Não torço pelas Palmeiras

Clique nas imagens para ampliar

VOU TOCAR NUM assunto que tenho certeza que vai gerar muitos comentários negativos, mas vamos lá. Gostaria de falar da plantação de palmeiras na cidade. TODO empreendimento novo só planta palmeiras (shopping da Independência, no museu Iberê Camargo,etc etc etc) Nas vias, só se planta palmeiras. Em empreendimentos públicos -o camelódromo, a Farrapos, ao redor do Laçador, por exemplo- só se planta palmeiras.

Não sou contra palmeiras, principalmente as imperiais. PORÉM, com o verão escaldante desta cidade, considero estupidez a plantação em massa de palmeiras pois elas não dão sombra.

Abaixo, onde você gostaria de estacionar o seu carro sob 35C em Janeiro?

Gostaria que algum vereador considerasse uma lei obrigando a todo empreendimento novo, público ou privado, a plantar pelo menos 50% de novas “plantações” por árvores frondosas como o Ipê, o Jacarandá ou outra árvore que dê bastante sombra, marque a mudança das estações e embeleze a cidade com flores.

A cidade estufa o peito a cada floração roxa dos nossos jacarandás, mas não se plantam mais jacarandás. Porque? Se há alguma objeção realista contra os jacarandás, o que há de errado com os Ipês? Os plátanos? As paineiras? As tipuanas?

Chega de palmeiras, uma cidade quente como essa precisa de (muita!) sombra.



Categorias:Outros assuntos

117 respostas

  1. A POA das feiosas calçadas do ditatorial modelo único de calçadas (e que além de enfeiar a cidade, nem assim combate à precariedade delas), assim poderá passará a ser a cidade da arborização única, ao gosto da espécie que melhor agrade os vereadores. Quero uma POA plúrima, onde haja espaço até mesmo para as palmeiras.

    Curtir

  2. @José Truda Palazzo Jr.

    Caro José Truda Palazzo Jr., não me venha defender o indefensável. Ele é igualzinho aos demais, isso se não for pior, já que votou contra a atual Arena e contra o Pontal, quando se dizia favorável, sob o argumento de que tinha que seguir a cartilha da orientação partidária, quando é público e notório que diversos petistas famosos já à ignoraram quando contrariava suas respectivas convicções pessoais. Soa meio demagógico isso. E só se manifestar aqui no blog quando é algo extremamente cômodo (e até desnecessário) aí ele faz, mas no restante do tempo ele faz cara de paisagem e isso também assim o soa. Eu sou favorável à RENOVAÇÃO TOTAL DO QUADRO DE VEREADORES da Câmara Municipal de POA. Se é para errar ou não fazer quase nada, que um novo tenha a oportunidade. Prefiro novas pessoas errando do que as mesmas pessoas igualmente errando, pois nas novas ainda resta a possibilidade do acerto.

    @Marcelo

    Marcelo, eu sei que com um simples canetaço ele pode resolver, mas o quero ocupado com coisas realmente importantes em que a participação ATIVA de um vereador efetivamente se faça necessária e imprescindível, como as várias causas já discutidas aqui no blog e ignoradas por ele. Não precisamos que POA tome mais uma medida ditatorial. Só porque gosto das palmeiras, não gostaria de ver todo mundo sendo obrigado à plantá-las. O mesmo deveria valer para os favoráveis às demais árvores. Precisamos de mais liberdade nessa cidade cada vez mais amarrada e engessada. Prefiro a mais terrível das democracias do que a mais doce das ditaduras. Deve haver imposição apenas quando outra solução não é possível. Deveriam ter feito isso no caso do Pontal, mas ali quiseram fazer pseudodemocracia onde a população realmente assim impedia qualquer construção ali e com isso perdeu a cidade de ter uma área mais viva, já que agora não terá vida depois das 18h e antes disso só engravatadas enjaulados trabalhando. Quero poder escolher o que plantar na minha casa! Que o Sr. Adeli Sell se preocupe em recuperar a Copa das Confederações e segure a Copa do Mundo em POA, seja transferindo para a Arena, seja colocando o Inter EFETIVAMENTE contra a parede. Não é hora mais para fazer cara de paisagem com a Copa e os seus milhões indo pelo ralo e depois bancar de vereador engajado em causinhas como esta aqui. Francamente, vereador!

    Curtir

    • Corrigindo: A população, iludida pela mídia (com a omissão consciente do Poder público), acreditava que assim impedia qualquer construção ali no Pontal.

      Curtir

    • Olha, meu caro, uma das vantagens de ter independência e mais de dois neurônios em série é se poder defender quem quiser quando se quiser, sem ter medo de patrulhas tipo “não me venhas”… defendo o direito do Adeli querer ajudar a qualificar nossa arborização com a autoridade de quem detesta o ParTido dele e o que eLLes representam para o brazíu. E combato a tua visão pseudo-desenvolvimentista de quem acha que entregar a orla a qualquer empreiteiro especulador é “pogreço” e que uma política pública de arborização, algo tão importante para a cidade, deve ser deixada a cada um resolver por sua conta e visão estética. Entre isso aí e o Adeli, fico com este. rsrsrsrs

      Curtir

      • Meu filho, dar um canetaço obrigando as pessoas a plantarem ou deixarem de plantar algo não é política pública, é política ditatorial.

        E a tua visão contrária o antigo projeto do pontal mostra que de anti-pt tu não tens nada, estás mais para filiado e dizimista de carteirinha do pt. rsrsrs.

        Saudações apartidária e favoráveis ao progresso e à liberdade da cidade.

        Curtir

        • Se quem é a favor de uma cidade menos feia e porca, não vendida aos interesses dos especuladores e das corporações pagadoras de jabá, é PT, cruzes, então eu que sou direitista assumido devo ser PT… para susto dos filiados deste último! kkkkkk

          Curtir

  3. Pena que não vi o post antes!!! A muito tempo defendo, o DiGA NÃO AS PALMEIRAS EM PORTO ALEGRE. Quando falei isso em outros comentários me criticaram, e a verdade é absoluta essas palmeiras são uma praga no paisagismo de porto alegre. Não é uma questão “separatista”, não tem a ver com “somos Sulistas e não Nordestinos” ou “não somos um estado de clima Tropical” a questão é estética, pura e simplesmente estética; quem quer uma cidade feia? Sou completamente contra palmeiras em porto alegre, pois não combina com minha cidade. Mesmo elas estando presente em todos os lugares que eram para serem bonitos, mas não ficam porque tem uma palmeira para atrapalhar a minha nossa vida. Eu vivo dá arte e portanto falo com sabedoria sobre estética, porto alegre não tem cara de palmeiras, é estranho ver uma palmeira em porto alegre, e v]ao dizer: … “ahh mais ela cresce rápido” Aprende a ter paciência e sigam o exemplo da zona nobre/sul de São Paulo que contratam japoses que são especialistas em jardinagem. Ou sigam o exemplo da zona sul do Rio; eu não fico vendo um monte de pameira na ZN sul do Rio, ou Curitiba que tabém tem toque de japoneses, que são pessoas que dedicam a vida ao paisagismo, mas não as palmeiras! DIGA NÂO AS PALMEIRAS!

    Curtir

    • Michael Callaichael, os nordestinos não tem palmeiras eles tem coqueiros, que dão côcos com aquela água maravilhosa dentro……

      Curtir

      • É maravilhosa a água, mas eu me refiria ao assunto das palmeiras em meu comentário, e não a nordestinos e coqueiros. Certo, citei os coqueiros do nordeste, eles realmente fazem parte da familia das Palmeiras e combinam e embelazam o nordeste! Mas o contexto é outro, o assunto abordado é outro.

        Curtir

  4. Buenas, depois de tantas coisas, a primeira que fiz foi copiar tudo e mandar ao governo local: Smam, prefeito….
    Vamos tratar deste tema com carinho como sempre.
    Adeli Sell
    Vereador

    Curtir

    • Valeu a participação e a iniciativa Vereador Adeli Sell ! Grande abraço!

      Curtir

    • Porque nas outras causas debatidas aqui no blog, como o caso do mirante do morro santa tereza, o senhor nunca tomou uma medida parecida?

      Ainda bem que neste ano tem eleições!!

      Curtir

      • Eu mesmo me respondo ao meu próprio questionamento feito ao nobríssimo vereador Adeli Sell. Porque o tema deste post é algo que dá para angariar fácil uns votinhos sem mexer muito o popozão da cadeira, já que basta os vereadores em conjunto votarem um canetço decidindo por todos que de hoje em diante só se poderá plantar árvores azuis com bolinhas amarelas na cidade e pronto. Deste dia em diante a população e os empreendedores só assim o farão. Agora, para coisas que exigem um empenho maior, como tirar o popozão da cadeira e arregaçar efetivamente as mangas, para isso ele não aparece aqui se comprometendo, pois dá trabalho. Quer ganhar uns votinhos fácil. Cheira a oportunismo de aproveitar uma fácil situação pra ganhar uns votinhos, afinal, as eleições estão aí. Quem acompanha o blog deve se comprometer com muito mais do que uma simples reunião para escolher paisagismo, por mais que saibamos que afetam o clima e diversos outros fatores. Mas e os outros problemas da cidade, cadê o nobre vereador aqui no blog se comprometendo com algo nessas horas?

        Curtir

        • Olha, tigrada, se alguém for no meu Twitter @brasildeovelhas vai descobrir que sou uma das criaturas mais anti-PT que existe; mesmo assim, tenho um baita respeito pelo Adeli Sell, que me parece ser um dos únicos vereadores que presta atenção nos debates sobre a cidade e responde aos emails que recebe metendo a boca nas bandalheiras – inclusive do PT. Queimar o cara porque se propôs a ajudar num assunto que te interssa menos do que outro acho uma pena. Como temos uma Câmara de maioria alienada e vendida, devemos é ficar felizes quando algum vereador comparece pra dar a cara a tapa. Acho eu.

          Curtir

        • PAULO, não complica. O intuito deste post era questionar o plantio SOMENTE de palmeiras, o que a maioria dos comentários apoiou, e que demonstra que a população em geral quer ver o plantio de frondosas. Deixa o Adelli ajudar se puder, sim, num canetaço, resolver o problema levantado no post. Precisamos ser mais pragmáticos.

          Curtir

    • Adeli Sell, queria responder logo abaixo do seu comentário e não consegui, vai aqui então. Peça para a SMAM retirar a erva de passarinho das árvores de Porto Alegre. Tenho várias solicitações a este respeito no 156 da Prefeitura. Muitos empecilhos a SMAM colocou.
      EX. Protocolo nro141296-11-83 15/09/11. Solicitação retirar erva de passarinho das árvores da rua Guilherme Alves entre a Rua Ferreira Viana e Av. Ipiranga, quando liguei de novo para saber a resposta a atendente me informou que a SMAM queria o nro do prédio em frente ao qual estivesse a árvore com a erva de passarinho, assim fiz. Telefonei novamente e dei todos os nros dos prédios. Quando liguei novamente a resposta foi. A Smam informa que a solicitação para manejo da Arborização pública no passeio deve partir do morador que reside em frente a árvore. Moral da história. Acharam que eu não ia dar a numeração e quando a forneci disseram que não valia. Então não vale para solicitar troca de lâmpadas queimadas na rua, nem solicitação para a limpeza de bueiros. Estou com um pedido para que o Secretário do Meio Ambiente me receba desde outubro de 2011 para falar sobre isso e até agora nada.

      Curtir

  5. Aqui em Porto Algre, deveriamos reverenciar ainda mais as palmeiras, pros que nao sabem , as palmeiras plantadas na ponte da av joao pessoa c/ ipiranga , são as unica no mundo plantadas sobre ponte. Aeee me vem um com papo desses dizendo que espera que as palmeiras não vinguem! , ahhh faça o favor, vai plantar corinthians se nao gosta de palmeiras!

    Curtir

  6. Agora me explica como vão ver o shopping com uma figueira na frente???? sabichão!
    Pois saiba que essas palmeiras maravilhosas dão 1/5 de manutenção a nossa smam que a poda de arvores nativas!

    Curtir

    • Aí estão duas das razões mais chulas que já vi para evitar o plantio de árvores frondosas. “Não ver o shopping” e “dar muita manutenção pra SMAM” lá são razões aceitáveis pra se privar a cidade dos serviços ambientais da arborização? Ora por favor… isso é paoinho de SINDUSCON! :-).

      Curtir

      • A SMAM, não tem funcionários suficientes para fazer a manutenção das árvores em Porto Alegre. Quando fazem o plantio nunca mais voltam no local e a árvore fica a mercê de tudo. Eu vivo solicitando coisas para a SMAM, por isso sei que estão com deficiência de funcionários, alias tudo que é publíco neste país esta com falta de funcionários.

        Curtir

  7. @Marcelo

    Marcelo, as palmeiras imperiais são as minhas preferidas dentre as espécies delas! Por mim não restaria um único canteiro central de POA sem elas. Hehehe.

    Curtir

  8. Estás coberto de razão! As palmeiras não cumprem nem metade das funções ecológoicas e urbanísticas das árvores de copa ampla, tais como absorção e redução do escorrimento superficial de água de chuva, redução da dispersão de ruídos e particulados, sombreamento e amenidade climática, etc. etc. Trata-se de recurso usado pelas empreiteiras e pelo administrador público inepto para não ter de buscar espécies de árvores nativas adequadas aos espaços disponíveis. E a gestão atual da SMAM é burra demais para mudar esse quadro. Um abusrdo e um retrocesso (aliás, quando o PT era gestor de POA tínhamos o mesmíssimo problema, que se resolveu quando Beto Moesch foi Secretário do Meio Ambiente).

    Curtir

    • Palmeira Imperial demora a crescer, os Gerivás crescem rápido e logo ficam com uma copa grande, Geriva não é uma palmeirinha. As Palmeiras sempre foram plantadas em Porto Alegre, é só observar o tamanho das Californianas que estão, na Av Getúlio Vargas,, na Av João Pessoa, na Av Oswaldo Aranha e algumas na Av Independência e também na Av Protásio Alves. Agora me digam em Maceió, Salvador, Recife e etc são palmeiras o que tem na orla ou são coqueiros. Convenhamos, em vez de ficarmos falando das palmeiras deveriamos falar sobre as calçadas de Porto Alegre antes que elas desapareçam.

      Curtir

  9. Tem uns jerivás superbonitos plantados bem em frente ao Jardm Botânico, dentro e fora dele, ficaram ótimos ali. Como tudo, é uma questão da árvore certa para o lugar certo…. Mas se poa é quente no verão é um gelo no inverno e copas muito grandes não deixam passar o sol…lembram de como estava a praça da Alfândega?

    Curtir

  10. É, parece que alguns paisagistas acham que aqui é Miami ou a Califórnia.

    Curtir

  11. Eu sou a favor de arvores, desde que nao sejam plantadas em baixo de redes de energia, pois sendo assim, quando elas estrão aptas a darem sombras, a CEE se encarrega de transformá-las em grandes forquilhas ( arvores com 2 troncos bifurcados) e que no primeiro vendaval caem e destroem carros e a propria rede, quando nao alem sobre casas !!!!! ( crime ambiental livre naq cidade de Porto Alegre) . Ja existe uma lei que obriga novos bairros s fazerem redes subterraneas e/ou fios com isolamento especial??
    ESTA SENDO CUMPRIDA…
    PORTO ALEGRENSE: PASSE A OBSERVAR AS ARVORES DA SUA RUA E QUANDO TIVER OPORTUNIDADE ASSISTA UM EMPREGADO TERCERIZADO DA CEEE FAZENDO UMA PÓDA.
    É DIGNO DE PRISAO !!!!
    LUIZ HARTMANN

    Curtir

  12. Eu não sou contra árvores exóticas, mas acho sem sentido não aproveitar algumas espécies nativas. E não sou contrário às palmeiras, já que a vegetação de um modo geral auxilia na melhoria da qualidade do ar (auxilia na estabilização da umidade do ar e há quem alegue que algumas especies podem promover até uma retenção de poeira em suspensão).

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: