos de desastres existentes em cada cidade participante, as capacidades de financiamento e as necessidades de seguro. O passo seguinte será a criação de um seguro personalizado para a população vulnerável com necessidade de assistência de emergência e a reconstrução rápida de serviços de infraestrutura crítica.

Conforme Rodrigo Perpétuo, secretário executivo do ICLEI América do Sul, “o apoio técnico e os subsídios financeiros do ProUrbano só podem ser fornecidos aos governos municipais que estejam capacitados e comprometidos em incluir soluções de seguro contra riscos climáticos em suas próprias estratégias e na estrutura municipal”.

“Porto Alegre se credencia para participar de um projeto que irá colaborar efetivamente para a adaptação climática e incentivar uma política de investimentos em infraestrutura urbana resiliente à crise climática”, defendeu a diretora de políticas e projetos de sustentabilidade da Smamus, Rovana Reale Bortolini.

Também participaram do ato de assinatura o secretário executivo adjunto do ICLEI América do Sul, Rodrigo Corradi, e a coordenadora do Escritório do ICLEI Brasil no Sul, Cibele Carneiro.

Link: https://prefeitura.poa.br/gp/noticias/porto-alegre-participa-de-projeto-para-receber-seguro-contra-desastres-climaticos



Categorias:Clima

Tags:,

2 respostas

  1. Melhor um seguro contra desastres climáticos privado do que esperar um maluco criar uma estatal de “seguros climáticos”.

    Curtir

  2. Sustentabilidade é a palavra de ordem para uma cidade que quer avançar com responsabilidade

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: