Criatividade com os baixinhos 2

Mas alguns exemplos de que, já que não podemos ter espigões na cidade, prédios baixinhos podem ser muito charmosos e ousados se derem a mínima preocupação com design. Claro que vai ficar sensivelmente mais caro, mas é o preço (justo?) para se ter uma cidade mais contemporânea, mais elegante, mais refinada e, segundo as palavras da jornalista chinesa (ver post dos estrangeiros abaixo) mais turística.

Chega de caixotes e aberrações à la Cosmopolitan Master. Clique para ampliar.

denmark

21226_1_heme1000px_72dpi

21226_4__MG_1957

barcelona-1

barcelona-2

barcelona-3

hanover

gt-tower-seoul-2

 

gt-tower-seoul



Categorias:Outros assuntos

13 respostas

  1. Estou pensando em escrever um artigo sobre exemplos de cidades baixinhas legais. Alguem tem interesse em receber? Se sim, manda email. Vou demorar algumas semanas mas quero escrever.

    Curtir

  2. O último, no photoshop, é barbadinha de fazer… hehehe

    Brincadeira…

    Curtir

  3. Acho que o de Hanover, na 7ª foto, é o trabalho mais impressionante de engenharia. E ainda parece uma arma anti-aérea…

    Curtir

  4. Nem precisa ser tão arrojado, basta um pouco de refinamento e bom gosto na hora de projetar os prédios. Uma cidade mais elegante é uma cidade mais agradável.

    Tem prédios em Porto Alegre (e em todas as cidades brasileiras) que parece que foram projetados em menos de cinco minutos.

    Curtir

  5. Bah, o terceiro de baixo pra cima parece uma favela high-tech, hahahah!

    Curtir

  6. Ótimo post! Tem um prédio parecido com o quarto/quinto na Princesa Isabel, inaugurou há pouco tempo.

    Curtir

  7. A empresa onde minha irmã trabalha inaugurou um prédio na Princesa Isabel, que parece muito com o quarto ai (só que eu achei mais bonito, menos escandaloso hehe): http://i.imgur.com/HvBEd.png

    Tu vê, simples e bonito, não é pedir muito

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: