Novos abrigos de ônibus começam a ser instalados em outubro

Técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana e da EPTC avaliaram ajustes no equipamento durante período de testes. Aline Rimolo / SMMU / PMPA

Encerrou-se nesta semana o período de teste do novo abrigo de ônibus, instalado pela concessionária Eletromidia, na avenida Ipiranga em frente à sede da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Durante 15 dias, técnicos da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e da EPTC conversaram com os usuários do transporte coletivo e fizeram análises no local com o objetivo de promover ajustes para melhor atendimento à população. A partir de outubro, a concessionária começa a instalação dos equipamentos definitivos em dez pontos da Capital. (fotos)

“Os novos abrigos de ônibus irão nos ajudar a qualificar 1.507 pontos entregando mais conforto, tecnologia e segurança aos usuários do transporte coletivo, mediante parceria com o setor privado”, destaca o secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior.

Os novos abrigos deverão ter alteração na comunicação visual (as informações sobre as linhas ficarão no lado direito, não mais no esquerdo), haverá uma mudança no painel de próxima chegada e nos assentos com a demarcação para idosos, gestantes e obesos. “Durante o período de teste ouvimos os usuários e fizemos vistorias técnicas para verificar questões estruturais e a funcionalidade. Identificamos os pontos que precisam ser ajustados e já repassamos à equipe da Eletromidia para providenciar as melhorias” afirma a fiscal do contrato, arquiteta Simone Caberlon.

Aline Rimolo / SMMU / PMPA

“As informações que vêm dos próprios usuários são muito importantes para que os abrigos cumpram seu papel fundamental de atender as necessidades do público e da cidade. Agora, a partir dessa avaliação preliminar, vamos iniciar definitivamente a operação e transformar o mobiliário urbano da cidade”, comenta José Carlos Angelucci, diretor de Relações Governamentais da Eletromidia.

Modelos – Serão instalados dois modelos ao longo dos próximos cinco anos, sendo 57% com medida de 4m x 2m, quatro assentos e três tomadas USB, e 43% de 3m x 2m e três assentos. Todos terão piso podotátil e espaço para cadeirantes, iluminação artificial por LED, proteções superior e lateral contra ventos e chuvas, informações sobre as linhas, além de três faces publicitárias. Além disso, haverá 100 pontos com câmera e 180 com painel de próxima chegada. A concessão é por 20 anos e o investimento de instalação e manutenção é 100% privado.

Link: https://prefeitura.poa.br/smmu/noticias/novos-abrigos-de-onibus-comecam-ser-instalados-em-outubro



Categorias:novas paradas de ônibus

Tags:, , , ,

8 respostas

  1. Super contente com essa evolução! O que importa é ter finalmente um modelo de equipamento público qualificado, e que bom que tenha funcionalidades! Gente, ok que Poa é violenta e tem assaltos e tal, mas também tenha-se consciência de que não é a única e nem a pior cidade. Não que achemos normal não, mas tem lugares N vezes piores. Conheço pessoas de diferentes regiões e capitais brasileiras e o que nos relatam sobre o que rola em algumas delas é surreal. Há lugares em que literalmente a pessoa só pode usar celular se for se abrigar dentro de algum estabelecimento e mesmo assim com muita atenção, essa é a única forma de fazer uma ligação fora de cassa nessas cidades e isso já me foi relatado por diferentes pessoas mais de uma vez. Porto Alegre tem seus problemas sim, mas noto que há uma visão disseminada entre muitas pessoas que é tipo uma síndrome do exagero que potencializa só e só o que está errado. Bem complicado ter foco só no ruim e descrer na mudança, porque a vida fica muito pesada assim. Por mais positividade urgente e que venham essas novas paradas lindamente e benzadeus façam a renovação das dos corredores por estruturas esteticamente e funcionalmente mais decentes, além de por favor tirarem aquele tal Terminal Parobé que polui de várias formas o entorno do Mercado Público.

    Curtir

  2. carregar o celular na parada de onibus ao invés de carregar em algum estabelecimento?? por 10 15 minutos enquanto espera o onibus?
    além de nao ser nada prático ainda exige coragem do usuário.

    .. É uma ideia que serve apenas para marketing espero que saibam disso.

    Curtir

  3. Minha maior duvida é se essas paradas serão colocadas onde só ha placas de ponto de onibus, onde só ha um telhadinho ou se irão, como sempre fazem, apenas substituir as melhores paradas de onibus (em melhor estado e de melhor estrutura) por essas novas.
    Por exemplo a poucos anos atrás veio uma verba federal e se decidiu trocar todas paradas da av ipiranga por aquelas semelhantes as dos corredores de onibus o modelo “parada segura”, sera que agora irão para o lixo todas paradas seguras e colocarão essas novas paradas em seu lugar, e ainda continuaremos com as paradas de onibus afastadas do centro sem piso, com telhado de fibra ou zinco furado ou até mesmo só uma placa indicativa de ponto de onibus em um poste?

    Curtir

  4. Trocar as paradas ao lado do Mercado e rever aquele terminal Parobé nem sinal…

    Curtir

  5. No geral bonito, o que vocês acharam da parte amarelada?

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: