Palácio Piratini entra para o catálogo de Instituições Culturais do Google Arts & Culture

A iniciativa dá maior visibilidade ao acervo e à história da sede do Executivo gaúcho

O Piratini possui um patrimônio cultural imenso e resguarda a memória política do Estado – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini / Arquivo

Palácio Piratini passou a fazer parte, agora em novembro, da plataforma Google Arts & Culture do Google. O site permite visitas virtuais gratuitas pelos acervos culturais, documentos históricos e obras de arte de museus e instituições culturais de várias partes do mundo.

“A vocação do Piratini é abrigar a sede do governo gaúcho, o Palácio não é um museu e nem um centro cultural, porém tem em sua gênese uma demanda que exige cuidado e incentivo à produção cultural acerca da salvaguarda de um patrimônio que é de todos os gaúchos. Estar no Google Arts & Culture é muito importante para esta casa, que agora se avizinha a importantes acervos do mundo inteiro e, através de seu repertório, contribui na criação de conhecimento e cultura do estado e do país”, afirma Mateus Gomes, diretor de conservação e memória do Palácio Piratini, sobre a importância da entrada da sede do Executivo gaúcho no Google Arts & Culture.

Em razão da comemoração dos 100 anos da sede do executivo gaúcho, novas formas de preservação da memória e da história do Rio Grande foram pensadas. Vários projetos, como peças em texto, áudio e vídeo, além de exposições e eventos que envolveram a parceria com outras instituições, foram desenvolvidos no período.

Celebrado em 17 de maio de 2021, o Centenário do Piratini motivou o planejamento e ações de preservação e restauração da edificação e seu acervo. Também foi criado o Núcleo de Conservação e Memória, composto por profissionais da comunicação, da engenharia, da arquitetura, da conservação e restauro, da história, entre outros. 

Centenário motivou o planejamento e ações de preservação e restauração da edificação – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini / Arquivo

Para além de uma estrutura física e de um acervo tombados como patrimônios históricos, o Piratini possui um patrimônio cultural imenso e resguarda a memória política do Estado. Visando a preservação do legado histórico gaúcho, o Núcleo de Conservação e Memória lançou um site para armazenar suas produções e projetou a presença do Piratini nas redes sociais. Mais de um ano após o Centenário, o Piratini entra para o catálogo do Google Arts & Culture, com a intenção de dar mais visibilidade à instituição e expandir o projeto de preservação inaugurado no seu aniversário de 100 anos.

Sobre o Google Arts & Culture

A plataforma Google Arts & Culture dá acesso a exposições de mais de 2 mil museus, é gratuita e está disponível on-line para iOS e Android. É uma forma imersiva de explorar a arte, a história e as maravilhas do mundo, como as pinturas da casa de Van Gogh, o movimento pelos direitos da mulher e o Taj Mahal, entre outros temas. A plataforma tem sido parceira de inovação para instituições culturais desde 2011.

Saiba mais

Sede do executivo passa a integrar site que permite visitas virtuais gratuitas por acervos culturais de várias partes do mundo – Foto: Reprodução

• Link da página do Palácio Piratini no Google Arts & Culture: https://artsandculture.google.com/partner/palacio-piratini
• Link do site do Palácio Piratini: https://www.palaciopiratini.rs.gov.br/inicial
• Instagram do Palácio Piratini: https://instagram.com/palaciopiratini?igshid=YmMyMTA2M2Y=

Fonte: https://www.estado.rs.gov.br/palacio-piratini-entra-para-o-catalogo-de-instituicoes-culturais-do-google-arts-culture



Categorias:Patrimônio Histórico

Tags:,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: