Descartada possibilidade de voos PORTO ALEGRE – LISBOA

Ao contrário do noticiado há alguns dias aqui no Blog, a TAP Linhas Aéreas descarta a possibilidade de ter voos diretos de Porto Alegre a Lisboa, Portugal, pois a capital fica na extremidade sul do país. A TAP aumentará os destinos a cidades do Nordeste, sendo que atualmente tem 8 destinos diferentes  no Brasil.

Segundo o Jornal  Zero Hora, quando voltar a estabilização do setor, a empresa pretende estudar voos para mais cidades, como Belém, Manaus e Curitiba. Apesar do pedido de entidades porto-alegrenses para a companhia fazer uma ligação de Lisboa para a capital gaúcha, Luiz da Gama Mór, vice-presidente da TAP Portugal, afirma que há um complicador técnico. Porto Alegre fica numa extremidade do país e não atrairia passageiros de outros destinos. No caso de um voo de Curitiba, gaúchos e catarinenses poderiam ir até o Paraná para seguir viagem.



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

1 resposta

  1. Sou um passageiro bastante viajado, com muitas horas passadas em aeroportos. Acho o comentário da TAP referente aos passageiros de SC e RS em conexão em Curitiba parcialmente válido, apenas para os passageiros com destino a Lisboa. Para quem viaja de Porto Alegre a Lisboa, pode ser vantajosa uma conexão em Curitiba, evitando Guarulhos com suas filas e confusões. Já para quem viaja a outros destinos na Europa, a história é diferente. Jamais me passaria pela cabeça ir de Porto Alegre a Paris, por exemplo, trocando de avião uma vez em Curitiba e uma segunda vez em Lisboa. Melhor voar a Guarulhos (ou Galeão) e de lá tomar o vôo direto a Paris. O mesmo raciocínio vale para Madri, Londres, Milão ou Frankfurt.
    Não tenho as estatísticas, mas especulo que, caso a TAP esteja considerando abrir um vôo direto Lisboa-Curitiba, isto deve-se muito mais à demanda de passageiros entre aquela cidade e a Europa do que às possíveis conexões. Neste raciocínio, quando Porto Alegre tiver demanda para justificar um vôo direto à Europa, este existirá.
    Em relação à Curitiba, há um problema técnico, todavia. A pista do aeroporto Afonso Pena é curta (2215 m) e está situada numa altitude de 911m sobre o nível do mar. A distância entre Curitiba é Lisboa é de aproximadamente 8200 km. Uma consulta rápida nos manuais da Boeing mostra que um avião 777-200 teria que decolar com uma severa limitação de carga útil, com apenas 25-30% da capacidade total para poder efetuar o vôo, o que não é econômico. A TAP opera Airbus, mas os números não seriam muito diferentes. Um vôo Curitiba-Lisboa teria que esperar pela ampliação da pista do Afonso Pena, que aparentemente ainda não tem data para acontecer.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: