CMPC

A celulose não vai poluir

A ampliação da fábrica de celulose de Guaíba em mais de três vezes não irá representar impacto ambiental à população de Guaíba e Porto Alegre, afirmou categoricamente o presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes, durante almoço nesta sexta (07)… Leia mais ›

Avalie isto:

Aracruz Guaíba para chilenos

Aracruz confirmou nesta quinta (08) a assinatura de contrato de venda da unidade de Guaíba para a chilena CMPC por US$ 1,43 bilhão. O valor, de acordo com Marcos Grodetzky, diretor de relações com investidores da companhia, será utilizado na… Leia mais ›

Avalie isto: