Tentativa de Assassinato ignora lei

Entrei em contato com o vereador Beto Moesch, que já tinha se pronunciado fortemente contra esses cortes aloprados, sobre a  recente mutilação na Rua da República e ele respondeu:

“A Lei das Redes Elétricas Ecológicas (Lei 8.971/2002), estabelece que os locais onde a rede entra em contato com árvores ou altera a paisagem original de áreas de importância pública devem utilizar condutores subterrâneos ou aéreos com cobertura semi-isolada ou isolada nas substituições dos cabos existentes. Porém, até agora, são poucos os pontos que possuem os itens previstos na legislação.”

Já fiz denúncia ao Ministério Público para ver o que possamos fazer. Aguardem notícias.



Categorias:Outros assuntos

Tags:

23 respostas

  1. Este blog já teve dias melhores. Gostava bastante, mas ultimamente, tá indo de mal a pior. Daqui a pouco vão querer abraçar as árvores a luz de velas… kkkkk

    Curtir

  2. este blog já foi mais sério, materias com mais credibilidade. Fazem uma novela mexicana ou pior global por causa da poda de algumas arvores que no futuro podem causar serios problemas a comunidade. O correto seria retirar todas as arvores e plantar outras de pequeno porte e arbusto decorativos. Rebeldes sem causa, o mundo seria melhor sem eles.

    Curtir

  3. Deveriam implantar uma fiação especial como aquela que é padrão em Maringá – PR, sem dúvida uma das cidades mais arborizadas do país. Todavia, creio que melhor seria implantar fiação subterrânea. Se somos a sexta economia do mundo e se no RS a CEE tem 1 bilhão para investir, acho justo, necessário e razoável, que se extendam linhas de distribuição de energia subterrânea, eliminando fiações aéreas e necessidade de podas (assassinatos) e aqueles postes patéticos de pinus (só no RS) ou antiestéticos de concreto, geradores de poluição visual.

    Curtir

  4. Cara, as arvores vieram depois da rede eletrica, provavelmente.
    Tu ta fazendo um drama porque podaram as arvores de uma rua pois estavam pondo em risco vida de milhares de gauderios que por ali passam diariamente
    “HÁ MAS FAZ UMA OBRA PRA REDE ELETRICA PASSAR POR BAIXO”
    Cara, OBRAS, O-B-R-A-S, olha quantas estão atrasadas, olha quantas são necessario fazer, de um ponto de vista BEM dramatico como o teu, nao é melhor reformar/expandir hospitais do que gastar dinheiro enterrando fios?
    são meia duzia de arvore cara, que irão crescer.

    comecei a acompanhar o blog não tem 1 semana, cara, AMO, teus posts, ja assinei o feed, mas acho que tu ta exagerando brother.

    Moro na Zona Norte, sou contra o corte de arvores. Mas fazer o drama querendo por obras no local? acho que é demais..

    Abraço !

    Curtir

  5. MIMIMI

    Curtir

  6. Estranho… fora o Marcelo que sempre questiona os “arvoricídeos” e as palmeiras daqui de POA, me admira a maioria reclamar dessa pseudo poda.

    Não falam que tem árvore demais, não precisa tanto e que tem que diminuir pra ver os prédios e mimimi? Tái oh, ficou só MEIA árvore de cada!

    Além disso, num desses outros tópicos sobre vegetação (acho que dos túneis verdes) foi questionado que a própria Rapública ficava escondida… pronto, resolvido!

    Curtir

    • Bianca, a crítica sobre os matagais é quando eles tapam belos prédios, como o colégio militar. Ninguém está se queixando de falta de vista para a fiação, ou para o bar pinguim.

      Curtir

    • Bianca, aquilo não foi só MEIA poda! Nos anos 70-80 (não lembro ano), Mestre Lutzenberger esteve na UFSM, encerrando Seminário Engenharia Florestal. Mesmo não sendo minha área, fui ouví-lo. Lembro trechos do seu falar, um deles, dizia: ‘NUNCA SE PODA UM SER VIVO’…

      Curtir

  7. ^^ Pena de darem gargalhada na cara dos otarios dos contribuintes!

    Curtir

  8. “A Lei das Redes Elétricas Ecológicas (Lei 8.971/2002), estabelece que os locais onde a rede entra em contato com árvores ou altera a paisagem original de áreas de importância pública devem utilizar condutores subterrâneos ou aéreos com cobertura semi-isolada ou isolada nas substituições dos cabos existentes…”

    Sob pena de?

    Curtir

    • Estava lendo a lei e ela não estabelece nem multa para quem descumpri-la. Talvez a regulamentação estabeleça alguma coisa.

      Curtir

      • Achei o decreto – N° 14.196, de 27 de maio de 2003 – que regulamenta a lei 8.971/2002, e também não estabelece nenhuma consequência para quem descumprir a lei (nem poderia).

        Curtir

        • Se eu tivesse cortado as árvores eles teriam arranjado um jeito de me punir… mas como é uma estatal ela tem carta branca pois fazem vista grossa.

          Curtir

  9. Parabens Marcelo Bumbel pela iniciativa!

    Curtir

  10. Que fiquem sem luz durante os temporais, ja que as arvores são mais importantes, que chega ao ponto de criarem esse drama todo…

    Curtir

    • Olha Guilherme, tu sempre faz uns comentários burrilóides desse tipo. Talvez se tu pensasse um pouco antes de escrever, teria assim feito: Bom, bem que poderiam instalar fiação subterrânea, menos poluição visual para a cidade e a sombra das árvores e todo o clima agradável da rua poderiam ser mantidos sem problemas. – Mas não, tu insiste que arvore é lixo. Enfim.

      Curtir

      • Cara, cala a boca e respeita os outros antes de comentar, ok?
        Ja é a segunda vez que tu vem dar uma tirada…

        Se fosse facil assim, ja teriam mandado aterrar a fiação de toda a cidade, mas parece que não conhecem o pais, o estado e a cidade que moram, pra piorar, ficam fazendo um drama.

        Curtir

        • Tu mesmo esses dias admitiu que faz esse tipo de comentários de forma proposital. Quem “fala” o que quer ouve o que não quer. Tendo em vista isso, creio que não faltei com respeito com você. Na minha opinião, tua ignorância e falta de senso NOS TEUS COMENTÁRIOS são as verdadeiras “faltas de respeito” CONTRA A TUA PRÓPRIA PESSOA. Mas ok, vou ignorá-lo a partir de já.

          Curtir

        • Eu moro na Cidade Baixa quase na República e posso quase que atestar que a grande maioria dos moradores preferem as árvores da forma como estavam… mesmo com os inconvenientes de um eventual problema com a fiação…
          Aliás, como disse, a fiação é o problema, não as árvores!

          Curtir

        • Eu tenho uma solução para que o Guilherme passe a gostar e respeitar as árvores é só colocá-lo dentro de uma redoma e esperar o ar faltar para ele implorar por uma árvore por menor que seja.

          Curtir

        • Guilherme, já existe fiação subterrânea em poa mesmo, não tem nada de difícil, só custa um pouco mais. As coisas não são feitas assim pela mania do brasileiro de querer fazer sempre o mais fácil.

          Curtir

%d blogueiros gostam disto: