SIM ao Pontal

Esclareça suas principais dúvidas por meio do FAQ SIM ao Pontal

O que exatamente será votado no dia 23 de agosto?

O empreendimento Pontal do Estaleiro prevê a construção de prédios comerciais na área do Pontal. A construção dos prédios comerciais já está aprovada e os prédios serão levantados naquela área. Não será construído um Parque. A consulta do dia 23 vai perguntar para a população de Porto Alegre se será permitida a construção de prédios residenciais junto aos prédios comerciais já aprovados.

Se o projeto de construção de prédios residenciais não for aprovado, a área será preservada e mais nada será construído ali, certo?

Errado. O projeto de construção de prédios comerciais já está aprovado desde 2002 e as edificações serão levantadas independentes do resultado da votação do dia 23.

Se o projeto de construção de prédios residenciais no Estaleiro Pontal for aprovado o impacto ambiental na área será negativo?

Por ser localizado próximo da orla é comum imaginar que a poluição do Guaíba será grande. É importante lembrar que bairros como Sarandi, poluem o Guaíba mesmo estando afastados da orla. O impacto com o Meio Ambiente é uma das principais preocupações do projeto. O empreendimento será o único condomínio de Porto Alegre a possuir sistema próprio de tratamento de efluentes cloacais. O empreendimento ainda prevê a circulação de ar, de pedestres e áreas verdes. O impacto ambiental será próximo de zero.

Com a construção dos prédios residenciais a avenida Diário de Notícias comportará o aumento do fluxo de circulação naquela área?

O aumento do fluxo de veículos em uma área é atraído principalmente por empreendimentos comerciais, como o Barra Shopping que se localiza em frente da área. Áreas residenciais não influenciam de forma expressiva no trânsito de veículos. Como os prédios comerciais serão construídos na área do Estaleiro, o projeto já resolveu o problema do fluxo de trânsito com a construção de uma via interna com vista para o Guaíba com quatro pistas de cada lado. Ou seja, o fluxo de trânsito por conta dos edifícios residenciais será irrelevante.

Com a área residencial implantada ali, serei impedido de trafegar nas vias públicas próximas ao empreendimento?

De forma alguma. Por lei, a orla é um bem público, de titularidade difusa, o que significa que pertence a todos. Ela não pode ser privatizada. Entretanto, atualmente é impossível à população a possibilidade de usufruir do terreno devido à falta de infraestrutura. O empreendimento prevê a doação de uma área de mais de 33 mil metros quadrados para a população de Porto Alegre e também a urbanização de áreas subjacentes ao empreendimento, que hoje é mato, totalmente sem acesso de público e ponto de abrigo para moradores de ruas, usuários de drogas e bandidos. É impossível chegar-se a orla hoje, em qualquer ponto do Bairro Cristal. O Pontal do Estaleiro terá esta parte da orla, junto ao Guaíba, equivalente a 54% da área total do empreendimento. A orla não será privatizada. Será livre, tal qual uma praça qualquer da cidade.

Este projeto é legal?

Sim, a Lei n.º 470, de 2 de janeiro de 2002 prevê a construção de prédios comerciais e serviços. O que está em votação é somente a inclusão de prédios residenciais. Portanto, caso vença o SIM, serão construídos prédios residenciais e serão totalmente legais. O projeto manterá a região viva.

O visual do pôr-do-sol e do Guaíba serão prejudicados?

Não serão prejudicados. Serão melhorados.  Hoje não se tem acesso a esta área. Há somente ruínas de prédios do ex-Estaleiro sem acesso. Com a conclusão do empreendimento, haverá acesso em 54% da área (mais da metade). Hoje, a área é 100% privada e o empreendedor doará 54% à população.

Para onde será direcionado o esgoto cloacal de todos esses prédios?

O estudo do Pontal do Estaleiro prevê a instalação de um complexo de tratamento de esgotos proveniente dos prédios. Será o único condomínio da cidade que terá sistema próprio de tratamento de efluentes cloacais. Será construído pelo empreendedor segundo normas internacionais. As normas estão de acordo com a Prefeitura e o sistema será operado pela prefeitura.

Onde posso votar pelo SIM ao Pontal?

Veja lista completa dos 89 locais de votação em: https://portoimagem.wordpress.com/onde-votar-pelo-sim-ao-pontal/

Como posso ajudar?

Além de votar no SIM no dia 23/08, você pode ajudar divulgando a consulta popular aos seus amigos e familares. Conheça nossa campanha de Avatares: https://portoimagem.wordpress.com/2009/08/17/campanha-pelo-sim/

Clique aqui e saiba mais sobre o Pontal do Estaleiro.

Anúncios

82 respostas

  1. Sou a favor urbanizar todo este lado da orla do guaiba co m grandes predios lojas shoping cassinos praças tudo do mais moderno preservando o outro lado do guaiba para escoar as aguas e evitar enchentes os contras ao projeto são pessoas que não vem o futuro que virá queirão ou não.

    Curtir

  2. Realmente e lamentável que pessoas sem qualquer conhecimento decidam por uma maioria omissa, continuando assim Porto Alegre sera o que e hoje, a Capital mais feia e atrasada do sul do Brasil, com uma geografia privilegiada e um povo tao medíocre e contrata tudo. Enquanto o mundo vai para frente Porto Alegre e um caranguejo, so vai para trás. Devemos ter leis que sejam a favor da cidade. O velho estaleiro so, e hoje um deposito de lixo de ratos de restos de macumba, que votou contra o projeto Portal do Estaleiro deve estar muito satisfeito, segundo sua ótica e lógica medíocre. Parabéns ao blog por levantar questões tao relevantes e importantes com a tentativa de conscientização da população, para que Urbanisticamente andarmos para frente, e melhorar e embelezar nossa cidade, ao invés de festejar “(NOIS NAO DEICHA ELES FAZER NADA, COMPANHEIROS PETRALHAS”)….Abraço a todos…Angelo

    Curtir

  3. Pessoal, ando meio desinformado… Alguém pode me dizer como está o andamento disto?

    Curtir

  4. Nossa como existe gente ignorante em Porto Alegre.

    Deveriamos batizar a cidade novamente para Jurasic Alegre.

    Curtir

  5. Por que nao protestam contra shoppings e condomínios horizontais q proliferam na Zona Sul, nos quais o impacto ambiental é muito maior q o do Pontal?

    É indispensável a presença de moradores locais para q haja movimento 24hrs por dia. Além de promoverem a manutenção e a limpeza do local, será dificultada a presença de mendigos, vândalos e usuários de drogas durante a noite.

    Os parques e praças mantidos pela prefeitura encontram-se degradados e decadentes, sem qualquer tipo de fiscalização. Precisamos de mais um espaço desses?

    Curtir

  6. Primeiro a orla era mato e um estaleiro-ferro-velho, agora vai ser prédios e hotéis à beira-rio. Ou todos estavam dormindo até hoje, ou ninguém tem imaginação para criar projetos que melhorem nossa cidade. Instalar shoppings e hipermercados nas áreas que poderiam servir para múltiplos fins (cultural, estético, ecológico, esportivo, econômico…) é a pura expressão da burrice.

    Curtir

  7. Sou de NH, mas adorei o Blog. Fico possessa quando trago amigos pra conhecer o Sul e não tenho pontos turísticos seguros para levá-los. E o que terei para mostrar aos meus amigos que moram nas belas capitais nordestinas? O que afinal tem aqui que os gaúchos se orgulham tanto, eles devem se perguntar sem ter respostas.
    Me assusta a quantidade de pessoas desinformadas que não se dão ao trabalho de ler sobre o projeto e ficam xingando e falando bobagem.
    O projeto visa Revitalizar uma área que hoje está sucateada e justamente oferecer infra-estrrutura de lazer com segurança para a cidade.
    Parabéns à equipe do blog! Vejo este blog como uma crítica muito edificante, os textos aqui deveriam ter ummaior alcance para informar a população e fazercom que a mesma pressione e cobre os legisladores para que estes efetivamente façam algo pela Capital dos Gaúchos e pelo RS!

    Curtir

  8. Voto sim.
    e convoco a todos que votarão não a ir no dia 30 de agosto (domingo que vem) fazer um mutirão de limpeza e retirada de entulhos e que fiquem la de noite vigiando a area, pois dai sim, eu irei la tomar meu mate tranquilo junto com toda a população que “vai ter tirada seu direito de ir e vir”, combinado?
    PS> isso parece uma criança gritando por que a outra pegou seu brinquedo que estava largado em um canto, mas que agora quer brincar…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: