Prefeitura reconhece que falhas causaram interdição de Sambódromo e Gasômetro

Usina do Gasômetro encontra-se fechada por falta de plano de prevenção e combate a incêndio da Sala Elis Regina. Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem

A Prefeitura de Porto Alegre reconhece que falhas suas ocasionaram a interdição da Usina do Gasômetro e do Complexo Cultural do Porto Seco – o sambódromo – determinada pela Justiça nesta quarta-feira (14), a pedido do Ministério Público. No caso da Usina, o MP havia solicitado em setembro o plano de prevenção e combate a incêndio da Sala Elis Regina, que está em obras para se tornar teatro. Três meses depois, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) ainda não havia respondido, o que motivou o MP a pedir a interdição.

Segundo a SMC, o projeto de adequação do plano de incêndio para a transformação da sala em teatro já está plenamente aprovado pelo Corpo de Bombeiros, mas alguma falha ainda não detectada pelo órgão fez com que a resposta não chegasse até o secretário Sergius Guimarães para ser assinada e enviada ao MP. Mesmo que o plano de combate a incêndio pendente fosse apenas do Teatro Elis Regina, a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Porto Alegre acabou pedindo a interdição de toda a usina. “Foi excessivo, mas diante de uma negligência nossa”, admite Marcelo Oliveira da Silva, coordenador de Comunicação Social da SMC.

Segundo Marcelo, a reabertura da usina é questão de horas ou de poucos dias. Depende apenas de a Promotoria determinar à Justiça o fim da interdição e isto ser comunicado à secretaria.

No caso do Complexo Cultural do Porto Seco, a negligência foi mais grave, não sendo uma mera questão de envio de documentos. A empresa que construiu os barracões das escolas de samba não cumpriu com um item previsto no contrato da obra: a construção de uma espécie de muro de isolamento entre os telhados dos hangares para evitar que um incêndio em um deles se alastre para os outros. Isto acabou passando despercebido pela Prefeitura e pelo Corpo de Bombeiros.

Para ler toda a matéria, clique aqui.

Felipe Prestes – SUL21



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , ,

1 resposta

  1. O governo Fortunati é só falhas, parece até que estão brincando com o povo, que decepção quem votou no Fogaça e agora vê seu voto ser utilizado por uma administração que é um desastre !

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: