Levantamento aéreo revela o retrato de Porto Alegre

Realizado com a cooperação técnica da Ufrgs, o mapeamento digital custou R$ 24 milhões

Acoplada a um avião de pequeno porte, a uma altura de 1,2 mil metros, uma câmera especial revela o retrato de Porto Alegre. Comparada com levantamentos aéreos feitos em 1956 e 1982, a galeria aponta os novos contornos da cidade.

Esta é uma das fases da modernização completa da base de dados urbanos, que inclui ainda a atualização da base cartográfica do município, atualmente sustentada em um sistema de 1903, e do cadastro de imóveis, revisado pela última vez em 1957. Captadas em agosto deste ano, as imagens tornam possível mapear o relevo e o volume das edificações.

As maiores transformações são observadas no entorno do Centro Histórico, área que foi ampliada com aterros nos anos 1927 (área ao norte da Usina do Gasômetro e cais), 1956 (junto à Rua Washington Luís) e 1978 (área do atual Parque Maurício Sirotsky Sobrinho).

Realizado com a cooperação técnica da Ufrgs, o mapeamento digital foi apresentado nesta manhã pelo prefeito José Fortunati e custou R$ 24 milhões.

 

 Zero Hora

Vejam exemplos de imagens:

Veja aqui o video realizado pela Prefeitura de Porto Alegre para apresentar o projeto e as primeiras imagens:

Share



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

7 respostas

  1. OK…deram voo de aviaozinho, agora construao o Cais CAHALHO!!!!

    Curtir

  2. É bem diferente do Google Earth. É uma trabalho técnico em outro nível. O grande problema vai ser a conversão do atual sistema cartográfico Carta Geral para Sirgas 2000, que é exigido pela legislação brasileira.
    A resolução do Google Earth não atende a uma série de requisitos necessários para levantamentos topográficos de precisão.
    Não são simples fotos de satélite, que o Google Earth acessa e disponibiliza na web. São vôos com uma resolução muito maior e que podem abastecer a cidade com dados muito mais precisos, além do perfilamento a laser, que é uma espécie de escanerização em 3D de alta tecnologia das edificações e topografia da cidade.

    Curtir

  3. Guilherme

    Não duvido que o Google acabe comprando essas imagens em breve 🙂

    Curtir

  4. Será que não irão usar isso para aumentar o IPTU?

    Curtir

  5. AAaaa, pensei que iam atualizar as fotos do Google.
    =/
    sahuashuashuasu

    Mas ficou show as imagens.
    =D

    Curtir

  6. 24 milhoes ? eu uso o google earth for free.

    Curtir

    • Calma Jake. É um trabalho muito específico este, altamente tecnológico. Não é qualquer fotinho de satélite do Google que resolve. Levantamento aerofotogramétrico digital não é foto de satélite.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: