DEP monta barricada junto à comporta do Cais Mauá

Cerca de 200 sacos de areia foram alocados junto à estrutura

Barricada foi montada em momento que água do esgoto passava por baixo de comporta | Foto: Tiago Medina / Especial CP

Barricada foi montada em momento que água do esgoto passava por baixo de comporta | Foto: Tiago Medina / Especial CP

A cheia do Guaíba levou o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) a colocar sacos de areia em uma das comportas do Cais Mauá, no início da noite deste sábado. Já havia água passando por baixo da estrutura e acumulada a cerca de um metro da pista da direita da avenida Mauá.

De acordo com o diretor-geral do DEP, Tarso Boelter, cerca de 200 sacos de areia – de 25 quilos cada um – foram instalados no local, que fica em frente à Praça Padre Thomé, da Igreja Nossa Senhora das Dores. Além de evitar o acesso da água à avenida, a barricada auxiliará na estrutura da comporta, que poderia ser danificada com um eventual repuxo da água no momento de baixa, conforme Boelter.

A água do Guaíba, porém, não está junto à comporta no lado interno do cais. Os pequenos alagamentos são causados por água do esgoto que subiu, segundo a MetSul Meteorologia.

Boelter evitou definir prazo para a retirada da areia, cuja instalação estava prevista apenas para segunda-feira. “Trabalhamos com um prazo de cerca de 30 dias”, disse ele. Ao fim da tarde, 13 das 14 comportas do sistema de proteção estavam fechadas. Apenas a principal do cais ficou aberta à tarde para os trabalhos no local. À noite, ela deverá ser fechada.

O nível do Guaíba chegou a 2,94 metros neste sábado, mas apresentava estabilidade em 2,93m ao longo da tarde. O nível considerado de alerta pela prefeitura é de 2,1m. De acordo com o sistema Metroclima, a tendência é de baixa nas próximas 24 horas. No entanto, o quadro de cheia permanece.

Correio do Povo  / Tiago Medina



Categorias:Enchente

Tags:, , ,

9 respostas

  1. “derrubem o muro, e feio, não serve para nada, nunca houve enchente que viesse até ele, não precisamos disso” é um resumo de frades que ouvi a vida toda

    Curtir

  2. E o que poderiam fazer pra resolver o problema da água dos esgotos?

    Passei pela Voluntários ontem, era bizarra a quantia de água que jorrava pra rua.

    Curtir

  3. O muro falhou de forma vergonhosa no seu primeiro teste em 40 anos. Precisamos de sistemas mais modernos e eficientes. A água acabou voltando pelos bueiros, as casas de bombas não aguentaram o volume de água e queimaram.. Porto Alegre não está preparada para as cheias do rio. A região da voluntários está passando por alagamentos semanais, até a praia de belas ficou abaixo de água. E ainda tem gente que diz que está tudo ótimo. Não estamos preparados!

    Curtir

  4. Há um conceito de engenharia equivocada de como funciona o sistema de vedação das comportas. Elas não são feitas para serem totalmente estanques, nem teria como ser. Elas, combinadas com as barricadas de areia, servem para REDUZIR ao máximo a vazão de água da área de contenção para a cidade. Com estes fluxos baixos, bombas (do tipo que são alugadas e vem de caminhão mesmo) podem retornar a água de volta para o outro lado do muro. Fico muito irritado quando vejo comentários na mídia de jornalistas sem qualquer formação técnica dizer que o muro não funciona por que tem uma “poça de água” na Mauá. É uma estupidez isso.

    Curtir

    • Grande Diego! Grande esclarecimento! Até eu estava preocupado. Se umas ondinhas no cais ja passaram pro outro lado, imagina quando tiver grande pressão de uma enchente de verdade ? Mas agora vejo que não é bem assim mesmo. Valeu Diego!

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: