Nelson Marchezan Júnior é o novo prefeito de Porto Alegre

Solenidade foi realizada no Largo Glênio Peres, Centro Histórico da Capital   Foto: Luciano Lanes /PMPA

Solenidade foi realizada no Largo Glênio Peres, Centro Histórico da Capital   Foto: Luciano Lanes /PMPA

Nelson Marchezan Júnior foi empossado, neste domingo, 1º, como o novo prefeito para o mandato 2017/2020. Cerca de 600 pessoas prestigiaram a cerimônia de transmissão de cargo ao prefeito eleito e de assunção do vice-prefeito, Gustavo Paim, que ocorreu no Largo Glênio Peres, no Centro Histórico. Na ocasião, também foi empossado o novo secretariado municipal. (fotos)

O prefeito José Fortunati e o vice-prefeito Sebastião Melo assinaram o termo oficial de transmissão de posse. O prefeito eleito iniciou sua fala mencionando as motivações para realizar a cerimônia no Largo Glênio Peres. “Nós decidimos fazer na rua para que todos pudessem participar. E para que a gente nunca perca a noção da vida real, e que nunca estar dentro de um gabinete faça perder a ligação com as ruas. Espero que possamos, nos próximos quatro anos, estar ligados com as pessoas e que a burocracia de gabinetes não se torne objetivo da nossa atividade”, declarou. Emocionado, agradeceu a presença das autoridades, amigos e familiares, na pessoa da mãe e do filho Neto.

O prefeito eleito salientou os desafios de administrar a cidade diante da crise econômica que o país atravessa. Fez um duro discurso em relação à forma de fazer política e sobre a necessidade de mudar o que não deu certo. “Não chegamos até aqui para fazer mais do mesmo que não funcionou, e também não chegamos até aqui para fazer menos do que aquilo que é esperado que seja feito”, disse, reiterando o contrato firmado com o vice Paim, de compromissos assinados durante a campanha eleitoral.

“Enfrentaremos uma conjugação sem precedentes na crise das finanças públicas, na crise da administração pública, na economia, na política e nos modelos e nos valores. Tudo isso fruto da ganância, da irresponsabilidade e do egoísmo de alguns, mas também e principalmente como consequência do nosso fracasso coletivo de fazer as difíceis e custosas escolhas que preparariam o nosso país, o nosso estado, e todas as nossas cidades para os novos tempos que inevitavelmente chegariam, e eles chegaram.” Também reforçou o propósito de trabalhar para o coletivo e o interesse público, com novas visões e por novos caminhos. “O nosso propósito é muito simples, fazer a prefeitura funcionar para as pessoas, principalmente para os mais desassistidos.”

Marchezan fez uma critica às falhas na política citando a partidária, sindical, empresarial, a política que é feita diariamente com servidores públicos. “Não estamos aqui negando a política, pelo contrário, trata-se de elevá-la ao patamar que ela merece, porque não há salvação sem a política. A que gira em torno do progresso e do bem comum, a que busca a ação transformadora, a que se pauta pelo resultado e não pelo processo, a que é feita antes de mais nada pelo interesse público”, enfatizou.

O prefeito eleito reforçou a necessidade dos homens públicos recuperar o território de agentes que podem realizar a verdadeira mudança que transforma a vida das pessoas. “Precisamos mudar a atitude, mudar a forma de fazer a cidade e iniciar o novo tempo onde as pessoas recuperem a confiança no poder público e em nós”, disse, garantindo que a nova forma de fazer política é pautada por audácia, coragem, ousadia, inconformismo e vontade de fazer mais e melhor. “Os tempos mudam e nós precisamos mudar e avançar.”

Marchezan agradeceu, ainda, a confiança dos portoalegrenses e ao trabalho desempenhado pelo seu antecessor, José Fortunati, ao vice Sebastião Melo, pelos esforços dedicados à cidade. Também fez um pedido de ajuda para enfrentar os desafios com a parceria dos vereadores, dos servidores municipais e da população.

No início da tarde, Marchezan e Paim foram empossados na Câmara Municipal. Durante a solenidade também foi realizada a posse dos vereadores eleitos para a legislatura 2017/2020. O prefeito eleito lembrou que neste domingo encerra uma década como parlamentar para ingressar em outro desafio. “Meu desejo de um ano e de uma legislatura profícua, cheia de sucessos e que as realizações sejam bem maiores que as frustrações que todos nós que estamos na vida pública temos”, discursou.

Próximas medidas – Marchezan anunciou que nos próximos dias deve anunciar o restante do secretariado. Informou, também, que a partir desta segunda-feira, 2, serão realizadas análises e adotadas novas medidas, a serem anunciadas quando estiverem consolidadas. Lembrou, ainda, que a reforma administrativa será votada também nesta segunda, na Câmara de Vereadores. “Contamos com a colaboração dos vereadores para que nos próximos 120 dias a gente apresente as principais modificações para reorganizar as estruturas de governo.”

Prefeitura de Porto Alegre

%d blogueiros gostam disto: