Skip to content

Imagens Projeto Cais Mauá

16708491

 

 

16708495

DIAGRAMAS

Planta Geral

Plano Geral a nível do solo

Plano segundo pavimento

1º pavimento do Hotel

Pavimento típico do Hotel

Pavimento típico do prédio comercial

Planta do shopping center

Planta do estacionamento do shopping – piso 1

Planta do estacionamento do shopping – piso 2

seções do shopping center (cortes)

Diagramas da área do shopping center

Diagramas dos prédios

Diagramas dos prédios

IMAGENS ATUALIZADAS EM 18/07/2014.

73 Comentários leave one →
  1. Simone permalink
    16/02/2011 17:36

    Muito legal o projeto para o Cais Mauá! Torço que para um futuro breve seja aprovado e as obras dêem início. Será um presente para a população de Porto Alegre. O turismo também será aquecido.

    • 23/11/2011 15:42

      Oi Simone. Li a pouco na Zero Hora que o termo de concessão para 25 anos foi assinado hoje ao meio dia e trinta. A empresa que detém os direitos pretende entregar o Cais totalmente remodelado em 4 anos e, em seis meses pretende iniciar os processos.

  2. 25/02/2011 17:00

    É legal ver na última foto as sombras das torres. Na parte da tarde, essa sombra vira em direção ao centro, tirando o sol de boa parte da região. Péssimo.

    Tirando as torres e o shopping center acho o projeto interessante.

    • Luciano de Carvalho permalink
      18/12/2011 15:21

      Quer sombrinha o dia inteiro?? Que tal morar na selva?? Enfim um projeto para revitalizar uma cidade e uma região degradadas pelo tempo e esquecidas pelo poder público!!!

      • Gianluca Perseu permalink
        21/01/2013 1:10

        Luciano, teu comentário é do típico leigo que lê jornal e acha que está informado. A questão da sombra É importante e é parte de análises urbanas contemporâneas pelo mundo afora. A cidade deve ser transitável só pelo automóvel com ar condicionado? E mais: é sim um “projeto para revitalizar uma cidade e uma região degradadas pelo tempo e esquecidas pelo poder público”, mas um projeto que NÃO VENCE AS EXPECTATIVAS. Muito projetos de estudantes são melhores do que este.

    • Vini permalink
      12/02/2012 23:01

      Não acho que vai dar sombra!! As atuais torres já fazem sombra. Que idéia mais retrógrada pensar que as torres vão fazer sombra! Que estas novas torres embelezem o skyline e escondam as atuais e horríveis que sequer são restauradas. É sempre assim em Poa. Sempre vem alguém com esse papinho de que o ventinho do rio será afetado ou que vai acabar dando sombra. Com esse pensamento eu espero que essas pessoas tenham em mente que serão as responsáveis pela falência da metrópole para as futuras gerações de porto-alegrenses que poderão ter a pior renda per capita do país entre as capitais. Acordem!!

      • Gianluca Perseu permalink
        21/01/2013 1:11

        Mas será que a falência da metrópole depende da verticalização do centro?

    • pedro permalink
      06/06/2012 1:37

      desculpa, mas pelo que eu entendi, as duas torres estarão em local correspondente respectivamente ao edificio klift tower mais ou menos, e os edificios da aplub. ora, essa é uma das regiões mais densas da mauá. eu pergunto: sombra ? mas o centro já é por si só um conjunto de prédios altos. um faz naturalmente sombra para o outro. é impossível não ocorrer sombra em um centro de cidade. o que dizer do edificio santa cruz então ? ele faz sombra pro edificios do outro lado da andradas, que fazem sombra pros da andrade neves, e assim sucessivamente. se não quisermos sombra, sugiro implodir a cidade inteira e construir casas de um pavimento que farão sombra no seu proprio quintal num determinado horário da tarde. talvez seja interessante também, cortar todas as árvores porque afinal elas também fazem sombra e por aí podemos pensar até nas nuvens do céu…

    • pedro permalink
      06/06/2012 1:49

      eu gostaria que alguém me dissesse aonde essas pessoas que tem aversão a shoppings fazem as suas compras ? shoppings são locais seguros, com boa infra-estrutura, que em porto alegre, na sua maioria agregam valor as regiões onde se encontram e que não passam de uma releitura do papel que antes era desempenhado pelo centro. aí poderiam perguntar: mas porque não revitalizam o centro para que as pessoas voltem ao comércio das ruas ? logo vem a resposta: toda iniciativa de revitalizar é barrada nas opiniões contraditórias daqueles que são do contra. é claro que para ter sucesso num empreendimento é preciso ter ambientes que chamem a atenção da população. ambientes de compra desempenham esse papel. então para revitalizar uma área como o cais, acredito que sejam necessários bares e restaurantes para que as pessoas possam comer, beber, se reunir com amigos, matar a sede, enfim… é necessário centros de compras porque as pessoas costumam fazer compras, salas de cinema e teatro, museus, áreas de lazer e estruturas existentes restauradas farão com que o lugar seja completo e atenda a todos os gostos.

  3. Joa permalink
    04/03/2011 10:59

    Finalmente a cidade voltará a viver em plenitude o “Porto Alegre”, resgatando as suas raízes portuguesas de cidade portuaria cercada de águas. Imaginem o potencial turístico com a inserção da cidade nas rotas marítimas dos transatlânticos internacionais.

  4. Fellipe - BH permalink
    16/03/2011 16:51

    Parabens a Porto Alegre BH tambem esta comendo nas beradas como os mineiros falam; Metrô de BH tambem vai sair linha 2 e 3, nova rodoviaria, VLT região sul e metropolitada de BH, Monotrilho no vetor norte ligando o aeroporto, BRts, confins transformado em aeroporto cidade privatizado, Projeto Vetor Norte linhA verde – O projeto propõe que os investimentos sejam concentrados em 13 municípios: Betim, Contagem, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Santa Luzia, Sabará, São José da Lapa, Confins, Lagoa Santa, Jaboticatubas, Matozinhos, Capim Branco e Pedro Leopoldo. “Os prefeitos precisam se organizar para preparar o território para os novos investimentos. A infraestrutura precisa crescer junto com o crescimento econômico. Belo Horizonte amanhã não vai competir só com São Paulo ou Rio de Janeiro, mas com Tóquio e Paris também. É preciso que a cidade tenha um plano estrutural que permita aos investidores chegar aqui”, ressaltou Chua durante a apresentação.

  5. 19/03/2011 17:52

    Sim, mas e a questão do muro da Mauá? A integração entre cidade e rio deveria passar pelo questionamento de uma solução para o atual corte que esse elemento gera na cidade.

  6. Vera Telles permalink
    10/04/2011 3:07

    Penso que a revitalização do Cais do Porto da Mauá é um presente extraordinário que o centro da cidade ganhará. Torço demais por este projeto. A cidade terá uma nova cara. Basta olharmos Puerto Madero em Buenos Aires que valorizou a região, teve um aproveitamento maravilhoso, criativo.Teremos um novo pólo de atrações em Porto Alegre, e nada melhor que as margens do Guaíba. Que tenhamos uma posição concreta e positiva sobre algo tão importante prá cidade.

    • 16/06/2011 10:09

      valorizou a região para a burguesia tu quer dizer né??

      • Mateus Berg permalink
        09/09/2011 6:51

        T.Masters, tu quer o que? Ah aquele monte de baita galpões são ótimos pra fazer um monte de quartos, aí nosso cartão postal pode ser um enorme albergue para mendigos! ótima idéia né, que acha? será que chama turista e gera empregos e lucros para comércio e serviços?

      • pedro permalink
        06/06/2012 2:10

        vc está se autodiscrimando ao afirmar que valorizará somente para a burguesia ou você está sub-valorizando a população ao achar que os não burgueses segundo a sua opinião, não aproveitariam o cais ? o que te faz pensar que uma pessoa, porque é menos favorecida na sua opinião, não é merecedora ou não está a altura de um empreendimento desse porte ? pois fique sabendo que os seres humanos de uma maneira geral apreciam o que é belo e o que é de qualidade, haja vista o sucesso que fazem os recitais de música clássica em parques e locais públicos, por exemplo. outra coisa, já que você chama o projeto cais mauá de projeto para a burguesia, o que você sugeriria para o local ? dê a sua idéia… contribua com idéias ao invés de criticar um projeto que a população de porto alegre espera há décadas. lembre-se: para ser viável, o seu projeto deve contar com espaços que atraiam a população senão correrá o risco de se tornar inviável economicamente. e não se esqueça que o contrário de favelas é urbanização, o contrário de abandono é revitalização, o contrário de ignorância é educação, o contrário de decadência é prosperidade, o contrário de sub-desenvolvimento é desenvolvimento. gente, vamos arregaçar as mangas e trabalhar, nossa cidade precisa de muito trabalho. para ficar mais bem cuidada, o que seria ótimo para todos, tem que deixar de ser mal cuidada. vamos acordar…

      • Gianluca Perseu permalink
        22/01/2013 21:22

        T Masters, estou contigo!! Onde estão os moradores de rua em Buenos Aires? Quer dizer que uma intervenção urbana de qualidade só deve contemplar aqueles que tem dinheiro para usufruir?

  7. Kátia Ferreira de Oliveira permalink
    24/04/2011 8:12

    Acho fundamental a revitalização do Cais Mauá, mas precisamos fazer atenção a privatização de um espaço eminentemente público. Pelo que vi do projeto que foi apresentado aqui, existe apenas um equipamento de uso público, os demais serão privados.

    • 07/06/2011 0:14

      Kátia, todos os armazéns conterão cinemas, bares, restaurantes, teatros, museus, livrarias, bibliotecas, centros culturais, além do shopping …. quer mais ? Tudo vai ser pra nós usufruirmos. O que vai ser privado será o prédio comercial e o hotel. Mas isso é um detalhe. Ficará num dos cantos do porto. Acho que perto de 95% da área será pública.

      • 16/06/2011 11:12

        Mais um shopping em Porto Alegre????
        ahahahahah!!

      • 28/08/2011 11:05

        As pessoas esquecem que shoppings, restaurantes, hotéis, centros culturais geram EMPREGOS, que geralmente são ocupados por PESSOAS e, normalmente, pessoas que não são da BURGUESIA. Então não entendo a reclamação. Obra que gera QUALIDADE DE VIDA pra todo mundo e, ainda, amplia possibilidades de EMPREGO pra muita gente!

    • Leonel Ávila permalink
      26/07/2011 11:48

      Kátia, quantas vezes tu utilizou o cais, que é público? E quantas pessoas (incluindo tu mesma), passariam a utilizar o espaço, que continuaria público? pq privado mesmo são as lojas… Se é pra caminhar e olhar, dá pra fazer como está (e ninguém vai) ou deixar urbanizado ( e as pessoas iriam)…

    • Vini permalink
      12/02/2012 23:08

      Coisas públicas tem em Cuba, onde tá tudo falido. Eu fui lá e conferi!E em péssimo estado!Estamos num país capitalista. Para tanto precisamos do setor privado pra custear por meio de impostos a educação, a saúde, a segurança. etc. Ou até parece que cais precisa ser todo público. Se assim o for esperem pelo dia de São Nunca para que haja recurso para a revitalização. Por que do meu suado imposto eu não dou um tostão pra revitalização. Acordem!!

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:18

      que diferença faz prá vc se o espaço é público ou privado ? foi público a vida toda e vc fez uso dele ? quem sabe agora sendo privado, vc poderá fazer… e o iguatemi é público ? o mercado público é público, mas é privado ou vc acha que os bares e vendas que estão lá são do governo ? e o prédio que vc mora é público ? não. é privado. é seu e de seus vizinhos… e o que te faz pensar que o que é público é mais bem cuidado? na mão dos nossos políticos o público se torna mais privado do que o próprio privado. e com uma grande diferença, o privado é bem administrado porque tem que ser viável, tem que dar retorno financeiro… vivemos no mundo real…temos que acordar…

  8. Gerson permalink
    23/05/2011 20:21

    Sou amigo de Sao Tome. So acredito depois de pronto.

  9. Renan permalink
    28/05/2011 20:07

    Alguém pode me esclarecer? Atualmente os pedreiros não tomam o cais e começam as obras porque falta a assinatura de alguém em algum papel? Porque diabos não começa???

  10. Leonel Ávila permalink
    26/07/2011 11:50

    T. Masters, a valorização é geral. Se tu só consegue olhar pras lojas e restaurantes que abririam ali, teu olhar é muito consumista. A valorização não tem a ver com dinheiro. Valorizar é qualificar o espaço, para as pessoas utilizarem a área que hoje ninguém usa, nesse caso.

  11. rODRIGO fERNANDES permalink
    02/08/2011 20:51

    Eu acho que deveria construir grandes estacionamentos subterrâneos em torno do centro e proibir carros no centro de porto alegre, somente bicicletas, no caso esses bicicletas poderiam ser alugadas pelos motoristas nos próprios estacionamentos.

  12. Marcos Monticelli permalink
    03/08/2011 0:37

    Porto ALEGRE PRECISA desta revitalização do cais, alguém poderia me dizer se a cidade não tiver essa obra que belezas os turistas da copa terão ???? Nossa cidade teria um UP no turismo e acima de tudo ficaria mais bonito nosso por do sol, nosso gauibao.

    ENFIM, mas eu só acredito vendo, se alguem discorda me manda um email ou me add no msn blz.

    Espero que as obras iniciem o quanto antes, mas 2012 tem eleição e ate agora nada.

  13. 11/09/2011 14:50

    MAS BAH TCHÊ LOUCO DE ESPECIAL ESTE PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DO CAIS DO PORTO,PENA QUE NÃO TEM NADA QUE LEMBRE AS TRADIÇOÊS GAÚCHAS,MAS,AINDA ESTA EM TEMPO QUE TAL OS Srs.ARQUITETOS FAZEREM COSTADO DESTA IDÉIA E PROJETAREM ALGO QUE LEMBRE QUE”ESTA TERRA TEM DONO”

    • Rodrigo permalink
      11/09/2011 22:52

      NÃO FALA BOBAGEM! “TRADIÇÃO GAÚCHA” QUE TRADIÇÃO? DO ATRASO?

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:25

      eu não vejo correlação nenhuma entre espaços para a tradição gaucha e o fato desta terra ter dono… se vc se sente dono desta terra, o que faz por ela ? tem muita bravata por aí… o dono da terra é quem trabalha nela e a faz frutificar. o resto é poesia ou utopia…

  14. Rafa permalink
    30/09/2011 13:31

    HOSPITAL É O QUE REALMENTE PRECISAMOS !!!

  15. 23/11/2011 19:28

    Excelente!

  16. Adriana Euzebio permalink
    06/12/2011 10:45

    Uma coisa muito legal seria um tipo de teleférico (de 2 a 4 lugares) como existe em Santiango (CH) ligando o cais a Duque de Caxias (Igreja da Matriz) ou até mesmo ao Gazômetro…imagina só…. passar por cima do centro num teleférico…..um restaurante giratório para ver e apreciar os diferentes ângulos de Porto Alegre; dentro dos (armazéns) espaços que lembrem as diversas regiões do estado, com apelo de resgate a história do Estado e da Capital além da culinário e artesanato ref a cada região; quem sabe tb um espaço tipo uma estufa, onde poderiam ser doados diversos tipos de plantas, arvores e quem sabe até uma horta comunitária, onde os executivos do centro para relaxar, poderiam cuidar de um espaço e ainda assim interagir com o ambiente, oficinas de arte e reciclagem para educar crianças e adultos… E claro, nada de carros no entorno, usar apenas o metro, o aeromóvel, bicicletas e quem sabe esse teleférico, isso tudo, num raio mínimo de 3km, e ainda por cima, utilizando apenas energia solar, eólica e tb quem sabe uma mini usina com a água do Guaíba; puxa vida, uma outra coisa muito legal seria um enorme aguario com espécies da região. (Viajei). Acredito que com tudo isso, haveria a verdadeira integração da população e também dos visitantes, tornando mesmo a nossa CAPITAL um exemplo de bem estar e bem viver. EU ACREDITO QUE TUDO É POSSÍVEL, É SÓ QUERER…Grande abraço e obrigada pela oportunidade. Adriana Euzebio.

  17. Mario Dias permalink
    27/12/2011 11:32

    Concordo contigo Rodrigo. Tudo muito bonito, mas com um atraso enorme se comparado a outras cidades do mundo e mesmo do Brasil. E não estou nem falando de paises plenamente desenvolvidos. Viajo muito por conta da profissão e posso dizer que NADA acontece em Porto Alegre. Enquanto no resto do país os canteiros de obra se multíplicam, tudo que se vê acontecendo em Poa é uma reforma num “tunel” de meia dúzia de metros que leva mais de um ano prá ser concluida, sem a inclusão de algum atrativo em termos de urbanização (pintura, iluminação diferenciada ou paisagismo); ou uma ciclovia na Ipiranga. Putz… que baita obra! Curitiba já tem mais de 100km de ciclovias! Macapá tem uma orla a beira do rio amazonas de dar inveja! Aracajú transformou totalmente sua orla marítima, numa obra belíssima e cheia de atrativos. Imagino que Macapá e Aracaju são cidades riquíssimas… A lista é enorme e nem vale a pena falar de Puerto Madero em Buenos Aires, prá não desanimar mais ainda… Mas vamos lá, parece que agora vai, né? Se nenhum eco-xiita aparecer prá embargar tudo de novo, em prol de uma orla cheia de areia suja, ratos, mato, desocupados e árvores sem poda… Fé, irmãos…

  18. eduardo permalink
    07/01/2012 15:29

    O Rio Grande do Sul foi esquecido pelo governo deste pais de faz de contas, tudo que temos hoje foi as custas do nosso suor e raça, muito diferente de outras partes desta piada que se chama brasil, que sao agraciadas constantemente com obras publicas federais.

    Cais Maua sinonimo de desenvolvimento desta linda capital, gerando qualidade de vida e empregos para o meu povo.
    Agora infelizmente nos fazemos parte do brasil e eu tbm conheço o sao tomé.

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:40

      eu discordo disso… somos vítimas de nós mesmos. o brasil não tem nada a ver com isso. vc deveria viajar esse país como eu faço prá ver o que existe nesse grande território… o brasil não é uma piada. alguns segmentos dentro do rio grande do sul sim, são uma piada. basta vc ler alguns comentários que são postados aqui… nós estamos mal representados politicamente… não conseguimos tirar nossas obras do papel. veja o exemplo das obras da copa… outras capitais estão aproveitando esse momento para se desenvolver… outra coisa, viaje pelo interior de são paulo, pelo norte ou oeste do paraná, pelo mato grosso do sul, pela região da soja em goiás e mato grosso, pela cidade do rio de janeiro e bacia de campos, pelo espirito santo, para ver se continuará achando o brasil uma piada. a única piada aqui são os mega incompetentes administradores, os péssimos representantes e os contraditórios hipócritas sempre dispostos a discordar de tudo entravando o nosso desenvolvimento.

  19. juliana staudt permalink
    29/01/2012 2:02

    Para mim o grande problema é que não se consegue fazer nada com pouco, precisa de muito dinheiro para que se contruam obras monumentais, o que já existe não é preservado. Não existe manutenção de nada. Aqui os anos passam e todos ficam discuntindo o que se vai fazer, como se vai fazer e nada se resolve. Porto Alegre é lindo, nosso lago, nosso relêvo, nada é valorizado. Fomos esquecidos pelo governo federal? Por que? alguem sabe dizer? nos últimos anos ficamos na contra mão da história e tivemos os governos que merecemos aqui no nosso estado. Acho que agora muitos começarãom a entender porque. Acho que o cais deve ser revitalizado, mas não concordo com a tôrres.

  20. jacqueline pinzon permalink
    16/02/2012 20:40

    Mas o muro vai continuar por lá? Puxa vida, tira o muro Lerner!! Que mania de achar que vai chover como em 41, quase ninguém se lembra mais disso. O projeto é bacana, tomara que gere empregos e realmente seja acessível à toda a população, muito espaço público e democrático, assim é bem Porto Alegre.

  21. daniel permalink
    17/02/2012 21:16

    sou marinheiro e acho essa história de usar o porto pra turismo ridicula,oque eles querem mostrar,o monte de lixo que desse boiando do rio gravataie embelezam nosso rio.enquanto o brasil se torna brazil sendo vendido aos pedaços para os espanhóis. porto é nada mais nada menos que movimentação de carga,ninguem constroi uma padaria pra vender tijolos.agora se o porto funciona ou não é outro papo.

  22. Valentin permalink
    28/03/2012 22:05

    Faço minhas, as palavras acima, de Adriana Euzébio e Mário Dias.

    Aliás, pelo que vejo, esse tópico é do início de 2011. Alguém sabe informar o status atual das obras, um ano depois???

    Se bem conheço o nosso Rio Grande do Sul, ainda devem estar discutindo questões burocráticas.

    Será que vamos perder uma EXCELENTE oportunidade de mostrar a Porto Alegre integrada ao Guaíba para o mundo, no período da Copa de 2014?

    E, pelo amor de Deus, retirem aquele muro…

  23. Marcos permalink
    28/03/2012 23:14

    Primeira vez que, daqui de São Paulo, leio algo sobre Porto Alegre contendo comentários. É triste ver o que o governo apresenta como “saída” para o Cais…. É triste ver arrazoados tão bem feitos sobre “essa terra tem dono” [quer dizer, tem tradição, tem história]. E acrescento, tem gente, ruas, bairros, zonas inteiras de POA e da Grande POA sem nenhum projeto de melhoria. Li os comentários [é isso aí, vai ter sombra, e a maior sombra vai ser o esquecimento [e a desvalorização] do resto da cidade]. Busquei mais informações em mais sites… Nada conectando o “novo” ao resto da cidade. É tudo como se fosse um oportunismo de última hora pra atender uma enxurrada de turistas… e depois nada. Que navios outros virão ao novo Cais, vindos de onde, pra fazer o quê, depois que a festa passar….
    Caberia algo menor em altura, em largura, em capacidade, e com a grana restante dar uma melhorada boa no resto. A gente que é de fora [como eu que só fui a POA de avião e só pra Congressos] e que fica hospedado no Centro, quer mais é sentir a cidade melhor servida por transporte público, hotéis limpos e de bom preço…
    [E triste dar uma avaliada nos comentários e notar que, apesar de alguns muito interessados na estruturação da cidade, muitos estão mesmo mais interessados na solução imediata. Acredito que – a medir pelos comentários – o povo vai votar satisfeito… mesmo tendo de ir e voltar a pé, ou em ruas e transportes sem nenhum conforto.
    A ver daqui…. imagino soluções melhores para o Cais [velho] e mais bem conectadas à realidade da [linda] Porto Alegre.

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:52

      vc conhece porto alegre? porto alegre é uma cidade rica com bairros maravilhosos…que resto é esse que vc diz que tem que melhorar ? esse tal resto é o que está bom… tirando as favelas. nós estamos aqui discutindo a revitalização do centro que é onde tudo começou e é onde está a maior degradação. portanto, vc deveria antes de opinar andar pela cidade prá conhecer esse resto que vc está mencionando…sombra ? que sombra é essa? vc acha que a sombra de duas torres vai prejudicar um local onde há dezenas de torres ? e quem é que está fazendo recuperação do cais para esperar navios ? vc está equivocado… queremos recuperar o cais para fazer uso dele. irmos lá almoçar, jantar, fazer compras, tomar sol, visitar um museu, visitar exposições, integrá-lo com nosso mercado publico, nossa praça da alfandega e seus museus, é isso… nós queremos o porto para nós usarmos e não para meia dúzia de navios virem no verão… ninguém pensou nisso. se vierem ótimo! se não vierem paciencia… iremos fazê-lo prosperar como acontece nos outros espaços da cidade que até onde eu sei vão muito bem obrigado.

  24. Paulo Renato Pulz permalink
    01/04/2012 14:50

    O futuro projeto do Cais Mauá, aliás, justiça seja feita, só saiu do papel quando a Ex-Governadora Ieda, determinou que a revitalização da orla do porto, era estratégico para o embelezamento e desenvolvimento economico da capital. Mãos à obra! Primeiro passo, liberar todos entraves judiciais, junto ao Ministério da Marinha, detentora dos direitos da orla, para uso dos espaços de entretenimentos e exploração comerciais. Isto levou quase todo o seu tempo de governo, ou seja quatro anos. O Governo Fogaça, adormecido ao tempo, sem vocação prá administrador público, em quase nada ajudou. Liberado os trâmites, finalmente surge o Arquiteto Jaime Lerner, interessado no projeto urbanístico para o entorno da área do Rio Guaíba. Aliás, o Sr. Lerner, é referência mundial em paisagismo e urbanismo. Porto Alegre, uma cidade bela, linda e sorridente para o futuro. Seja bem-vinda, para o amanhã de nossas futuras gerações. E que o Pôr do sol, seja cada vez mais lindo. Obrigado, por você existir em nossas vidas. Porto Alegre! Paulo Renato Pulz

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:54

      concordo plenamente

  25. 12/04/2012 22:12

    Projeto belíssimo! Nossa Porto vai ficar bem mais Alegre.
    Quanto a Yeda, hummm!
    Foi a única coisa que preste que ela fez… e ainda ao entregar o governo.
    E fez isso senão não teria nada pra contar.
    Quando vai ser entregue a obra?

    • Paulo Roberto permalink
      12/04/2012 23:22

      Pois é, o resto vcs petistas não deixaram ela fazer, como a área da Fase.

  26. guilherme s permalink
    22/04/2012 20:46

    Esse projeto vai mesmo fazer do cais digno de ser um cartao postal de verdade e nao galpoes velhos e gindastes enferrujados.Adorei os armazens revitalizados,o shopping e o resto mas o que eu mais gostei foi das torres,lembra um pouco o Puerto Madero em Buenos Aires.

  27. Alexandre permalink
    15/05/2012 9:40

    Que tal pegarem o embalo e colocarem 100.000 bolinhas de led no guaíba? http://www.thisiscolossal.com/2012/05/100000-led-spheres-flowing-down-a-japanese-river/

  28. Arnaldo permalink
    30/05/2012 18:37

    Esta remodelação do cais da Mauá é mais antigo que o manuscrito da biblia…
    Quem viver nunca verá.

    • pedro permalink
      06/06/2012 2:55

      espero que vc esteja enganado, mas não duvido que esteja certo…

  29. Orlando G. Franco permalink
    30/08/2012 9:49

    Como Maquete virtual é muito lindo, mas eu já tenho 56 anos e pelo que deverá demorar e devido à idade avançada que já terei, a execução do projeto, eu já não poderei andar sozinho, não poderei estar na rua tão tarde, não poderei beber aquele chopinho vendo o por do sol do Guaiba. É mais fácil eu ganhar na Mega sena do ver esse projeto realizado.Quando vier a enchente de 2018 eu estarei sentado no meio do Gauiba vendo o Catamarã indo para Guaiba!

  30. maicon permalink
    10/09/2012 20:00

    e o que sera feito na area de descarga de navios de fertilizantes e de navio saleiro ?

  31. Daniel permalink
    29/09/2012 3:01

    Oi gente, estou realizando um documentário amador sobre essa relação Porto Alegre/ Rio Guaíba. Tudo o que tenho é uma camera, um microfone , algumas pessoas para entrevistar e um certo carinho pelo Lago/Rio Guaíba.
    Antes de começar a ler sobre o assunto, minha principal inquietação era muito simples: olhar pro rio e ver o estado em que está. Já tinha ouvido falar algumas vezes que “a cidade virou as costas para o rio”, mas só fui entender a importancia historica da relação dessas aguas com o porto -alegrense depois de começar a ler sobre a historia de Poa.
    Assim como alguns já escreveram não gosto nada da idéia de um shopping no cais. Vou bastante lá, mesmo sendo um espaço um tanto abandonado, e consigo ver ainda traços dessa historia que aos poucos vou conhecendo…
    Consigo entender portanto os que, como eu, não gostam dessa ideia, mas não consigo entender os que clamam por desenvolvimento sendo este quase sinonimo de obras, comercio, shoppings e atrativos turisticos. Pelo pouco que pude ver nas fotos do projeto, a transformação que vai se dá não está preocupada com a relação do porto alegrense com o rio (que passaria por questões como mobilidade urbana, despoluição, infra-estrutura na orla e senso estetico de preservação do patrimonio historico)..a questão é o dinheiro, é isso que acaba prevalecendo no jogo de interesses. Quem voces acham que vai se utilizar desses espaços? QUanto vai custar tomar um choppinho no cais? Não temos como negar que a partir desse projeto, será um espaço para poucos sim, e não só por causa dos preços, mas pq a própria estética escreve ja de antemao quem vai e quem não vai se sentir parte desse lugar.
    Pode ser que nos dias de passe livre gente de todas as “classes” irão passear por lá, mas a questão é fazer deste um lugar do porto alegrense, e não do turista…e por falar em turismo, shoppings e restaurantes o turista vê em todo lugar, a questão que realmente poderia “atraí-lo” é se tivessemos um porto singular, com cara de porto alegre, não um porto com cara de shopping, cara de quem quer correr atrás do tempo, pq ta atrasado ou não está imitando o resto do mundo.
    O que acabou com nosso rio e nos afastou foi justamente o desenvolvimento, que na pressa por se adequar aos padroes de urbanismo do rio de janeiro, buenos aires, paris, etc..fez uma cagada atras da outra..destruiu a cidade sem o minimo cuidado. É bem diferente construir a partir do que se tem, da historia, da cultura, da geografia que se tem, do que construir pq temos que correr pra ganhar dinheiro , ou agradar os turistas .
    Se tivessemos um rio despoluído teríamos outra cidade, e aí sim algum turista poderia vir aqui e querer voltar.
    Antes de ler este projeto já tinha me feito essa pergunta, quando falavam em depoluição da orla: que espaços serão construídos? a idéia é termos um rio ou um cartão-postal?
    Já temos dois shoppings na beira do rio..acho que já está de bom tamanho. Não é essa imagem que tenho pro berço da nossa cidade..penso que o que torna uma cidade atrativa é a cultura, é o que tem de singular, de diferente, de peculiar, de especial, de beleza natural, gastronomia , etc..e, muito mais do que isso, o que torna um lugar atrativo é o calor que se sente, calor cultural..se o turista vier aqui e sentir que a cidade realmente tem uma relação com o rio, que as pessoas se apropriam do espaço e da historia como seus , que conseguem fruir da cidade , aí , imagino, teria historia pra contar em casa…
    Enfim, não sou contra a realização do projeto, pq como disseram aí em cima vivemos no capitalismo, e esse se alimenta de comercio, shopping centers, e de um turismo que é também puro consumo. Acho válida a discussão.
    Sugiro também uma leitura, pra quem se interessa pelo assunto. É um artigo que resume a tese de uma arquiteta aqui de Porto. Chama-se ” A Borda do Rio em Porto Alegre” – http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/22198

    • 29/09/2012 4:55

      Corrigindo: LAGO GUAÍBA

    • Henrique Wittler permalink
      28/05/2013 13:55

      Realmente é um Rio perante a Lei. Os que trocaram o nome para Lago o fizeram para poderem executar os prédios do Ministério Público, 8 tribunais, doarem área para a FGF – Federação Gaucha de Futebol, construir jun to a Paiva um edificio de salas comerciais e ocuparem além de outras áreas a propria área do Cais Mauá.
      Para o Cais Mauá o proprio Codigo ambiental do RS proibe o parcelamento da área (dividir em salas, lojas, apartamentos ou seja la o que for).
      Lago: Lei 4771/65 diz que 30 m da orla a contar da cheia ordinária não podem ter construções.
      Rio: Lei 4771/65 diz que não são 30 m e sim 500 no caso do Rio Guaíba ser maior que 600 m de extensão
      O resto é jogo de interesses

  32. fabiana permalink
    03/01/2013 17:40

    Pessoal,

    Sou aluna do curso de Mestrado de Pós Graduação em Planejamento Urbano e Regional da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PROPUR/UFRGS). Eu e minhas colegas estamos desenvolvendo uma pesquisa para uma disciplina do curso sobre o tema do Cais do Porto de Porto Alegre. Estamos aplicando um questionário sobre o assunto, quem puder responder nos ajudaria muito!
    Desde já, agradecemos pela sua colaboração!

    http://questionario.iconweb.com.br/index.php?sid=22214&lang=pt-BR

  33. Luis Carlos permalink
    24/01/2013 15:49

    Todo mundo discutindo sobre capitalismo…burguesia…etc… Mas o que importa é que será feito, e pronto. Se vai ser um fato positivo ou negativo não adianta discutir aqui, ate por que não tem o que se fazer, vai ser construído assim e pronto.

  34. joao santos permalink
    31/03/2013 18:29

    está muito bonito o projeto, gostaria que a prefeitura destinasse uma area para para eventos tipo tradicionalismo e carnaval, poderiam realocar a tradicional banda da saldanha naquele local e quadras de escolas de samba, tem espaço para todos e manter no raiz.

  35. joao santos permalink
    31/03/2013 18:46

    outra coisa que poderia ser melhor utilizado é a area do teatro por do sol, ali seria o local ideal para o carnaval para desfile, barracoes e um museu do carnaval e na area do acampamento farroupilha fazer uma cidade temática farroupilha fazendo seu desfile no mesmo local do carnaval.

  36. Regis permalink
    15/04/2013 7:38

    Isso nunca vai sair do papel! Os chatos de plantão nunca vão deixar. Não importa o que se proponha. É assim aqui no Rio Grande. Progresso? Desenvolvimento? Isso não é para nós Gaúchos. O que importa é a tradição!

  37. 29/11/2013 15:49

    Pergunto: Quanto por cento da área será destinada ao esporte amador: vôlei, basquete , handbol, tênis de mesa etc. ???. Será que se esqueceram???

    • 29/11/2013 15:52

      Aguardo reposta

      • 29/11/2013 15:56

        Resposta de quem Maurelio?
        Você viu que somos um Blog?
        Não temos esta informação.

  38. Lian permalink
    07/12/2013 14:33

    A primeira vez que vi as renderizações achei um desastre, principalmente porque alguém havia me dito que iam colocar o cais abaixo para colocar lojinhas. Sinceramente, acho o projeto digno, é o que Porto Alegre está precisando! Vejam bem a palavra: revitalizar.
    Dar um espaço aos galpões que hoje não estão sendo utilizados é uma das melhores coisas que podiam fazer por lá. Se algum dia tiverem a oportunidade de entrar nesses galpões antes das obras começarem, as críticas negativas quanto ao projeto serão mínimas.
    Se não é uma multinacional que vai fazer isso, vai ser o governo? Não, ne?!
    Aliás, hoje só um pedaço minúsculo do Cais Mauá pode ser utilizado, revitalizar os espaços que hoje são proibidos por problemas de estrutura vai dar mais oportunidade aos cidadãos de aproveitar o local. Sim, os galpões estão com problemas estruturais graves, assim, espero que esse projeto valorize os espaços de Porto Alegre para que a economia e estrutura da cidade cresça com ela.

  39. João permalink
    28/12/2013 18:52

    Falando nas obras, alguém sabe se existe um site ou blog para acompanhar o andamento das intervenções? Não encontro informações atualizadas na internet.

    • 26/05/2014 19:26

      Sei que será feito um registro fotográfico das intervenções ao longo do tempo, que serão mostradas em exposições… Mas um acompanhamento online, creio que não.

  40. Rogério permalink
    22/01/2014 11:27

    Projeto absurdo!!

    Perderemos uma riqueza que poucas cidades se dão o luxo de ter…UMA ORLA!! Porque não um Parque de primeiro mundo ao invés de mais um shopping center???

    • Breno permalink
      09/07/2014 23:33

      Com um baita projeto desses e o cara só vê o shopping center? o.0

      Eu não conheço Porto Alegre tão bem quanto vocês é claro, mas pelos comentários, parece que o cais como está é totalmente inútil. Ou seja, não tem orla. Se o projeto sair, (apesar do shopping que eu também não concordo totalmente, mas como o dinheiro da revitalização é de uma empresa privada, acho aceitável), haverá espaços para uso público e o cais será mais um grande espaço dessa cidade que eu tanto gosto, onde as pessoas, além poderem se divertir, terão mais uma opção para ver o tão venerado pôr-do-sol. Ou seja, vai ter orla.

      Me corrijam se eu estiver errado.

  41. 23/01/2014 10:40

    Rogério:
    Concordo. Mas penso que ainda tem espaço para incentivar o esporte amador em praça es-
    portiva pública, o que falta em Porto Alegre; basta querer.

  42. 01/04/2014 22:09

    Estava lendo a matéria sobre, o que faz um secretario de turismo. Sendo da área do turismo e hotelaria, não pertenço, não sou simpatizante de nenhum partido político, morei 24 anos no exterior em diferentes países e amo a minha cidade que é Porto Alegre, me permito de fazer um pequeno comentário:

    A atual gestão fez sim varias coisas que alavancaram bastante o turismo na capital, digo isso pois sou hoteleiro.

    Vamos lá então para as mais importante:

    – Ônibus de turismo, tem enorme procura!
    – Voos internacionais para os EUA e Europa saindo direto de Porto Alegre.
    – Placas de sinalização em duas línguas.
    – Os Caminhos Rurais
    -Criação dos Points Turísticos com informações sobre a cidade em varias línguas em locais onde circulam turistas.
    – A criação do segmento Turismo Criativo em Porto Alegre.

    Essas são algumas coisa que foram realizadas nestes últimos anos.

    O que sei também é que o cargo de Secretario de Turismo não faz obras, apenas indica através de estudos o que pode ser feito para desenvolver e fomentar o turismo local, entre outras responsabilidades.

    • 01/04/2014 22:19

      Só um adendo: os voos internacionais saindo de POA, diretos, em nada tem a ver com as gestões municipais. Elas existem por que são rentáveis às empresas aéreas que as operam. Ninguém iria criar linhas diretas para contentar as administrações das cidades.
      Mas o resto até concordo.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.603 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: