Positivo e negativo

A primeira foto mostra um prédio abandonado construido pela Getúlio Vargas  num gueto pobre e analfabeto da periferia da cidade e há quinze anos relegado à selva que cresce ao redor e à marginália  que perambula em volta.

Ou seria  o Institulo de Educação?

A segunda foto mostra como o cidadão porto alegrense pode ser educado, inteligente e gestor do meio público também: olhem esta simpática butique que se encontra na esquina da Cel Genuíno com Fernando Machado, no centro. Se todos fossem como a proprietária desta loja, a cidade seria bem menos dependente do poder público para embelezá-la.

Parabéns!

 

PS: Não espalhem! Se não a prefeitura vai mandar tirar os vasos de flores da calçada por alguma violação de Lei Contra a Belezura da Metrópole ou o Estatuto de Regras de Enfeiamento da Cidade.



Categorias:Outros assuntos

15 respostas

  1. Acho que não faz dois dias que saiu na Zero Hora a notícia de que nos próximos meses vai começar a restauração do Instituto de Educação.

    Curtir

  2. por Adriel: “…fora que colocar grades/cerca elétrica/arame é uma das coisas que mais enfeiam a cidade.”

    Exatamente! É lamentável o que está acontecendo em alguns bares e restaurantes do Bom Fim, Cidade Baixa e Menino Deus, estes estabelecimentos estão parecendo verdadeiras gaiolas. Nesse aspecto, eu vi boas soluções na Av. Venâncio Aires, onde foram colocados vidros no lugar de grades/cercas/arames. Ficou muito bom, até consegue se enxergar que ali tem uma loja!

    Outra solução seria tela de aço soldada, que tem um design mais moderno e é mais clean.

    Curtir

    • Se o cidadão de bem tivesse certeza que quem fosse ficar atrás de grades seriam os ladrões que praticam seus crimes para sustentar o vício no crack, juntamente com os traficantes, talvez não recorresse tanto a esse tipo de barreira física numa tentativa desesperada de se proteger da marginália…

      Curtir

  3. Aqui no mesmo link na pag 6 tem uma boa visão da intervençao que levou a recuperração de uma área que antes estava deplorável…

    http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1071647&page=5

    Curtir

  4. Marcelo, gostaria de apontar bons exemplos de recuperação urbana e ambiental que rola no país, como por ex. em Manaus com o Prosamim – Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus..

    Esse programa gastou em torno de 200 milhões de dolares e reassentou dezenas de milhares de familias que viviam nos igarapés em péssimas condiçoes, paralelo a recuperação desses ambientes naturais com criação de parques, ciclovias, etc.. com um urbanismo q nos dar inveja….

    Vejam o link abaixo que tem várias pags… tem fotos antes e depois…

    http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1071647

    Fico abismado pq esta ocorrendo uma série de intervençoes em POA como no caso do arroio da av da divisa no bairro cristal e nem chega ao nivel da intervençao em Manaus… e não sei quanto já gastaram em POA…

    Por favor, Marcelo, se der posta alguma coisa sobre esses bons exemplos brasileiros…

    Curtir

    • Mas se fizessem os reassentamentos aqui como vem sendo feito em Manaus, com prédios de apartamentos ao invés de sobradinhos, os “favelistas” de plantão (que na maioria das vezes são na verdade da classe média) iriam começar a reclamar que não teria como sair aquele amontoado de “puxadinhos”…

      Curtir

  5. Bom essa intervençao espontanea dos comerciantes, é uma lástima não termos um plano urbano de ajardinamento e paisagismo coerente com uma capital importante do país..

    Curtir

  6. Sou aluno do Instituto de Educação, essa Amazonia que esta na foto foi cortada nesta semana. A Direção da escola pediu para o pessoal da Redenção ir lá cortar e depois o pessoal na Sman enfim nenhum dos 2 foi. Divemos de pagar para um empresa particular para limpar toda a área com grama e tal.

    Detalhe que essa imagem mostra uma parte em que a grama e as pichações são leves.

    Curtir

  7. sugestão saborosa do dia: recuperar esse instituto de educação e encher de iluminação.

    chega desses “INSONIA NAO SEI O QUE” pixando.

    Curtir

    • Não basta iluminar, tem que ter câmeras para filmar a cara dos marginais para que possam ser chamados à responsabilidade se insistirem no vandalismo.

      Curtir

  8. E a simpática butique foi, no ano passado, assaltada, perdendo, pelo que eu sei, todo o seu estoque…

    Curtir

    • Pena…isso arrasa o empreendedor..

      Curtir

    • E quando não é assaltada é pixada, vandalizada,… em Pelotas tem até uma casa em que o dono precisou colocar uma corrente num arbustinho e prender com cadeado na grade da janela para não levarem.

      Se não fosse a violência, as pessoas teriam mais prazer em arrumar suas casas com melhor pintura, jardim, decoração,… fora que colocar grades/cerca elétrica/arame é uma das coisas que mais enfeiam a cidade.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: