Pular para o conteúdo

Diretrizes para a Orla Central – Projeto Orla

Qualificação Urbana da Orla

  • A SPM produziu três estudos para a Orla. O primeiro estudo, denominado Diretrizes para a Orla do Guaíba,  foi elaborado em 2003 e dividiu os 70 quilômetros de orla (desde a ponta do Gasômetro, ao norte do lago, até a Praia do Lami, no extremo sul), em 19 setores, cada um deles com suas peculiaridades.
  •  O segundo estudo foi denominado Relatório Orla: Condições Atuais, Possibilidades e Instrumentos para a Qualificação e o Resgate da Orla de Porto Alegre e complementa trabalho anterior. O foco, neste estudo, eram os setores 5, 6, 7 e 8, desde a Usina do Gasômetro até o limite com o Clube Iate Clube Guaíba (Ponta do Dionísio), para os quais é proposto um plano estratégico de qualificação urbana. Propõe um plano estratégico de qualificação urbana. Também são conceituadas intervenções urbanísticas que poderão contribuir para que a população se aproprie e usufrua plenamente destes espaços da cidade. A elaboração do estudo é uma exigência do próprio Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental (PDDUA) que, em seu Art. 83, considera fundamental para a cidade a revitalização da orla e sua integração com o lago Guaíba. A orla deve ser planejada como um todo e não de forma segmentada.

Este trabalho pode ser consultado logo abaixo (Íntegra do Relatório Orla).

 

  • Em 2010, a SPM concluiu um terceiro estudo chamado Diretrizes de Desenho Urbano para a Orla Central, que contém propostas arquitetônicas com alternativas de lazer e esportes na orla do Guaíba. As diretrizes de desenho urbano prevêem a instalação de equipamentos públicos e privados, no trecho que vai da Usina do Gasômetro até a área do Sport Club Internacional.
Para conhecer as Diretrizes de Desenho Urbano para a Orla do Guaíba, veja as imagens a seguir: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Caso prefira, faça o download do PPS original, contendo os 9 slides animados acima, clicando aqui.

Trabalho realizado pela Equipe de Projetistas do Grupo de Trabalho da Orla:

 Arq. Msc. Ana Maria G.Germani – SMAM;

 Arq. Ernani Feil Borges – SECOPA;

 Bel. Turismo Joana Braga – SMTUR;

 Arq. Lucia de Borba Maciel – EPTC;

 Eng. Marcos Vinicio Mucillo Padilha – DEP;

 Arq. Urb. Marcelo Allet – SPM.

_______________________________________________________

Íntegra do Relatório Orla (desenvolvido a partir de 2003):

Condições Atuais, Possibilidades e Instrumentos para a Qualificação e o Resgate da Orla de Porto Alegre
 

Relatório Orla
Equipe e Grupo de Trabalho
Sumário
Apresentação e introdução

Parte 1 – O Aterro do Flamengo e o Aterro da Praia de Belas
Parque do Flamengo como Referência Espacial Morfológica
O Aterro da Praia de Belas: morfologia, fragmentação, centralidades e unificação

Parte 2 – Da Usina do Gasômetro à Ponta do Dionísio – Caracterização, possibilidades e instrumentos para a unificação das áreas de orla
Caracterização e possibilidades de instrumentos

Parte 3 – Caracterização e resgate da orla de Porto ALegre – Agenda sugestiva para a implementação de ações estratégicas
Considerações preliminares e objetivos
Setor 5 - Cais da Usina
Setor 6 - Arena Desportiva e Pier de Porto Alegre
Setor 7 - Aeródromo Aquático e Bulevar Estaleiro Só
Setor 8 – Complexo Municipal de Lazer e Desporto Aquático
Plano Básico de Intervenções e Infra-estrutura básica
Tratamento Paisagístico dos Setores - Zoneamento preliminar/setores 5, 6, 7 e 8
Plano Básico de Intervenções: instalações e equipamentos de animação pública pública - Setores 5, 6, 7 e 8
Integração e conexões – cidade/parque/água
Providências administrativas e operacionais
Referências bibliográficas

Síntese / Apresentação em power point
Introdução (9,55 MB) - Breve histórico das razões do distanciamento entre a cidade e o Lago Guaíba, além de estudos e projetos pontuais desenvolvidos para a área. 
Parte 1 (27,5 MB) -  Análise comparativa entre o Parque do Flamengo e o aterro da Praia de Belas, bem como possibilidades e instrumentos para unificação das áreas da orla.
Parte 2 (15,3 MB) – Caracterização do trecho entre a Usina do Gasômetro e a Ponta do Dionísio, além de possibilidades e instrumentos para a unificação das áreas da orla. 
Parte 3 (20,1 MB)

- Agenda sugestiva para a implementação de ações estratégicas. 
Mais informações, cópia do documento original e manifestações de interesse para uma eventual articulação  de parcerias devem ser dirigidas à Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), Coordenação de Planejamento e Projetos para a Orla, com o arq. Marcelo Allet, na Avenida Borges de Medeiros, 2244, 6º andar, fone 3289-8686 ou por e-mail allet@spm.prefpoa.com.br
 
2 Comentários leave one →
  1. Ronaldo Costa Link Permanente
    28/02/2012 16:55

    Não vi nas referências nada a respeito do Projeto Orla do Ministério do Meio Ambiente, além de elementos de cunho ecológico para um projeto de revitalização de uma orla fluvial. Por quê? Ronaldo Costa SRHU/MMA

  2. 21/02/2013 1:03

    Gostaria de ver uma ligacao viaria expressa entre a beira-rio e a maua/freeway pelo lado norte e uma ponte para guaiba pelo acesso sul

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.167 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: