Manifestação anti-petista em Porto Alegre critica “bolivarianismo” e pede impeachment de Dilma

Para manifestantes, governos de esquerda democraticamente eleitos na América do Sul são ameaça à democracia | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Para manifestantes, governos de esquerda democraticamente eleitos na América do Sul são ameaça à democracia | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Samir Oliveira e Bernardo Ribeiro

Centenas de pessoas realizaram, na tarde deste sábado (15), em Porto Alegre, uma manifestação contra o governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). O grupo se reuniu a partir das 14h no Parcão e caminhou pelo bairro Moinhos de Vento – tradicional região nobre da cidade – até a Redenção.

O principal grito entoado pelos manifestantes era: “Fora PT!”. Os cartazes criticavam o “bolivarianismo” – em referência aos diversos governos de esquerda na América do Sul -, pediam, de forma genérica, o fim da corrupção, e defendiam “liberdade e democracia”. O ato contou com a presença da vereadora de Porto Alegre, Mônica Leal (PP), da filha da ex-governadora Yeda Crusius (PSDB), Tarsila Crusius (PSDB), e do 1ª suplente de deputado estadual pelo PP, Marcel van Hattem.

Em resposta às manifestações realizadas pela direita contra o governo de Dilma Rousseff, setores da esquerda têm se mobilizado para combater apelos conservadores, como pedidos de intervenção militar e de retorno da ditadura. Também neste sábado, a partir das 17h, ocorre, em Porto Alegre, a marcha “Seguimos nas ruas: Junho não acabou! Por mais direitos, contra a direita fascista”, convocada pelo PSOL. A manifestação sairá da Praça Otávio Rocha, no Centro da Capital. Também neste sábado ocorre a marcha do Bloco da Diversidade, que, de uma forma festiva, faz um contraponto ao discurso de ódio e às pautas conservadoras. O evento terá início às 17h, no Largo Zumbi dos Palmares, na Cidade Baixa. Em São Paulo, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) realizou, na quinta-feira (13), um protesto pelas reformas populares, reunindo milhares de pessoas na Avenida Paulista.

SUL 21 (clique para ver mais fotos)



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

74 respostas

  1. Não sou a favor da Dilma mas acho que o povo tem que aprender a perder. Isso é parte da democracia. Respeitar a vontade da maioria é essencial. Fico indignado com esse tipo de protesto contra a democracia. Vivi maior parte da vida na ditadura e nao quero voltar a ela, não interessa se o governo eleito não é o melhor na minha opinião, democracia é assim, a maioria faz a burrada e todos se ferram, mas ainda é a melhor forma de governo pois ainda dá pra consertar em 4 anos.
    questão de paciência e respeito.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: