Hora de novo visual?

Como hoje é sábado, resolvi trazer um assunto ameno à tona.  Sem falar no problema da zorra do transporte urbano nem nada de mais complicado ou aborrecido, que tal mudar a pintura dos ônibos? O modelo de pintura de hoje já está excruciantemente chato e é de uma mediocridade fantástica.

3fd28b88dd46fbaefe40794c4c9934c4

x

Que tal assim?

bus-7Ou assim?

bus-5

E porque ainda não usar propaganda para cortar nos custos com o transporte público? Londres dá o exemplo:

Assim:

bus-8

Ou assim:

bus-14

Que tal?

bus-11

Artístico:

bus-16

x

Falando de ônibos e Londres, a capital inglesa dá um show com seus novos ônibus retrô. Que estilo!



Categorias:onibus

Tags:

27 respostas

  1. Quanto mais clean melhor.

    Curtir

  2. Cara, esses tempos eu tava pensando, por que as empresas não mudam esse visual dos onibus, ja ta chato isso e feio, mas acho que isso vai demorar pra acontecer, pois se depender da vontade das empresas de onibus…….

    achei interessante os desenhos que o amigo fez. acho que uma coisa simples ficaria muito mais bonito do que é hj .

    abraço a todos

    Curtir

  3. Acho feio publicidade nos ônibus. Descaracteriza os ônibus da cidade. Gosto do modelo usado atualmente. Talvez uma remodelação no desenho da arte seja necessário, mas não propagandas!

    Curtir

  4. Até poderia fazer isso, mas propaganda de bebida alcoólica em um veículo automotor que faz parte do transporte público é completamente inapropriado.

    Imagine, de um lado o Poder Público faz campanhas de conscientização da população em relação às consequências da mistura álcool e direção, e de outro estampa propaganda de cerveja em seus ônibus. Nem eras.

    Curtir

    • Qual o problema da propaganda de bebida alcoólica no transporte público? Errado é beber e dirigir. Então nada mais natural e correto do que beber e usar transporte público (dentro do bom senso, afinal é incomodo e até perigoso utilizar o transporte público com alguém embriagado).

      Curtir

  5. Acho bonito publicidade nos onibus, claro que depende muito do que vai ter, poderiam misturar isso com alguma cor que mostre cada linha ou empresa.

    Se não me engano, não podemos ter publicidade nas laterais dos ônibus, parece que só liberaram para essas imagens da copa.

    O valor arrecadado com isso, poderia ser gasto na manutenção dos próprios ônibus.

    Idem para as futuras paradas….

    Curtir

    • Era essa a ideia da publicidade que tem atrás do ônibus que seria usado para pagar o plano de saúde para os funcionários. Adivinha para onde foi o dinheiro dessa publicidade?

      Curtir

  6. o modelo de propaganda nos onibus de londres são até bons.
    mas transformar os onibus em uma piccadily circus móvel é o cúmulo da breguice.

    Curtir

  7. Acho que um ônibus com estilo retrô em Porto Alegre não se encaixa pois aqui não houve algum ônibus antigo que fez fama, ao contrário dos ônibus de dois andares londrinos que se mostraram ao mundo em diversos filmes, quase sempre com seu visual vintage. Acho que em quesito beleza, o modelos como Marcopolo Viale BRT ou Neobus Mega BRT são bastante bonitos e eficientes pra colocar marketing do lado de fora por terem carroceria bastante lisa, com poucos rebites, soldas e vedações do lado de fora.

    E uma solução para que se mantenha uma identificação visual mesmo com o marketing, é o que alguns ônibus intermunicipais da metroplan já fazem, que é uma barra vertical com a cor da empresa do lado esquerdo frontal do ônibus. Assim, poderia ter o marketing que seja, mas se você ver a barra marrom saberá que é da carris ou a verde e saberá que é unibus (ou qualquer empresa).

    Fora que eu já andei pensando nisso, o Viale BRT tem uns nichos no teto que parecem ser feitos para que seja colocadas propagandas ali, então porque não colocam essa publicidade dentro e fora dos ônibus para ajudar a reduzir o preço da passagem?

    Curtir

  8. Ah sim, propaganda da Skol em ônibus é tudo que Porto Alegre precisa para “parecer moderna”.

    Agora, se em Londres se adota um padrão sóbrio para os ônibus (que também dá pra dizer que é o caso em Porto Alegre), aí é um é um “show de estilo” pra d

    Curtir

  9. Pois é, não vejo muito que se vá ganhar fazendo isso. Duvido que isso seja uma bala de prata pra viabilizar o serviço, como o Adriel está sugerindo. Com certeza sairia alguma receita da publicidade, mas via de regra é fácil maquiar os ganhos de publicidade de um jeito que não fosse praquela planilha, resultando n’algo que só aumentaria o lucro do empresário.

    Tem mais essa questão da identidade e identificação visual que o Felipe Silva citou acima: eu tenho meio programado na minha cabeça nem olhar pros ônibus azuis (porque eles geralmente são Viamão), e aí foi lá a carris e inventou umas pinturas azuis no T-5. Complicado.

    Se estivéssemos falando de revolucionar o sistema de ônibus, com a adoção de concorrência de verdade (e não esse cartelzão sem licitação alguma), aí talvez fizesse sentido deixar as empresas mais livres pra vender o espaço no ônibus para publicidade, ressalvado que a identidade visual fosse minimamente preservada.

    Curtir

  10. Não dá ideia… Isso seria uma ótima maquiagem para deixar o sistema como está. É como as TVs nos ônibus que só passa horóscopo.

    Curtir

    • Horóscopo “cigano” ainda por cima, nunca tinha ouvido falar nisso. Poderiam passar mais notícias e menos “como tal ex-bbb se veste”.

      Curtir

    • Exato, Pablo! Aquelas TVs poderiam passar informações de horário, itinerários… Poderiam informar, antes de cada parada, quais outras linhas que passam nas mesmas paradas (para fazer “baldeação”). Mas não: passam horóscopo, futilidades sobre a vida de celebridades, propagandas…

      Curtir

  11. O Marcelo trata de uma questão estética a meu ver importante sim. Os modelos também precisam ser atualizados. Acho engraçado como o RS que possui duas das maiores montadoras de ônibus coletivos do país, tem sua capital com uma frota tão podrona. Curitiba e Florianópolis tem ônibus muito mais bonitos circulando pelas ruas, e a primeira é tudo o que POA não é em termos de transporte coletivo.

    Curtir

    • Beleza é diferente de qualidade, não adianta pintarem os ônibus de cores bonitas, gastarem um monte com isso, e continuarem com os mesmos ônibus que temos hoje caindo aos pedaços, e com má conservação.
      Primeiro discutam a qualidade e conservação dos ônibus, depois, se quiserem discutir de qual cor pinta eles, pra mim não faz diferença.

      Curtir

    • Eu moro em Curitiba. Realmente o transporte aqui é muito bom. A questão da beleza também é um ponto forte dos ônibus daqui. Eles tem a cor padronizada de acordo com o tipo de serviço que prestam e são cores simples, sem desenhos. Por exemplo: Os ligeirões são azuis, ligeirinhos são prata, alimentadores são laranja e “biarticulerdos” são vermelhos. Independente da empresa que presta o serviço. Porém, como um amigo que é cobrador de ônibus me disse uma vez, essa padronização custa caro. Tão caro que leva várias empresas à falência. Pois não é só a pintura que é padrão, mas também o modelo do ônibus.

      Aqui, como aí em Porto Alegre, também há uma empresa que é a maior e as vezes até compra as pequeninas. Mas nem todos os ônibus são novos, quanto menos são tão limpos e funcionam tão bem. A verdade é que aqui, além da superlotação em horários de pico e a demora entre uma linha e outra nos demais horários e finais de semana, os ônibus dão muito problema, estragam, envolvem-se em acidentes, alguns são velhos e sucateados, as estações tubos têm portas automáticas que não abrem (ou se estão abertas não fecham) ou ainda estão quebradas.

      Isso que nem vou comentar aqui da falta de segurança e o descaso da URBS (EPTC de Curitiba), com os cobradores dos tubos. A cidade modelo (como os moradores daqui a chamam), não serve de modelo para nada. Tudo aqui é feito somente para “ser bonitos” aos olhos estrangeiros. Esconder problemas e pobreza é um dos pontos fortes de Curitiba.

      Pessoal, não sou gaúcho mas adoro a capital farroupilha. Por isso estou sempre acompanhando o blog. Mas não se enganem. Os problemas daí são tão comuns – ou até piores – em outras cidades quanto vocês imaginam.

      Curtir

      • A padronização é cara e leva as empresas à falência?

        Não entendi…

        Curtir

        • Por exemplo: A URBS (EPTC de Curitiba) definiu uma data para que todas as empresas troquem seus veículos antigos por novos, modelo específico e pintem de cor específica. Daí eles dão um prazo para que isso seja feito.

          * Se não me engano, aqueles ônibus biarticulados devem custar em torno de 500 mil reais.

          Muitas empresas operam em poucas ou pequenas linhas, e então essas empresas não tem um faturamento tão grande como aquelas que operam as linhas expressas como Ligeirões e biarticulados. Bom, pelo menos nessa parte, o sistema é muito rígido aqui. Ou a empresa troca o ônibus, ou pára de rodar.

          Com certeza devem haver milícias por trás. A verdade é que nem todos os ônibus foram trocados. Há muitas sucatas de 30 e poucos anos rodando por aqui ainda.

          Desculpe não ter sido mais claro antes =)

          Curtir

  12. Atualmente já existe propaganda nas traseiras dos ônibus, mas o que é arrecadado com ela, vai pro bolso dos donos das empresas, e não em diminuição do valor da passagem.

    Não acho bonito, mas gosto de como os ônibus são agora, ajuda a identifica-los por consorcio e não gera poluição visual, algo que com as propagandas, os ônibus passariam a ser outdoors ambulantes, gerando muito poluição visual, algo que a cidade tem combatido, mesmo que de forma lenta.

    Curtir

  13. Boa

    Enviado via iPhone

    Curtir

  14. Porque pedir subsídio da prefeitura (para taxarem os automóveis) é muito mais fácil do que ter a mente aberta e utilizar a inteligência!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: