Águas na Redenção

Encontrei a foto abaixo de Porto Alegre na década de 50 e curiosamente a alameda do espelho dágua da Redenção apresenta dois aspectos bem diferentes. Ele era cercado de postes de iluminação e, a não ser que me equivoco, no início, havia outro chafariz. (clique para ampliar)

red-chaf-1

red-chaf-2

Outra coisa que havia antigamente, e que hoje não tem mais, são chafarizes no espelho dágua.  Os canos podem ainda ser vistos hoje (foto abaixo).

redençao-7h

chafariz-2Os chafarizes ao longo do espelho dágua seriam magníficos:

redencao-fontes-2-depois

Em Barcelona, as fontes iluminadas à noite atraem multidões de turistas em Montjuic:

montjuic8

fountains



Categorias:Outros assuntos

16 respostas

  1. Off topics= por favor mandem via blog@portoimagem.com. Obrigado!

    Curtir

  2. Essa de jogar o pacote de dinheiro pela janela é sério?

    Curtir

  3. Na primeira foto

    Curtir

  4. Notem que à esquerda da foto à um prédio escuro alto próximo a orla, aparenta ter no mínimo uns 100 metros, alguém sabe que fim levou?

    Curtir

  5. Era cercado? Alguém tem uma fonte disso?

    Curtir

  6. O paisagismo da Redenção é lindo. Porém, com o passar do tempo, as pessoas e a própria prefeitura foram plantando árvores do local e formou a “Favela Verde” que temos lá.
    O termo é meio fascistinha, mas define bem a falta de planejamento.

    Curtir

    • Nunca tinha ouvido falar em Favela Verde, mas é perfeito! Essa política de compensação ambiental que criou esse “ecossistema” na redenção é a mesma política de desapropriações que criou favelas do tipo Cidade de Deus, por exemplo. A ideia é a mesma… Ao invés de criar-se estrutura para que todos possam viver e conviver harmoniosamente, faz-se o mínimo para poder desalocar.

      Curtir

  7. Detalhe importante é que existiam menos árvores no local, deixando mais ensolarado e seguro…

    Curtir

  8. Não há dúvidas de que antigamente se vivia muito melhor em Porto Alegre.

    Curtir

  9. As vezes me pergunto, como que à 60 anos atrás conseguia-se fazer algo decente e hoje não? Parece quase que obrigação que hoje tudo seja feito nas coxas. O corredor “BRT” que deveria ter pavimento de concreto tem trechos de asfalto e já tem “concertos” feitos no concreto colados com asfalto. Não sei se alguém ja viu, mas o prédio novo da Ufrgs (popularmente chamado de banheirão pelos alunos) não faz 2 meses que começou a ser usado e já tem infiltrações no último andar e os dois elevadores não funcionam mais, fora que qualquer um consegue ver toda a porquice com a qual o prédio foi construido.

    Curtir

  10. Ótimo post! Muito bom mesmo! Vai mostrando as imagens históricas, o que existe hoje e como poderia ser! Fantástico!

    Curtir

  11. Bah, seria muito melhor.

    E falta calçar o parque tambem…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: