Turismo

Pôr-do-Sol. Foto: Anderson Vaz

Pôr-do-Sol. Foto: Anderson Vaz

Cosmopolita, formada por mais de 25 etnias, Porto Alegre é a sexta porta de entrada de visitantes estrangeiros no país. Contando com grande estação rodoviária e um dos mais modernos aeroportos internacionais do Brasil, a cidade recebe centenas de milhares de turistas que hospedam-se em sua variada e internacional rede hoteleira.

Considerada a cidade mais arborizada do Brasil – cada habitante tem direito, aproximadamente, a 17m² de área verde, além de mais de um milhão e quatrocentas mil árvores plantadas nas calçadas, Porto Alegre possui mais de 700 praças, 10 grandes parques, três reservas biológicas e diversos morros preservados.

O TURISMO NATURAL

Vista do Morro Santa Teresa. Foto: Gilberto Simon

Vista do Morro Santa Teresa. Foto: Gilberto Simon

Os parques e jardins da cidade guardam árvores centenárias, espécies vegetais exóticas e nativas do Rio Grande do Sul e do Brasil. São espaços de sociabilidade e encontros, com equipamentos de lazer e recreação variados que convidam seu uso. São exemplos de parques: Farroupilha (ou Redenção), o primeiro parque da cidade, inaugurado em 1935, Parcão (ou Moinhos de Vento), Marinha do Brasil, Jardim Botânico, Saint Hilaire – o maior parque da cidade, Chico Mendes, Germânia, próximo ao Shopping Iguatemi, etc.

Um anel de morros graníticos com 730 milhões de anos emoldura Porto Alegre, ocupando 65% da área da cidade. Os morros fazem parte do Escudo Sul-Riograndense – uma plataforma triangular com 48 mil km², originada de rochas que se fundiram sob pressão e calor intensos no interior da terra e depois emergiram, elevando-se à altura de montanhas. Hoje, desbastadas e fendidas pela erosão de milhões de anos, formam pequenos morros de cume arredondados que dominam a paisagem e de onde você pode vislumbrar algumas das vistas mais impressionantes da cidade. O Morro Santa Tereza, com 148 metros é o mais visitado. Dele é possível avistar-se boa parte da cidade, em especial o centro, mas também a zona sul. A cidade impressiona. Uma verdadeira floresta de concreto. Pouco mais ao norte, está o Morro do Turista, com 290 metros. Vista espetacular de grande parte da região metropolitana, magnífico para fotos. O Morro do Osso, na zona sul, com resquícios de antigo cemitério indígena, parque natural preservado, é ótimo para caminhadas, com ótima vista da cidade.

Porto Alegre pode ser apreciada também do Lago Guaíba, através de agradáveis passeios nos barcos Cisne Branco, Noiva do Caí, entre outros. Saindo de diferentes lugares e com diferentes trajetos, oferecem uma vista pouco usual do “skyline” da cidade.

Lago Guaíba. Foto: Gerson Ibias

Lago Guaíba. Foto: Gerson Ibias

Em diversos horários, você poderá fotografar o pôr-do-sol, que cobre a cidade com brilhantes matizes que vão do amarelo ao vermelho, contrastando com o azul e o branco das nuvens, sentir a brisa no lago, passar próximo a travessia Getúlio Vargas, o segundo maior complexo de pontes do país (após a ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro) e navegar por entre canais que lembram o pantanal mato-grossense.

O Guaíba é formado pelas águas de quatro rios:

o Gravataí, o Caí, o Sinos e o Jacuí, este último contribuindo com mais de 84% de seu volume. Na confluência destes rios formou-se, há milhares de anos, um delta, que hoje está preservado através do Parque Estadual Delta do Jacuí. São 28 ilhas, onde vivem mais de 300 espécies vegetais além de mais de 100 espécies de aves. Há diversos recantos agrestes ainda intocados na área do Parque.

O TURISMO DE NEGÓCIOS

Porto Alegre, um dos principais centros de negócios do Mercosul, tem atraído cada vez mais eventos e congressos, trazendo à cidade milhares de turistas. Com dezenas de centros de convenções, destacam-se o da Federação das Indústrias do Estado (FIERGS), na zona norte, com luxuoso teatro e modernas instalações para convenções e exposições, o concorrido Centro de Eventos da PUC e o Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael. Realizado em 2001, 2002, 2003, 2005 e 2012, o Fórum Social Mundial trouxe a Porto Alegre, na edição de 2005, que foi a maior, cerca de 155 mil pessoas oriundas de 135 países de todos os continentes, em especial, líderes políticos, entidades sindicais e religiosas, associações e movimentos sociais que reuniram-se para a troca de experiências e formulação de alternativas centradas no desenvolvimento humano e na democracia participativa. Fazendo parte das atividades do Fórum, houve diversos shows musicais de grupos de vários países, em um espaço para mais de 50 mil espectadores, o Anfiteatro Pôr-do-Sol, na orla do Lago Guaíba.

Com uma rede de restaurantes e casas noturnas de primeira grandeza, Porto Alegre se destaca no país como uma das metrópoles mais bem servidas de atrações gastronômicas. Agitada em suas noites, a cidade tem opções para todos os gostos e estilos. Modernas night clubs, music halls e cervejarias como a Dado Bier, Santa Monica, Opinião, Pepsi On Stage, Sargent Peppers, Ossip, Ocidente, Laika, são apenas alguns exemplos de lugares para se divertir.

Com charmosos e igualmente luxuosos restaurantes a cidade também contempla os mais exigentes gourmets. Franceses, italianos, tailandeses, chineses, japoneses, portugueses, espanhóis, mexicanos, brasileiros, alemães, árabes, indianos, poloneses, naturais … há para todos os gostos.

O TURISMO CULTURAL

Fundação Iberê Camargo. Foto: Gilberto Simon

Fundação Iberê Camargo. Foto: Gilberto Simon

Porto Alegre dispõe de inúmeros Museus e Centros Culturais de fazer inveja a muitas cidades pelo mundo afora. Centro Cultural Usina do Gasômetro, Casa de Cultura Mário Quintana, Santander Cultural, Memorial do Rio Grande do Sul são alguns dos modernos centros onde coexistem várias formas de arte: cinema, teatro, artes plásticas, dança, etc. O maior museu do Estado, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS orgulha a população da cidade. Possui grande acervo de artistas locais e nacionais e organiza exposições periódicas com grandes nomes das artes.

Considerado um dos maiores complexos culturais da América Latina, homenagem a um dos maiores poetas do país, a Casa de Cultura Mário Quintana dispõe de mais de 30 espaços diferentes, incluindo 2 teatros, 3 cinemas, auditório, 3 bibliotecas, ludoteca, discoteca, salas para cursos, cafeterias, memorial, entre outros.

O Museu da Fundação Iberê Camargo desponta como grande atração cultural da cidade, atraindo olhares do munto inteiro, O Museu contém mais de 4 mil obras de um dos maiores artistas do país, em moderno prédio projetado pelo renomado arquiteto português Álvaro Siza.

Grandes feiras dos mais variados temas acontecem na cidade. Uma das que mais se destacam é a Feira Latino-americana de Artesanato congregando diversos países e estados brasileiros em exposição anual.

Igualmente importante e de grande porte, é organizada aqui anualmente, a Feira Mundial de Artesanato, geralmente nos armazéns do Cais do Porto, atraindo milhares de pessoas. As antiguidades também tem seu espaço em Porto Alegre, através de diversas mostras: aos domingos, no Brique da Redenção e uma vez ao mês no Mercado Público Central. A Feira do Livro, a maior do Continente Americano e a segunda do mundo ao ar livre, reúne anualmente mais de 200 expositores na Praça da Alfândega, exibindo a produção local, a nacional e a internacional através de livros raros, de lançamentos e atividades paralelas. Há, também, compondo a multiculturalidade da cidade, as feiras ecológicas, as feiras de caráter popular, as feiras de objetos usados, a feira do disco de vinil, a feira do gibi, as duas últimas no Mercado Público Central.

Estão em construção, atualmente, em Porto Alegre, novos centros de cultura, como o Multipalco, anexo ao Teatro São Pedro, que será um dos maiores complexos culturais do Brasil. Ainda estão em construção ou por iniciar, o novo Teatro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, o Centro Cultural da Caixa Econômica Federal.

Todos esses empreendimentos em andamento, somados aos já existentes, consolidam Porto Alegre como o terceiro pólo cultural do país.

Com 78 salas de cinema (julho/2012), Porto Alegre é uma das cidades relativamente mais bem servidas de cinemas no Brasil – terceiro lugar, após Vitória e Florianópolis (considerando número de salas por habitante).

A cidade de Porto Alegre é um grande museu arquitetônico a céu aberto; os diferentes estilos arquitetônicos, concentrados principalmente no centro da cidade, registram, através de seus prédios, as influências que fizeram épocas na capital. Assim, caminhando pelas estreitas ruas do centro histórico podem ser vistos prédios construídos no século XIX, como a Cúria Metropolitana – dividindo espaço com a arquitetura moderna do Palácio Farroupilha – local onde funciona a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Porto Alegre oferece aos seus cidadãos e visitantes um imenso acervo bibliográfico distribuído em dezenas de bibliotecas. Estas podem ser modernas, climatizadas e informatizadas – como a da PUCRS, por exemplo – ou instaladas em prédios históricos – como a Biblioteca Pública do Estado onde a leitura de suas obras raras se faz em um ambiente arquitetônico de estilo neoclássico.

A época de ouro da escultura e estatuária cemiterial da cidade ocorreu entre a Proclamação da República e os primeiros anos de 1940. Os antigos Cemitérios da capital (Santa Casa de Misericórdia, São Miguel e Almas e São José I e II) possuem um impressionante acervo de estatuário e ornamentos fúnebres, onde podem ser vistos túmulos de personagens notáveis da cidade a exemplo do túmulo do ex-governador e líder político Júlio de Castilhos. A estatuária fúnebre mostra em seus símbolos diferentes posturas perante a morte e, num sentido de reflexão social, a estrutura sócio-política da Porto Alegre do século XIX.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: